Professora Sílvia Quinteiro (acervo pessoal)

Convidada do Programa Cátedras FUNDEP/IEAT, a professora Sílvia Quinteiro, da Universidade do Algarve, ministrará a conferência Palavras que desenham lugares: O poder da narrativa na construção do destino turístico, no dia 27 de junho de 2024, às 14 horas e 30 minutos no auditório do Instituto de Geociências (IGC) da UFMG.

As inscrições devem ser feitas pelo Sistema de Gestão de Eventos (GES) da UFMG, com emissão de certificado mediante assinatura da lista de presença.

A partir do conceito de storytelling, Sílvia Quinteiro falará do poder da narrativa, da forma como a História e/ou as histórias que se contam sobre um lugar condicionam a sua leitura. A catedrática tomará como exemplo o “Promontório de Sagres”, em Portugal, para demonstrar como é possível manipular o olhar do turista sobre um destino através da narrativa (com particular enfoque na literária). Demonstrando, assim, como condicionar a percepção de um lugar através da palavra pode ser uma forma de (re)criá-lo e (re)defini-lo enquanto lugar turístico.

Sobre a Catedrática

Sílvia Quinteiro (Ph.D. em Literatura Comparada) é Professora Coordenadora na Universidade do Algarve, Escola Superior de Gestão, Hotelaria e Turismo. É membro integrado do Centro de Investigação em Ciências e Artes da Comunicação – CIAC. Coordena o Grupo de Investigação em Literatura e Estudos Turismo: Lit&Tour (CIAC). Colabora com a Rede Entremeio e com o projeto LITESCAPE.PT Atlas das Paisagens Literárias de Portugal Continental. As suas áreas de investigação incluem a Literatura Comparada e a relação entre Literatura e Turismo. É autora e editora de várias publicações científicas. É Editora-Chefe da LIT&TOUR: International Journal of Literature and Tourism Research.

Ciclo IEAT 25 anos

A conferência é parte integrante do Ciclo IEAT 25 anos, uma série de eventos que tem como tema “Pavimentando o Futuro”, criada para celebrar os 25 anos do IEAT/UFMG.

Com base nesse tema, o Instituto propõe uma reflexão sobre o papel da transdisciplinaridade na construção de um futuro mais justo e sustentável. Este convite é dirigido, não só aos membros da comunidade universitária, mas a todos os interessados em explorar novas abordagens para os desafios contemporâneos, sejam eles de ordem científica, social, econômica ou ambiental.