• Home
  • |
  • Instituto
  • |
  • Acontece
  • |
  • Programas
  • |
  • Publicações
  • |
  • Contato
Ailton Krenak inicia suas atividades na Cátedra CALAS/IEAT

Esse mês de outubro, Ailton Krenak inicia seu período como catedrático da rede Calas na UFMG. A conferência, que inaugura o seu período na UFMG, intitula-se: “O potencial urbano da floresta e o devir selvagem da cidade”, e ocorrerá no dia 25 de outubro, segunda-feira, às 11h30min, com transmissão pelo canal do Youtube do IEAT. Os professores Roberto Monte-Mór (Cedeplar) e Ana Maria R. Gomes (FaE) são os anfitriões do Krenak em seu período como catedrático da rede CALAS na UFMG.

Sobre a conferência:

No Brasil, a história se fez e ainda se faz com a cidade se opondo à floresta. Uma matriz civilizatória baseada fundamentalmente, na devastação da floresta, na qual o “espírito citadino” seria predominante na formação nacional. Vivemos sobre ex-florestas, mas resistimos a pensar as cidades como ruínas florestais.

No entanto, a floresta, tanto a que espreita abaixo da cidade, quanto a que resiste para além de seus limites, mais que um bioma natural, hoje sabemos, é um artefato multiespécies coproduzido pelos povos da floresta em colaboração com os seres não humanos. É também uma metafísica, um regime de visibilidades, um espaço cosmopolítico e um modo de nutrir urbanidades de outras naturezas.

O encontro se propõe como um convite para investigar projetivamente de maneira colaborativa sobre o potencial urbano da floresta e o devir selvagem da cidade, tendo como base uma série de questões que já vem sendo previamente discutidas com Ailton Krenak, tais como: as noções de floresticidade, florestania e florestamento; os modos de produzir vidas das ruínas; a reselvagização e a metamorfose da cidade; os dilemas do Antropoceno, do cidadocentrismo e do humanismo exclusivista; a urbanização extensiva do território e o urbano como constelação de espaços de vida diferenciais e diferenciantes; as condições de habitabilidade em um planeta em emergência climática; a cura da terra e o cuidado com a Terra; projetos para adiar o fim do mundo.