• O novo Regimento da Rede de Museus foi aprovado pela Câmara de Extensão da Proex em 5 de abril de 2016. A principal novidade é a instituição do Núcleo Integrador, órgão de assessoria técnico-científica.

     

    Confira, abaixo, a composição do Núcleo Integrador e as suas normas de funcionamento.

     

    Extroversão de Acervos
    Luiz Henrique Assis Garcia (ECI - Curso de Museologia)

    Ação Educativa
    Jezulino Lúcio Mendes Braga (ECI - Curso de Museologia)
    Flávia Santos Faria (Museu de História Natural e Jardim Botânico)
    Marcus Marciano Gonçalves da Silveira (Rede de Museus)

    Tratamento de Acervos
    Rita Lages Rodrigues (EBA - Curso de Conservação e Restauro)
    Adalson de Oliveira Nascimento (ECI - Curso de Arquivologia)
    Antônio Afonso Pereira Júnior (Centro de Estudos Literários e Culturais - Acervo de Escritores Mineiros)
    Jussara das Graças Miranda Delfino (Biblioteca Universitária)
    Diná Marques Pereira Araújo (Divisão de Coleções Especiais e Obras Raras da Biblioteca Universitária)

    Comunicação e Público
    Eliane Cristina (ECI - Curso de Museologia)
    Verona Campos Segantini (EBA - Curso de Museologia)

    Gestão da Informação
    Ana Martins Panisset (ECI - Curso de Museologia)
    Ana Paula Soares Pacheco (ECI - Curso de Museologia)
    Antônio Augusto (Museu de História Natural e Jardim Botânico)
    Giulia Villela Giovanni (EBA - Departamento de Artes Plásticas)

     

     

    Normas de Funcionamento do Núcleo Integrador
    Diretrizes propostas pela comissão nomeada na última reunião do Conselho Coordenador da Rede de Museus.
     
    O que é o Núcleo Integrador?

    O Núcleo Integrador é um órgão de assessoria técnico-científica da Rede de Museus com representação assegurada no Conselho Coordenador da Rede de Museus.


    Quais são suas atribuições?

    São atribuições do Núcleo Integrador:

    1. Promover pesquisa e boas práticas nas seguintes áreas de atuação: a) Ação Educativa; b) Comunicação e Público; c) Extroversão de Acervos; d) Gestão da Informação; e) Tratamento de Acervos (arquivísticos, museológicos e bibliográficos);

    2. Assessorar o Conselho Coordenador da Rede de Museus;

    3. Propor políticas e elaborar projetos a serem submetidos à aprovação do Conselho Coordenador, visando à captação de recursos junto a instituições de fomento e à formalização de acordos e convênios com entes públicos e privados;

    4. Promover a integração entre a Rede de Museus e as atividades de ensino, pesquisa e extensão da UFMG.

    Qual é a estrutura, quem são os componentes, quais as suas atribuições específicas, como são escolhidos?
     
    1. O Núcleo Integrador é constituído por:
    a) Servidores ativos do corpo técnico-científico lotado na Rede de Museus;
    b) Servidores ativos da UFMG com expertise reconhecida e nomeação aprovada pelo Conselho Coordenador da Rede de Museus.
     
    2. Compete aos membros do Núcleo Integrador a articulação de Grupos de Trabalho em função das demandas de atuação em rede.

    3. O Núcleo Integrador é constituído por, no máximo, quinze membros, havendo a designação de, no mínimo, cinco membros.
     
    4. Os mandatos dos membros do Núcleo Integrador são de dois anos, com direito a recondução.

    5. Os membros do Núcleo Integrador devem eleger, a cada dois anos, titular e suplente para o exercício de representação no Conselho Coordenador da Rede de Museus.


    Do funcionamento dos Grupos de Trabalho

    1. Os Grupos de Trabalho constituídos pelo Núcleo Integrador devem elaborar projetos e planos de trabalho a serem aprovados pelo Conselho Coordenador da Rede de Museus antes de serem implementados ou submetidos à apreciação por instâncias externas à Rede de Museus.

    2. Os Grupos de Trabalho do Núcleo Integrador possuem autonomia para se articular conforme as demandas inerentes ao seu funcionamento interno.

    3. As propostas elaboradas pelos Grupos de Trabalho são encaminhadas ao Conselho Coordenador da Rede de Museus pelo representante eleito do Núcleo Integrador (ou seu suplente).

     

     

     

A Rede nas redes sociais