Em 2016, com a incorporação de novos profissionais ocupantes de cargos de nível superior  no quadro de servidores da PRAE, foi criado o Núcleo de Acompanhamento de Desenvolvimento Estudantil que conta com um corpo técnico administrativo formado por assistentes sociais, uma psicóloga, uma técnica em assuntos educacionais e um assistente administrativo. Este setor surge com a finalidade de colaborar na construção do projeto de ação da PRAE para a efetivação das políticas sob responsabilidade desta Pró-reitoria.

Objetivo Geral do Núcleo:

Contribuir com a PRAE com vistas à implementação de políticas institucionais que propiciem ao corpo discente da UFMG as condições de permanência, êxito no percurso formativo e conclusão de curso, bem como de desenvolvimento integral dos/as estudantes.

Ações desenvolvidas conforme eixos de atuação:

I Assessoria:

  1. Contribuir com o Conselho de Assuntos Estudantis com o conhecimento técnico em temas pertinentes à área de atuação do Núcleo.
  2. Colaborar na articulação institucional com a FUMP, Pró-reitorias e demais  órgãos internos e externos à UFMG, visando o apoio à formação  acadêmica integral.
  3. Participar da elaboração, coordenação e avaliação dos projetos e das ações demandadas pelas diretorias da PRAE

II Acompanhamento do corpo discente:

  1. Realizar estudos/pesquisas com a finalidade de analisar os índices e condições de permanência/evasão na instituição.
  2. Estimular a interlocução entre os setores envolvidos nos índices crítico.
  3. Propor a criação de programas, projetos e ações complementares àqueles   já existentes na instituição que garantam o acesso, permanência       e conclusão de cursos dos/as estudantes da UFMG.
  4. Estabelecer parcerias com o DRCA, FUMP e colegiados com o objetivo de acompanhar o desenvolvimento da vida acadêmica dos/as estudantes assistidos pela política de assistência estudantil, com prioridade para aqueles que ingressaram na UFMG por meio de políticas de ação
  5. Participar no Observatório.

III Acompanhamento do/a discente:

  1. Acolher/orientar individual ou coletivamente os/as estudantes acerca de seus direitos  e deveres.
  2. Encaminhar os/as estudantes a instâncias que disponibilizam serviços e recursos sociais disponíveis na instituição, bem como a         instituições externas que executam políticas públicas.

IV Acompanhamento em Saúde mental:

  1. Orientar o corpo discente sobre o acesso aos serviços que compõem a Rede de Saúde Mental da UFMG, Rede de Atenção à Saúde Mental pública e privada.
  2. Colaborar com a criação de instrumentos que visem disseminar as Informações em Saúde Mental.