O I Fórum sobre Saúde, Gênero e Empoderamento traz a proposta de discutir questões de gênero, sexualidade e etnia no contexto da saúde, provocando reflexões que não se limitem às especificidades biológicas. As diferentes e complexas realidades sociais que compõem nossa sociedade precisam ser incorporadas em nossas abordagens em saúde para que possamos oferecer um cuidado humanizado a todas e todos em sua diversidade, considerando as interseccionalidades que marcam a vida dos sujeitos.

A partir de uma perspectiva interdisciplinar, o evento pretende realizar debates em torno da saúde integral de populações marginalizadas e invisibilizadas. Vamos repensar e construir caminhos em conjunto para o acolhimento e atendimento de mulheres em situação de vulnerabilidade, lésbicas e bissexuais, negras e indígenas, população trans e travesti em suas especificidades, em busca de um cuidado em saúde mais inclusivo e que não propague violências, mas que aproxime essas pessoas do sistema de saúde.

Enquanto farmacêuticas, biomédicas e demais profissionais da saúde, entender as particularidades do cuidado para cada um desses grupos é de extrema importância para que sejamos capazes de avançar na construção de um sistema de saúde realmente integral e equânime, que não propague violências e preconceitos enraizados em nossa sociedade.

O evento é aberto a todas e todos que desejem discutir o tema e e contribuir com a construção de novos horizontes na saúde!

Inscrição para os dois dias: R$12,00
Estudantes assistidos pela FUMP (Nível 1) não pagam (selecionar opção correspondente de inscrição e apresentar comprovante no dia)

Inscreva-se: https://goo.gl/fj72GY

O evento ocorrerá em dois sábados: 18 e 25 de novembro de 2017.