Data: 23 de setembro

Hora: 19h

Local: Edifícios da cidade

Urbanidade é o urbano compartilhado, negociado e experimentado cotidianamente. A mostra é uma proposta de diálogo, conexão, interlocução e compartilhamento entre cidadãs e cidadãos de Belo Horizonte, a partir da produção material e imaterial acumulada nos diversos territórios da cidade (Centros Culturais da PBH), na academia (UFMG), ou decorrente do encontro entre esses saberes, de modo a resgatar a urbanidade recentemente atravessada e desmaterializada pelo isolamento social.

A mostra acontecerá de dezembro/2020 a fevereiro/2021, mas o público do Festival terá uma prévia, entre os dias 19 e 23 de setembro, por meio de fotos, imagens e vídeos de música e dança projetados em empenas da cidade e nas fachadas do Espaço do Conhecimento UFMG, Conservatório UFMG , Centro Cultural UFMG e outros prédios da cidade.

Curadoras: Junia Ferrari e Marcela Silviano

Programação do dia:

  • 19h às 21h – PROJEÇÕES POÉTICAS E SONORAS
    Local: Prédio do Centro Cultural UFMG (Esquina da Rua da Bahia com Av. Santos Dumont, 174 – Centro)

 

1) Projeto Faces: imagens selecionadas do arquivo dos eventos do Centro Cultural e do Festival de Inverno, sob a coordenação do Professor Fabricio Fernandino, atual diretor do Centro Cultural e professor da Escola de Belas Artes da UFMG.

2) Projeções na copa das árvores da Praça Rui Barbosa: trabalhos de vídeos/arte já produzido dentro dos projetos do Laboratório de Tridimensionalidade/EBA e do Centro especializados de Arte Ambiental MHNJB, sob a coordenação do Professor Fabrício Fernandino, atual diretor do Centro Cultural e professor da Escola de Belas Artes da UFMG.

Duração: 2h

 

  • 19h30 às 20h – PROJEÇÕES MUSICAIS
    Local: Fachada do Conservatório UFMG (Rua Guajajaras, 100 – Centro)

 

Música na Fachada: vídeos com obras musicais apresentadas no Conservatório UFMG por artistas de Belo Horizonte e convidados de todo o mundo, na variedade de gêneros, ritmos, formações instrumentais e épocas de produção, revelando a diversidade da música que nos permeia.

Duração: 30min

 

  • 19h30 às 20h – PROJEÇÕES PARA VER DA PRAÇA
    Local: Fachada Digital do Espaço do Conhecimento UFMG  (Praça da Liberdade, 700 – Funcionários)

 

1) Frases Roseanas: citações das publicações de Guimarães Rosas (horizontais).

2) Projeto Janelas afora, Portas adentro: vídeo produzido pelo grupo PRAXIS-EA/UFMG a partir de narrativas e imagens feitas por moradores de territórios autoconstruídos, como parte do projeto de extensão Diálogos, da Escola de Arquitetura da UFMG, sob coordenação da professora Denise Morado. Será veiculado sem som nesta plataforma.

3) Projeto Flores do Morro: fotografias de mulheres do Aglomerado Morro das Pedras/BH, participantes das oficinas de dança, costura e pintura do projeto de extensão de mesmo nome, sob a coordenação da professora Anamaria Fernandes do curso de Dança da Escola de Belas Artes da UFMG e do professor Glaucinei Rodrigues, do curso de Design da Escola de Arquitetura da UFMG.

4) Projeto Mirantes: Série de fotografias e relatos produzidos por alunos e professores das redes públicas de ensino básico de BH, com um olhar pessoal sobre a cidade, emoldurado pela janela de suas casas. O projeto é coordenado por Sibelle Diniz, professora da Faculdade de Ciências Econômicas da UFMG e coordenadora do Núcleo de Ações Educativas do Espaço do Conhecimento da UFMG.

