A Raiva é uma emoção humana básica, um mecanismo de autopreservação. Ela existe para que possamos nos defender, todos nós sentimos raiva de vez em quando. O sentimento de raiva surge em reação a percepção (verdadeira ou errônea) de ter sido subjugado, agredido, desvalorizado ou inferiorizado por alguém. Este sentimento gera algumas sensações: inquietação, punhos cerrados, testa franzida, cerração dos dentes, pupilas dilatadas, taquicardia, músculos contraídos dentre outas.

A diferença entre uma pessoa refém da raiva e a pessoa que consegue estar consciente de suas emoções está no autoconhecimento, a capacidade de prestar atenção ao seu próprio corpo, suas emoções e pensamentos, podendo assim desenvolver novas atitudes de enfrentamento e resolver os conflitos de forma proporcional ao fato.

Ciclo da Raiva

Alerta

Quando a raiva trouxer prejuízos em qualquer esfera da sua vida profissional, pessoal, financeira, social é sinal de que a raiva já passou do limite da autodefesa e merece ser tratada com orientação de um especialista.