• Home
  • |
  • Instituto
  • |
  • Acontece
  • |
  • Programas
  • |
  • Publicações
  • |
  • Contato
Palestra aborda a expedição científica Roosevelt-Rondon

No dia 13 de junho de 2022, Marc Meyers, Distinguished professor da Universidade da Califórnia, estará na UFMG para apresentar a palestra Rio da Dúvida: Revivendo a Jornada Épica na Amazônia de Roosevelt e Rondon em seu Centenário, na Sala de Seminários 1010 da Faculdade de Engenharia da UFMG, às 10h.

Haverá emissão de certificados para quem se inscrever pelo sistema Gestão de Eventos da UFMG. Sujeito à lotação em função da capacidade do auditório (50 lugares).

cartaz_VISITA_INTERNACIONAL_PALESTRA_MARC_VERA palestra vai abordar a viagem feita pelo professor Marc André Meyers, entre 2014 e 2015, que refaz o percurso da famosa expedição Roosevelt-Rondon. Iniciada em 1913, a expedição científica Roosevelt-Rondon contou com a participação do Marechal brasileiro Cândido Rondon e do ex-presidente dos Estados Unidos, Theodore Roosevelt. A histórica viagem do ex-presidente dos Estados Unidos pelo Brasil percorreu o longo curso do então chamado Rio da Dúvida, que fica localizado em áreas remotas da Bacia Amazônica. Segundo o professor Marc Meyers, a palestra pretende resgatar a história de Roosevelt e Rondon um século antes, mas também apresentar um resumo de sua jornada realizada pelos mesmos meios de transporte que a expedição original, como chalanas, mulas, caiaques, canoas e por percursos a pé.

“Na nossa trajetória superamos muitos perigos e atravessamos muitos territórios, como as regiões habitadas pelos povos indígenas Parecis, Nambiquaras e Cintas-largas. Na expedição foi possível observar as mudanças ambientais destes últimos cem anos e coletar importantes materiais biológicos, subsequentemente estudados por nossos estudantes de pós-graduação. Infelizmente, testemunhamos a triste destruição da floresta Amazônica e de seus habitantes.” – destaca Meyers.

Sobre o convidado
Formado em Engenharia Mecânica pela UFMG e doutor em Ciência dos Materiais pela Universidade de Denver (EUA), Marc André Meyers é ‘Distinguished Professor’ em Ciência dos Materiais na Universidade da Califórnia. Durante sua carreira ele desenvolveu projetos de pesquisa para as principais agencias financiadoras nos EUA nas áreas de comportamento dinâmico (incluindo explosivos), nanoestruturas e materiais biológicos. Os resultados de suas extensas pesquisas estão publicados em 500 trabalhos e quatro livros científicos. Recebeu importantes prêmios nos EUA (APS Shock Compression; TMS Mehl, Cohen, Weertman e Leadership; ASMInternational White, Sauveur; Acta Materialia  Materials and Society), Europa (Prêmios Senior Humboldt, Heyn da DGM, Rinehart da DYMAT, Grand Prix en Sciences do Luxemburgo), e China (Premio Lee Hsun do Instituto de Pesquisa de Metais). É Membro da Academia Brasileira de Ciências e da Academia Luxemburguesa (Istitut Grand Ducal).  É também autor de obras de ficção: A Dama e o Luxemburguês (D’amour et d’Acier, em tradução francesa), Yanomami, Chechnya Jihad, e Mayan Mars. Marc Meyers é Professor Colaborador do Instituto Militar de Engenharia e Segundo Tenente R/2, Arma de Engenharia. Participou em 1969 do Projeto Rondon/3 no Rio Purus.