Cultura UFMG

Exposição Polímatas, na UFMG, reflete sobre as relações entre arte, ciência e tecnologia

altExposição Polímatas, na UFMG, reflete sobre as relações entre arte, ciência e tecnologia

Eduardo Kac e outros nomes da cena contemporânea participam do circuito de mostras
 
Inaugura na próxima terça-feira, 21 de maio, às 17h30, no saguão da Reitoria da UFMG, a exposição coletiva Polímatas, um circuito de mostras que ocuparão, além da Reitoria, espaços na Escola de Belas Artes (EBA), na Faculdade de Letras (FALE) e na Faculdade de Ciências Econômicas (FACE). Ao todo, 46 artistas exibirão obras que exploram as interseções entre diferentes mídias, linguagens e disciplinas, contribuindo para uma compreensão da arte a partir de sua interseção com diversas áreas do conhecimento. A realização é uma parceria entre a Diretoria de Ação Cultural da UFMG e o II Colóquio Internacional Escrita, Som, Imagem. 
 
Idealizada pelos curadores e professores Maria do Carmo de Freitas Veneroso, Marília Andrés Ribeiro, Pedro Veneroso e Tânia Araújo como parte da programação do II Colóquio Internacional Escrita, Som, Imagem, a exposição visa expandir as reflexões atuais sobre a arte e os fenômenos culturais, relacionando-os a uma ampla gama de esferas do conhecimento humano. Daí o nome polímata, que em grego significa “aquele que aprendeu muito”, e representa o indivíduo cujo saber não está restrito a uma única área. De acordo com os curadores da mostra, Polímatas faz um recorte de pesquisas e trabalhos artísticos que abordam questões de natureza inter e transmidiática –, envolvendo literatura, música, artes visuais, cinema, teatro e as mídias digitais – e transdisciplinar, abrangendo áreas tão diversas como a biologia, física, engenharia, história, geografia, ecologia, comunicação, ciências da informação, entre outras.
 
Participam da exposição nomes como Eduardo Kac – com uma instalação de arte transgênica –, Éder Santos – com uma videoinstalação –, Giselle Beiguelman – com um vídeo algorítmico –, Cinthia Marcelle e Pedro Veneroso – com uma intervenção urbana eletrônica –, Paulo Bruscky, Waltércio Caldas, Jorge dos Anjos, Marilá Dardot e Matheus Rocha Pitta – com livros de artista –, Lucas Dupin e Randolpho Lamonier – com obras inéditas de técnica mista –, Sara Não Tem Nome – com uma instalação inédita – e muitos outros. Dentre as obras que integram a exposição, diversas delas são inéditas e algumas serão exibidas pela primeira vez em Belo Horizonte.
 
Os visitantes terão a oportunidade de ver de perto trabalhos icônicos como a instalação de arte transgênica Gênesis, do carioca Eduardo Kac, exibida pela primeira vez em Belo Horizonte. A obra foi concebida em 1999 e realizada originalmente no festival Ars Electronica, em Linz, Áustria. Kac criou um “gene de artista”, um gene sintético inventado por ele e não existente na natureza, que foi posteriormente introduzido em bactérias. O gene foi criado através da tradução de um trecho em inglês do Velho Testamento para código Morse e, em seguida, para uma sequência de DNA, de acordo com um código desenvolvido por Kac especialmente para essa obra. O gene foi introduzido em bactérias que, por sua vez, são dispostas em placas de Petri. Na galeria, uma placa é posicionada sobre uma caixa de luz ultravioleta, controlada por participantes remotos na web. Ao acionar a luz UV, os participantes causam mutações no código genético das bactérias e, assim, alteram o texto codificado.
 
Sobre o II Colóquio Internacional Escrita, Som, Imagem
 
Polímatas é uma exposição vinculada ao II Colóquio Escrita, Som, Imagem, promovido pelo Grupo Intermídia da Faculdade de Letras, Escola de Belas Artes, Escola de Música e Departamento de Comunicação Social da UFMG. O colóquio acontece entre os dias 21 e 25 de maio na UFMG, reunindo cerca de 400 pesquisadores e artistas interessados em questões de natureza inter e transdisciplinar, com trabalhos que investigam não apenas as relações entre palavras, imagens e sons, mas os cruzamentos entre diferentes disciplinas e áreas do conhecimento.
 
Lista completa de artistas
 
Adriana Penido, Aline X, André Lage, Arnaldo Baptista, Bruno Rios, Chico Marinho, Cinthia Marcelle, Daisy Turrer, Daniel Escobar, Duo Lumia, Éder Santos, Edith Derdyk, Eduardo Kac, Eugênio Paccelli Horta, Eymard Brandão, Fabrício Fernandino, Fred Paulino, Giselle Beiguelman, Haroon Gunn-Salie, Isabela Prado, Jorge dos Anjos, Júlia Panadés, Lucas Dupin, Luísa Horta, Maria do Carmo Freitas, Maria Helena Andrés, Marilá Dardot, Mário Azevedo, Matheus Rocha Pitta, Patrícia Franca-Huchet, Paulo Bruscky, Pedro Moreira, Pedro Veneroso, Pierre Fonseca, Rachel Leão, Randolpho Lamonier, Ricardo Burgarelli, Sara Não Tem Nome, Shima, Tânia Araújo, Thereza Portes, Thiago Amoreira, Thiago Taves Sobreiro, Vera Chaves Barcellos, Victor Galvão e Waltércio Caldas.
 
 
SERVIÇO
Exposição Polímatas
Abertura: 21 de maio, às 17h30, no saguão da Reitoria da UFMG
Endereço: Av. Antônio Carlos, 6.627 – Pampulha
Entrada gratuita
 
HORÁRIOS DE VISITAÇÃO
Saguão da Reitoria da UFMG
De 21 de maio a 13 de setembro 
Segunda a sexta-feira, das 8h às 18h
 
Mezanino da Reitoria da UFMG 
De 21 de maio a 20 de julho 
Segunda a sexta-feira, das 8h às 18h
 
Galeria da Escola de Belas Artes da UFMG
De 22 de maio a 11 de junho 
Segunda a sexta-feira, das 8h às 21h
 
Hall da Faculdade de Letras da UFMG
A partir de 21 de maio
Segunda a sexta-feira, das 8h às 22h
 
Gramado da Faculdade de Ciências Econômicas da UFMG
A partir de 21 de maio
Todos os dias, a partir das 18h
Você está aqui: Programação Exposição Circuito Polímatas