Cultura UFMG

Erro
  • JFolder::delete: Could not delete folder

Viola caipira é destaque do Quarta Doze e Trinta e Ao Cair da Tarde desta semana

Viola caipira é destaque do Quarta Doze e Trinta e Ao Cair da Tarde
alt

Dois shows de viola caipira acontecem essa semana, integrando a programação cultural da 19ª Feira de Artesanato do Vale do Jequitinhonha. Na quarta-feira, dia 9, às 12h30, Letícia Leal e sua banda mostram a versatilidade do instrumento no show “Viola Brasileira”. Já na quinta-feira, dia 10, às 17h30, o cantor e compositor Bilora, apresenta as canções de seu premiado CD, “Balanciô”. Ambas apresentações ocorrem na Praça de Serviços, com entrada gratuita e aberta ao público externo. Informações pelo telefone (31) 3409-4152.
 
Atração do Quarta Doze e Trinta, Letícia Leal é professora de viola, já subiu ao palco com artistas de renome e conquistou o terceiro lugar na competição de Melhor Violeiro da Globo Minas em 2012. Sua proposta é desconstruir a ideia de que a viola de dez cordas é um instrumento antigo, dando nova roupagem a diferentes clássicos da música brasileira. A apresentação conta com participação do pianista Matheus Ribeiro e do percussionista Daniel Guedes, numa mistura de timbres.
 
Apresentando-se pelo Ao Cair da Tarde, Bilora celebra o universo da cultura popular e da viola caipira, com destaque para o valor poético de suas obras e composições. Natural da região de confluência entre os vales do Jequitinhonha e Mucuri, o artista busca incorporar suas raízes em seu trabalho. Lançado em 2012, o premiado CD “Balanciô” -- que também dá nome ao show -- é voltado à sua região natal e inclui participações da comunidade de onde nasceu, do seu filho Djavan Carvalho e de índios Maxakali.  Além de canções do álbum homônimo, o show terá um repertório variado, incorporando clássicos da cultura popular. A apresentação conta com participação de André Oliveira (baixo e violão) e Alcione de Oliveira (percussão).
 
Você está aqui: Home