Eventos realizados

I Encontro de Estudos Indianos – interações Brasil-Índia

Outubro/ 2013

Principais temas: religiosidade indiana (budismo e hinduísmo), yoga e meditação, filosofia indiana (Nagarjuna).

Outros temas: literatura clássica, teatro, língua híndi, questões econômicas, sociais e políticas, ciências biológicas, física e computação.

I Jornada de Estudos Indianos

Fevereiro/ 2014

Mesas temáticas: Cultura e Filosofia / Ciência e Tecnologia / Desenvolvimento e Sustentabilidade;

Workshop: Cooperação Acadêmica Brasil-Índia no Séc. XXI

Objetivo: promoção do diálogo entre pesquisadores da Índia mundo afora visando ao estabelecimento de diretrizes para o próprio CEI.

Outras realizações:

Publicação da tese de Doutorado do Prof. Giuseppe Ferraro (Dep. Filosofia): Verdade ordinária e verdade suprema como bases dos ensinamentos budistas no pensamento de Nagarjuna – Orientador: Leonardo Vieira / Recebeu menção honrosa no Prêmio CAPES 2013.

Programa de visitas / Missões: Ação conjunta com Embaixada do Brasil em Nova Deli  (decorrente de visita do Embaixador à UFMG);

Os objetivos do evento foram construir e ampliar parcerias com instituições acadêmicas indianas, identificar áreas prioritárias para cooperação com instituições indianas para organizar ações conjuntas e visitas acadêmicas em 2014 e desenvolver canais para maior colaboração nas áreas de ensino e pesquisa com diferentes instituições interessadas em estudos sobre a Índia, além de identificar fontes de recursos que possam financiar atividades no CEI.

Série de Estudos Indianos

A Série de Estudos Indianos tem como objetivo de abordar e divulgar temas diversos relacionados à Índia e aos Estudos Indianos. É um evento periódico que acontecerá sempre em uma quinta feira a ser divulgada. Essa quinta feira será caracterizada como “Quinta Indiana” em que um evento abordando temas diversos ligados à Índia e aos Estudos Indianos será realizado.

19 de Março de 2015:

O primeiro evento da Série de Estudos Indianos teve início com a palestra Ayurveda e a Natureza: o que você tem a ver com isso?” ministrada pela Dra. Ana Maria Rodrigues. De acordo com as informações da palestra, “Ayurveda é a arte de viver diariamente em harmonia com as leis da natureza”. A palestra evidenciou a relação entre o homem e a natureza que está presente desde a nossa concepção, passando pela nossa constituição individual até os alimentos que ingerimos. Um conhecimento completo e milenar transmitido através do tempo.

09 de abril de 2015:

O segundo evento da Série de Estudos contou com a presença do palestrante convidado Maurício Andrés Ribeiro, arquiteto formado pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), e pesquisador visitante no Indian Institute of Managemente, em Bangalore na Índia.

A palestra intitulada “Riquezas da Índia para a evolução humana” abordou temas relacionados às características e ao patrimônio imaterial construído na Índia, a relação desse país com o ecodesenvolvimento e a evolução humana nesse período antropoceno.

 07 de maio de 2015:

A terceira palestra apresentada na Série de Estudos Indianos abordou a produção de alimentos na Índia. Desta vez o evento contou com a participação do médico veterinário Eduardo Bastianetto, que apresentou a palestra “Produção de Alimentos na Índia: Tradição e Conquistas”. Na ocasião, o palestrante falou a respeito dos sistemas de produção de leite e carne de búfalo na Índia, contextualizando os aspectos geográficos e populacionais do país. Abordou, também, as relevantes iniciativas do governo indiano para o fomento da produção de alimento e as práticas agrícolas desenvolvidas no país.

II Encontro de Estudos Indianos – Interações Índia – Brasil 2015 – 25 e 26 de junho de 2015:

O objetivo principal do encontro foi reunir interessados nos diálogos científicos e culturais entre os dois países, e mapear essas interações visando futuras atividades do CEI.

A programação do evento contou com apresentações de trabalhos e palestras sobre temas diversos e relacionados aos Estudos Indianos.  A “Mesa redonda dos Centros Internacionais da UFMG Interações do Brasil com outros países dos BRICS” composta pelos professores Rômulo Monte Alto, do Centro de Estudos Latino-Americanos (CELA), Gilberto Libânio, Centro de Estudos Ásia-Oeriental (CEAO) e Ricardo Ruiz do Cedeplar, foi uma das sessões do primeiro dia de evento. Para encerrar as atividades do II Encontro, Ricardo Passos apresentou aos participantes o canto Dhrupad, forma sobrevivente mais antiga da música clássica indiana, tendo sido originada no canto dos hinos védicos e mantras.