• Home
  • |
  • Instituto
  • |
  • Acontece
  • |
  • Programas
  • |
  • Publicações
  • |
  • Contato
Programa Visita Internacional recebe o professor Christopher Pittenger

O professor Christopher Pittenger da Faculdade de Medicina da Universidade de Yale estará na UFMG na primeira semana de maio como convidado do programa Visita Internacional do IEAT. Na oportunidade, ele vai ministrar a conferência Psychedelic drugs: treatment studies, underlying neurobiology, and legal and sociological complications (Drogas psicodélicas: estudos de tratamento, neurobiologia subjacente e complicações legais e sociológicas) no dia 03 de maio, às 14 horas, no auditório 1 da Faculdade de Ciências Econômicas da UFMG.

CARTAZ_VISITA_INTERNACIONAL_CHRISTOPHERNo século XX, experiências de pesquisa com drogas psicodélicas, tanto em ambientes tradicionais quanto no estabelecimento médico, indicaram certos benefícios na utilização de tais substâncias para tratamentos sobre transtornos de humor e ansiedade. Contudo, a legislação nacional e internacional de controle de drogas na década de 1970 acabou interrompendo a maioria das pesquisas nesta área. Mais recentemente, especialmente nos últimos cinco anos, o interesse por essas drogas dentro do contexto médico acabou ganhando força, especialmente por conta do potencial terapêutico de algumas destas drogas. Neste contexto, a maior parte do trabalho científico recente tem sido com a psilocibina, mas os pesquisadores também estão examinando a Dietilamida do Ácido Lisérgico (LSD), a dimetiltriptamina (o principal componente psicodélico da ayahuasca) e outras moléculas.

Na conferência, o professor Christopher Pittenger vai abordar brevemente esta história, destacando os trabalhos recentes, com foco em estudos publicados sobre o tratamento da depressão e da ansiedade existencial no final da vida, além de abordar a sua própria pesquisa sobre o tratamento do transtorno obsessivo. Assim, ele pretende descrever o trabalho feito por seus colegas da Universidade de Yale para examinar os mecanismos pelos quais essas drogas afetam o cérebro, tanto de forma aguda quanto ao longo do tempo. Por fim, ele irá apresentar uma discussão sobre os principais desafios que o campo enfrenta, à medida que os pesquisadores buscam mesclar o conhecimento e experiência tradicionais com o rigor científico. Acredita-se que as drogas psicodélicas possam ser empregadas como terapias em larga escala nos próximos anos.

A palestra será ministrada em inglês, sem tradução simultânea. O evento é aberto ao público amplo mediante inscrição através deste link. Evento sujeito à lotação em função da capacidade do auditório (145 lugares). Haverá emissão de certificados.

A palestra é uma iniciativa do Instituto de Estudos Avançados Transdisciplinares da UFMG, com apoio do Programa de pós-graduação em Neurociências da UFMG.