5) Projeto Territórios Populares – vídeo: registros do processo de pesquisa realizada em área central de Belo Horizonte: Favela Pedreira Prado Lopes, Região da Guaicurus, POPP de Rua/ ASMARE, Ocupação Carlina Maria de Jesus, sob a coordenação das professoras Marcela Brandão e Natacha Rena da Escola de Arquitetura da UFMG, e Patrícia Azevedo da Escola de Belas Artes da UFMG. 

6) Projeto Lição – Se essa Rua fosse um Rio: vídeo que registra uma série de performances em ruas sob as quais correm trechos de córregos afluentes do Ribeirão Arrudas, em diferentes regiões da cidade, sob a coordenação da professora Isabela Prado, da Escola de Belas Artes da UFMG.

7) Projeto Sobre o Rio: vídeo sobre uma intervenção urbana permanente, realizada a partir da instalação de placas de sinalização que identificam os córregos afluentes do Ribeirão Arrudas sob as ruas e avenidas de Belo Horizonte, sob a coordenação da professora Isabela Prado, da Escola de Belas Artes da UFMG.

8) Projeto Jardins Possíveis: vídeo do mapeamento de jardins construídos por moradores de bairros de Belo Horizonte que pertencem à bacia do Ribeirão Arrudas, sob a coordenação da professora Luciana Bragança, da Escola de Arquitetura da UFMG.

9) Projeto Parque das Ocupações: vídeo do processo de construção do projeto urbanístico paisagístico do Vale das Ocupações, no Barreiro/BH, realizado em parceria com moradores, sob a coordenação das professoras Marcela Brandão e Luciana Bragança, da Escola de Arquitetura da UFMG.

10) Projeto Retina Solidária: exibição de fotos produzidas pelo Colmeia – grupo de estudos, pesquisa e extensão em economia popular e solidária, sediado na Faculdade de Ciências Econômicas da UFMG, sob a coordenação da professora Sibelle Diniz.

Duração: 30min

 

  • 19h30 às 20h – Projeções PARA VER DA JANELA
    Local: Fachada do Condomínio Gaudi Residência (Rua Fernandes Tourinho, 221 – Savassi)

 

1) Frases Roseanas: citações das publicações de Guimarães Rosas (verticais)

2) Projeto Janelas afora, Portas adentro: vídeo produzido pelo grupo PRAXIS-EA/UFMG a partir de narrativas e imagens feitas por moradores de territórios autoconstruídos, como parte do projeto de extensão Diálogos, da Escola de Arquitetura da UFMG, sob coordenação da professora Denise Morado. Será veiculado sem som nesta plataforma.

3) Projeto Flores do Morro: fotografias de mulheres do Aglomerado Morro das Pedras/BH, participantes das oficinas de dança, costura e pintura do projeto de extensão de mesmo nome, sob a coordenação da professora Anamaria Fernandes do curso de Dança da Escola de Belas Artes da UFMG e do professor Glaucinei Rodrigues, do curso de Design da Escola de Arquitetura da UFMG. 

4) Projeto Mirantes: Série de fotografias e relatos produzidos por alunos e professores das redes públicas de ensino básico de BH, com um olhar pessoal sobre a cidade, emoldurado pela janela de suas casas. O projeto é coordenado por Sibelle Diniz, professora da Faculdade de Ciências Econômicas da UFMG e coordenadora do Núcleo de Ações Educativas do Espaço do Conhecimento da UFMG.

5) Projeto Territórios Populares – imagens: cenas cotidianas de moradores e trabalhadores da área central de Belo Horizonte: Favela Pedreira Prado Lopes, Região da Guaicurus, POPP de Rua/ ASMARE, Ocupação Carlina Maria de Jesus, sob a coordenação das professoras Marcela Brandão e Natacha Rena da Escola de Arquitetura da UFMG, e Patrícia Azevedo da Escola de Belas Artes da UFMG.

6) Projeto Retina Solidária: exibição de fotos produzidas pelo Colmeia – grupo de estudos, pesquisa e extensão em economia popular e solidária, sediado na Faculdade de Ciências Econômicas da UFMG, sob a coordenação da professora Sibelle Diniz.

Duração: 30min