Projeto Living Lab Biobased Brazil seleciona estudantes para vagas de estágio na Holanda

Estudantes em nível de graduação e pós-graduação poderão se candidatar, até o dia 01 de abril de 2018, para oportunidades de estágio na Holanda, ofertadas pelo projeto Living Lab Biobased Brazil. O Projeto oferece novos programas de estágio para estudantes brasileiros, que ocorrem em várias universidades holandesas de Ciências Aplicadas.

Resultado da colaboração entre universidades mineiras e holandesas focadas em pesquisa, o Living Lab é uma plataforma de educação e pesquisa aplicada, onde estudantes de graduação, professores e pesquisadores de diversas universidades brasileiras e holandesas trabalham em conjunto com o objetivo de encontrar soluções sustentáveis para problemas.

Os projetos têm temas diversos e buscam candidatos com diferentes trajetórias acadêmicas, como Química, Engenharia Química, Engenharia Ambiental, entre outras descritas no site. Os estudos se relacionam com a Economia Biobased: uma economia que usa biomassa em vez de matérias-primas fósseis.

Serão temas de estudo nesta edição a análise do ciclo de vida na conversão de biomassa em produtos úteis por pirólise, otimização da extração verde de PHA, materiais poliméricos, e mais.

Acompanhe o cronograma:

Os interessados podem acessar o formulário de inscrição aqui.

Acesse o webinar do projeto.

Mais informações no site do Living Lab Biobased Brazil.

Projeto Living Lab Biobased Brazil oferta vagas de estágio na Holanda

Estudantes de graduação e pós-graduação poderão se candidatar, até o dia 01 de novembro de 2017, para oportunidades de estágio na Holanda, ofertadas pelo projeto Living Lab Biobased Brazil.

Resultado de uma colaboração entre universidades mineiras e holandesas focadas em pesquisa, o Living Lab é uma plataforma de educação e pesquisa aplicada onde estudantes de graduação, professores e pesquisadores de diversas universidades brasileiras e holandesas trabalham em conjunto com o objetivo de achar soluções sustentáveis para problemas.

Confira abaixo os títulos dos projetos aos quais os estudantes podem submeter candidaturas, assim como as áreas de formação exigidas para as vagas:

1. Research and Development on biobased colourant
Química (graduação e mestrado)
2. Performing life cycle analysis on converting biomass into useful products by pyrolysis (Possivelmente duas vagas)
Ciências Ambientais, Engenharia Química ou Tecnologia de Processos (graduação e mestrado)
3. Biorefinery of Lemna (duckweed)
Química, Biotecnologia ou Engenharia Química (graduação e mestrado)
4. Optimization of green extraction of PHA
Engenharia Ambiental ou Engenharia Química (graduação e mestrado)
5. Pyrolysis of cashew nut shell using Auger Pyrolyzer
Engenharia Química ou Química (graduação e mestrado)
6. Polymeric materials
Química (graduação e mestrado)
7. Electrohydrodynamic Atomization applied to emulsification processes
Tecnologia da Água, Física Aplicada, Física, Engenharia Ambiental, Engenharia Química (graduação e mestrado)
8. Characterization and treatment selection of greenhouse effluents aiming water reuse and parameters adaptation for microalgae bioreactors (1 ano)
Tecnologia da Água, Tecnologia Química ou Tecnologia Ambiental (graduação e mestrado)
9. Influences of temperature and HRT on the performance of thermal disinfection systems (1 ano)
Tecnologia de Água, Tecnologia Química, Microbiologia e Engenharia Ambiental (graduação e mestrado)
10. Application of Ultra-Filtration systems for pulp and paper industry effluents
Tecnologia de Água, Tecnologia Química, Microbiologia e Engenharia Ambiental (graduação e mestrado)

Para candidatura, o aluno de graduação deve estar matriculado em um dos seguintes cursos: Ciências Biológicas, Física, Engenharia Ambiental, Engenharia Química e Química. Já os alunos de pós-graduação devem fazer parte de um dos seguintes programas: Programa de Pós-graduação em Física, Programa de Pós-graduação em Engenharia Química, Programa de Pós-graduação em Microbiologia, Programa de Pós-graduação em Química e Programa de Pós-graduação em Saneamento e Meio Ambiente e Recursos Hídricos. Também é necessário ter passaporte válido por pelo menos seis meses antes da data de partida da Holanda, certificado de proficiência em inglês, recursos comprovados para se manter na Holanda no período do estágio, entre outros.

As vagas são para estágio de pesquisa no período de 01/02/2018 a 01/07/2018.

É necessário ter atenção aos prazos:

Inscrições e mais informações clicando aqui.

Seminário abordará lançamento de chamada para financiamento de pesquisa conjunta com instituições holandesas

Representantes do projeto Living Lab Biobased Brazil realizarão, no dia 10 de maio (quarta-feira), na Escola de Engenharia, um seminário para expandir a participação de pesquisadores da UFMG em suas atividades.

Na esteira do lançamento da chamada conjunta entre a FAPEMIG e o Conselho de Pesquisa do Governo holandês (SIA), a delegação holandesa irá interagir com a comunidade da UFMG (professores e alunos de pós-graduação) visando à elaboração de projetos conjuntos de pesquisa para submissão de propostas.

A chamada será lançada em julho/2017, com um orçamento total de 1 milhão de Euros. As áreas/temas abrangidos são:

- Water Technology
- Agro & Food
- Green Chemistry
- Sustainable Environment

Aos interessados em participar do seminário, é necessário confirmar presença no link https://goo.gl/Nwrqyw.

