Ir para o conteúdo principal

História

O início das atividades no campo da computação na UFMG, foi marcado em 1967 com a aquisição de um sistema IBM-1130. No mesmo ano foi criado o Centro de Processamento de Dados, alugando-se um computador IBM-1401, destinado ao processamento dos serviços administrativos da Universidade.

Em 04 de novembro de 1970, a Portaria no. 569 instituiu o Centro de Computação (CECOM) em substituição ao Centro de Processamento de Dados, mas o CECOM só foi inaugurado em fevereiro de 1971. O objetivo foi criar um órgão que exercesse atividades mais ligadas ao ensino e à pesquisa, deixando o processamento do serviço administrativo da Universidade a cargo de um setor próprio, que era o Serviço de Mecanização Administrativa (SMA). Pouco tempo depois, o CECOM incorporou as atividades e a equipe do SMA.

Com o grande aumento da demanda por serviços e projetos no campo da computação, uma nova reformulação ocorreu em 1978. Nesse ano foi criado o Departamento de Ciência da Computação (DCC), com a função de conduzir as atividades acadêmicas ligadas ao ensino, pesquisa e extensão. Em 1983, foi criado o Laboratório de Computação Científica (LCC) com a finalidade de apoiar a utilização acadêmica dos recursos computacionais, ficando o CECOM responsável pelo gerenciamento de todo o serviço de informatização administrativa da Universidade.

Para coordenar e articular as atividades executadas por CECOM e LCC, foi criada em 1998 a ATI, hoje denominada Diretoria de Tecnologia da Informação.