Notícias

Dissertação investiga eficiência do gasto público nos municípios brasileiros

Publicado em 18 janeiro 21 às 11:32 por admin

A pesquisa, desenvolvida na pós-graduação em Administração, é tema do programa ‘Aqui tem ciência’, da Rádio UFMG Educativa

segunda-feira, 18 de janeiro 2021, às 11h32atualizado em terça-feira, 19 de janeiro 2021, às 10h40

Estudo analisou custo/benefício da alocação dos recursos públicos
Estudo analisou custo-benefício da alocação dos recursos públicos
Nattanan Kanchanaprat I Pixabay

Como é feita a distribuição dos recursos públicos nas diversas áreas de atuação dos governos municipais? A divisão tem trazido resultados significativos para a população? Essas foram as principais perguntas da pesquisadora Paula Davis em sua dissertação de mestrado defendida no Programa de Pós-graduação em Administração da UFMG. 

Para responder às questões, a especialista em políticas públicas e gestão governamental no Governo de Minas investigou as finanças dos mais de 5 mil municípios brasileiros por meio do uso de técnicas de mineração de dados. Durante o trabalho, Davis percebeu que a grande pergunta de sua pesquisa não é quanto dinheiro os governos municipais precisam gastar, mas, sim, onde se deve gastar esse dinheiro. Saiba mais no novo episódio do programa Aqui tem ciência, da Rádio UFMG Educativa.

50. Dissertação investiga eficiência das despesas públicas nos municípios brasileiros
por Aqui tem ciência

Raio-x da pesquisa

Dissertação: Análise comparativa da eficiência alocativa das despesas públicas dos municípios brasileiros utilizando técnicas de mineração de dados
O que é: análise de custo-benefício da alocação de recursos financeiros feita pelos municípios brasileiros
Pesquisadora: Paula Davis
Programa: Pós-graduação em Administração
Orientador: Antônio Artur de Souza

Paula Davis observou contrastes e padrões na alocação das despesas públicas
Paula Davis observou contrastes e padrões na alocação das despesas
Arquivo pessoal

O episódio 50 do programa Aqui tem ciência é apresentado por Beatriz Kalil e foi  produzido por Beatriz Kalil e Camila Meira, com edição de Paula Alkmim. Os trabalhos técnicos são de Breno Rodrigues.

O programa é uma pílula radiofônica sobre estudos da UFMG e abrange
todas as áreas do conhecimento. A cada semana, a equipe da Rádio UFMG
Educativa apresenta os resultados do trabalho de um pesquisador da
Universidade.

Aqui tem ciência pode ser ouvido em aplicativos de podcast como o Spotify e vai ao ar na frequência 104,5 FM, às segundas, às 11h, com reprises às quartas, às 14h30, e às sextas, às 20h.