Programa Living Lab Biobased de cooperação entre Brasil e Holanda possibilita o ingresso em projetos de graduação e pós-graduação na Holanda

Estudantes da graduação e pós-graduação das áreas que abrangem os temas Tecnologia da Água, Agro & Food, Química Verde e Ambiente Sustentável podem se candidatar a bolsas para desenvolver projetos na Holanda por meio do programa Living Lab Biobased Brazil.

Resultado de uma colaboração entre universidades mineiras e holandesas focadas em pesquisa, o Living Lab é uma plataforma de educação e pesquisa aplicada onde estudantes de graduação, professores e pesquisadores de diversas universidades brasileiras e holandesas trabalham em conjunto com o objetivo de achar soluções para problemas reais. O programa educacional propõe, por exemplo, a utilização de resíduos da agricultura, indústria de alimentos e domésticos para novos fins. No projeto, a biomassa originada desses resíduos gera produtos químicos, combustíveis, plásticos, energia e alimentos.

São diferentes projetos para os quais os estudantes podem se candidatar e há também a possibilidade de se candidatar a mais de um deles, desde que o participante atenda aos pré-requisitos informados aqui.

Os interessados podem se candidatar até o dia 01 de abril de 2017, para participar do projeto no segundo semestre de 2017, ou no dia 01 de outubro de 2017, para participar no primeiro semestre de 2018. As inscrições são submetidas por meio deste link.

Para facilitar o planejamento, acompanhe com atenção as seguintes datas:

 

Acesse a chamada completa.

UFMG recebe representante da Nuffic Neso Brazil para realizar palestra destinada a estudantes interessados em estudar na Holanda

Aconteceu, na quarta-feira, dia 23 de novembro, uma palestra com a representante da Nuffic Neso Brazil, Ana Maria Siqueira e Sousa, Student Counselor, que pautou programas e oportunidades de estudos na Holanda. Na ocasião, foram repassadas informações sobre os programas educacionais de graduação, pós-graduação e cursos de curta duração. Além disso, os participantes tiveram a oportunidade de conhecer o estilo de vida e de ensino holandês, salientando as diferenças e contrastes relacionados à vida e os estudos no Brasil.

Foram apontadas as seguintes divergências, são elas:

• A Holanda tem um expressivo número de universidades públicas, mas elas não são gratuitas como no Brasil. Um estudante paga, em média, 8 mil euros por ano pelo curso de bacharelado e 12 mil por ano pela licenciatura. O ensino holandês tende a uma perspectiva multidisciplinar, que conecta a tecnologia a diferentes áreas do conhecimento, visando resultados efetivamente assertivos.
• A priorização da aplicação de conhecimento não desprivilegia o ensino teórico, mas, sobretudo, atribui significativa relevância à prática.
• A valorização e o destaque para as ciências econômicas, que são de grande importância em seu sistema de ensino, que pode ser notado pelo número de programas educacionais de incentivo nesta área.
• A sustentabilidade é um tema inquestionável e primário em território holandês, havendo diversos incentivos a práticas ecossustentáveis, por exemplo, a adoção de bicicletas como meio de transporte e a produção de energia elétrica por meio de recursos alternativos (utilização de propriedades do solo, entre outros).

Na ocasião também foram divulgados outros programas de mobilidade internacional na Holanda, como o Projeto Erasmus e o OTS Brazil.

Para mais Informações sobre bolsas de estudos na Holanda: clique aqui.

Nuffic Neso oferece, no auditório da FACE, palestra sobre estudos na Holanda

Representantes do Nuffic Neso Brazil, fundação subsidiada pelo Ministério da Educação dos Países Baixos, apresentarão em uma palestra, no dia 23 de novembro, as oportunidades de estudo e bolsas na Holanda, que se destaca pela excelência acadêmica.
Referência mundial em pesquisa científica, a Holanda conquistou o 4º melhor lugar em ensino superior do mundo, de acordo com o conceituado Times Higher Education Ranking e, segundo o Organização das Nações Unidas (ONU), é o 7° país mais feliz do mundo.
Aberta também ao público externo, a palestra é gratuita e dispensa inscrição prévia.
Data: 23/11/2016, quarta-feira
Horário: 16h30
Local: Auditório 1 da Faculdade de Ciências Econômicas (FACE)

Palestra ReUso Na Holanda

No dia 7 de março de 2016, próxima segunda-feira, ocorrerá abertura da Exposição ReUso na Holanda. O evento ocorrerá a partir das 16h30 no Museu de Arte da Pampulha – MAP , endereço: Av. Otalício Negrão de Lima, 16.585 – Pampulha.

O evento é organizado pela Fundação Municipal de Cultura e pela Secretaria Municipal Adjunta de Relações Internacionais, em parceria com Embaixada do Reino dos Países Baixos.

A programação completa pode ser conferida no convite através desse link.

Nuffic Neso promove palestra sobre estudo na Holanda

No dia 08 de outubro, próxima quinta-feira, representantes do Nuffic Neso Brazil, fundação subsidiada pelo Ministério da Educação dos Países Baixos, apresentarão palestra sobre oportunidades de estudo e bolsas na Holanda.

A apresentação ocorrerá às 12h30 na Sala 208 do Centro de Atividades Didáticas 1 (CAD 1) da UFMG, em frente ao Instituto de Ciências Biológicas (ICB).

Aberta também ao público externo, a palestra dispensa inscrição prévia.

Clique aqui para mais informações sobre oportunidades de estudo na Holanda.

Data: 08/10/2015
Horário: 12h30
Local: Sala 208 do Centro de Atividades Didáticas 1 – CAD 1 (em frente ao ICB)