Notícias

Fundep assume coordenação da linha de conectividade veicular do Programa Rota 2030

Publicado em 23 junho 22 às 14:02 por Samuel Perini

Evento de lançamento será nesta quinta, no campus Pampulha; liderança técnica ficará a cargo de grupo do DCC e da Escola de Engenharia

terça-feira, 21 de junho 2022, às 12h50atualizado em quinta-feira, 23 de junho 2022, às 11h46

Conectividade veicular
Conectividade veicular é a nova linha do programa Rota 2030Freepik

Pela primeira vez, o número de aparelhos conectados na chamada “internet das coisas” (IoT) supera o de aparelhos não conectados. Segundo a consultoria IoT Analytics, dos 21,7 bilhões de dispositivos de diferentes tipos existentes no mundo, incluindo veículos automotivos, 11,7 bilhões compõem a conexão IoT, ou seja, são capazes de trocar dados e informações instantaneamente entre si. Em 2025, serão mais de 30 bilhões de aparelhos, ainda segundo as estimativas da IoT Analytics, consultoria de inteligência estratégica de negócios para internet das coisas (IoT) e indústria 4.0. 

É nesse contexto que a conectividade veicular avança no Brasil, tornando-se também uma das linhas do Rota 2030, programa do governo federal que tem o objetivo de ampliar a competitividade e a capacidade produtiva da indústria automotiva nacional. Sob coordenação da Fundação de Apoio da UFMG (Fundep), a Linha VI – Estímulo à Produção de Tecnologias Relacionadas à Conectividade Veicular será lançada nesta quinta-feira, dia 23, a partir das 8h30, durante o Encontro Nacional das Coordenadoras do Programa Rota 2030 (Enacoop 2030), edição Belo Horizonte. 

Realizada na Escola de Engenharia, no campus Pampulha, esta edição do Enacoop é promovida pela Fundep, em parceria com a Associação Brasileira de Engenharia Automotiva (AEA). Presencial e gratuito, o evento reunirá representantes de empresas, de instituições de ciência e tecnologia (ICTs), de startups e de entidades para discutir, além da conectividade veicular, outras tendências e oportunidades para o setor automotivo. 

Conectividade em várias frentes
O Enacoop é um encontro das coordenadoras do programa Rota 2030 (Fundep, Senai, Finep e Embrapii) que busca fomentar parcerias e estimular a inovação, o desenvolvimento e a competitividade com base na troca de experiências entre as cinco linhas existentes no programa. A de Conectividade Veicular passa a ser a terceira sob responsabilidade da Fundep, que coordena também a Linha IV – Ferramentarias Brasileiras Mais Competitivas – e a V – Biocombustíveis, Segurança Veicular e Propulsão Alternativa à Combustão. 

Sob a liderança técnica de grupo multidisciplinar do Departamento de Ciência da Computação (DCC) e da Escola de Engenharia da UFMG, a Linha VI tem a missão de acelerar a pesquisa, o desenvolvimento e a inovação (PD&I) em conectividade veicular. Seu escopo abrange inovações em veículos autônomos, conectividade no interior dos veículos e com o ambiente externo, infraestrutura de conectividade para centros urbanos e rodovias e novos modelos de negócios baseados no uso de dados gerados pelos veículos e tecnologias de segurança de dados. A expectativa é que sejam investidos R$ 200 milhões em projetos de PD&I desenvolvidos com empresas até 2026. 

Para o presidente da Fundep, Jaime Arturo Ramírez, “o fato de a coordenação geral do Rota 2030 ter reconhecido a solidez da proposta técnica construída em parceria com um comitê técnico da UFMG indica que acertamos em, cada vez mais, envolver a Universidade e outras instituições nessa iniciativa que busca resolver demandas muito claras e específicas da nossa sociedade. Como fundação de apoio, cabe-nos esse papel de ser o elo entre universidades, governos e o setor produtivo”.

O presidente da Fundep participará do evento de lançamento juntamente com a reitora Sandra Regina Goulart Almeida, com o vice-reitor Alessandro Fernandes Moreira e com o diretor da Escola de Engenharia, Cícero Starling.

Leia mais sobre o assunto no Portal da Fundep.

Assessoria de Comunicação da Fundep

Fonte: Portal UFMG