Fernando Chaib, professor vinculado à Escola de Música da UFMG, participa do programa Escala Docente da AUGM

Fernando Chaib, professor na Escola de Música da UFMG, vinculado ao Departamento de Instrumento e Canto, participou do Programa Escala Docente, cujo edital é divulgado anualmente pela Diretoria de Relações Internacionais, e tem o objetivo de promover a mobilidade de docentes das universidades latino-americanas do Grupo Montevidéu (AUGM).

O professor escolheu a Escola de Música da Universidad de La Republica, em Montevidéu, Uruguai, onde esteve durante 15 dias em uma residência artístico-pedagógica. “Desenvolvi atividades individuais e em grupo com os alunos e professores do curso de Percussão da EM/UDELAR, aulas individuais, master-classes sobre música brasileira e experimental, aulas coletivas e ensaios com o Grupo de Percussão da UDELAR”, relatou.

 Além disso, contou que teve a sorte de estar na chamada Semana del Património, em que ocorrem a divulgação e produção das mais variadas expressões artísticas uruguaias, por todo o país. “Pude assistir ao maravilhoso e único desfile das comparsas de Candombe que saem pelas ruas de Montevideo, lembrando os blocos de carnaval da primeira metade do século XX, no Rio”, comentou o professor.

 Em relação aos resultados, Fernando acrescentou que “foi realizado um concerto do Grupo de Percussão da UDELAR sob minha direção com obras (brasileiras e estrangeiras) inéditas em solo uruguaio, além de um recital solo meu também com obras brasileiras e estrangeiras inéditas no Uruguai. Executar obras inéditas numa determinada região significa efetivamente fortalecer e enriquecer o cenário intelectual-artístico daquele lugar, ampliando os produtos culturais existentes, levando, muitas vezes, linguagens muito pouco ou ainda não exploradas.”

Concluiu, sugerindo um intercâmbio de parceria, com candidaturas conjuntas de dois professores: se um professor do país A é aceito para ir ao país B, automaticamente o professor do país B irá depois ao país A. “Penso que esse seria o verdadeiro impacto para a comunidade da Escola de Música da UFMG e o verdadeiro intercâmbio”, comentou o professor.

Os docentes interessados em participar do programa Escala Docente devem ficar atentos ao site da DRI, onde é divulgado o edital anualmente.

Mais informações dos editais anteriores podem ser consultadas aqui.