Início

De 1970 até os dias atuais, a Fundação Rodrigo Mello Franco de Andrade (FRMFA) tem atuado em colaboração com os setores públicos municipal, estadual e federal – este representado pelo Patrimônio Histórico e Artístico Nacional. Seus bens, dotados de valor histórico cultural e artístico, reúnem os seguintes imóveis em Tiradentes, que foram adquiridos pela Fundação, e nos anos de 1970 foram recuperados e restaurados, tendo em vista a sua preservação definitiva e a adaptação para novos usos:

  • Centro de Estudos e Biblioteca Miguel Lins e sede da Fundação em Tiradentes, onde hoje funciona a Casa de Cultura;
  • A antiga residência do inconfidente Padre Toledo, transformada no Museu Casa Padre Toledo;
  • Antiga Casa da Câmara, hoje cedida para a Câmara Municipal de Tiradentes.
  • Antiga Casa da Cadeia, onde funcionou o Museu de Arte Sacra Tancredo Neves, atualmente cedida para o Instituto Cultural Flávio Gutierrez para a instalação do Museu de Sant’Ana;

Em 1997, uma nova fase se iniciou na trajetória da Fundação Rodrigo Mello Franco em Tiradentes que, através de uma iniciativa de seus instituidores, transferiu para a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) a presidência do Conselho Curador da Fundação.

Em todos esses anos de funcionamento, a Fundação tem contribuído de forma sistemática para a recuperação e conservação do Patrimônio de Tiradentes, que congrega um registro histórico singular de fundamental importância para a compreensão da identidade e da memória nacional.

Os comentários estão encerrados.