Instruções aos Candidatos Selecionados na 5ª Chamada da Lista de Espera – 1ª Edição 2020

CALOURO UFMG 2020: SEJA BEM-VINDO!

 

Queremos parabenizá-lo pela sua seleção e recomendar que leia com muito cuidado e atenção a íntegra das presentes instruções, pois elas têm por objetivo orientá-lo a assegurar a sua vaga na UFMG.

 

TODOS os candidatos selecionados para a 5ª Chamada da Lista de Espera, deverão efetuar seu registro acadêmico, via internet, com upload da documentação obrigatória do dia 27 de julho de 2020 até as 23 horas e 59 minutos (horário oficial de Brasília) do dia 29 de julho de 2020.
O procedimento obrigatório de apresentação de documentos do registro acadêmico e a matrícula inicial em atividades acadêmicas curriculares dos candidatos classificados no Processo Seletivo SISU – Primeira Edição de 2020, será realizado, via internet, conforme previsto no ato de retificação do edital do processo seletivo para acesso aos cursos presenciais de graduação da UFMG em 2020 pelos candidatos selecionados por meio do SISU com base no resultado do ENEM.

 

ATENÇÃO

  • I – Os candidatos que estiverem concorrendo à modalidade vaga reservada de pessoas com deficiência serão submetidos a análise obrigatória feita pela Banca de Verificação e Validação.
  • II – Os candidatos que estiverem concorrendo à modalidade vaga reservada destinada aqueles que se autodeclaram negros (pretos ou pardos) serão submetidos a procedimento de heteroidentificação, realizado por Comissão designada pela Reitoria da UFMG (clique aqui para mais informações)
  • III – O procedimento de verificação e validação da condição de deficiência, bem como o procedimento de heteroidentificação, serão realizados obrigatoriamente com a presença do candidato que deverá comparecer pessoalmente, de acordo com a escala de atendimento, para confirmação da condição declarada, não podendo se fazer representar por procuração, correspondência ou qualquer meio digital.
  • IV – Os candidatos menores de 18 (dezoito) anos, no momento de prática de atos presenciais e formais, sejam eles emissão de declarações, assinaturas, e/ou quaisquer outros correlatos, inclusive nas avaliações para candidatos de modalidades de reserva de vagas, devem necessariamente contar com a participação e presença do responsável legal em caso de menor de 16 anos ou anuência formal de seu representante legal para aqueles maiores de 16 e menores de 18 anos, nos termos do Código Civil.
  • V – O representante legal é aquele a quem a lei confere poderes, como o pai, mãe, ou aquele que possui a guarda em relação a menor. O representante legal do candidato menor de 16 anos deverá estar presente a todos os atos do procedimento presencial obrigatório de entrega de documentos e matrícula. Já o representante legal do candidato maior de 16 anos e menor de 18 anos deverá preencher declaração de anuência (Clique aqui para acessar o formulário).
  • VI – O candidato que, em virtude da pandemia de Covid-19, não puder comparecer a qualquer ato presencial dos procedimentos de registro acadêmico e matrícula inicial poderá optar pela não entrada no semestre para o qual foi classificado para ocupar vaga, conforme item 6.9.1 do Edital do Processo Seletivo.
  • VII – O candidato que, enquanto perdurar a pandemia de Covid-19, optar por comparecer ao procedimento de verificação e validação da condição de deficiência ou ao procedimento de Heteroidentificação deverá, obrigatoriamente, seguir o protocolo de segurança e saúde que será divulgado posteriormente na página www.ufmg.br/sisu.
  • VIII – Perderá o direito à vaga no curso o candidato que incorrer em quaisquer das seguintes situações:
  • a) Não efetuar o registro acadêmico, via internet, com upload da documentação obrigatória, disponível no sistema da UFMG na página www.ufmg.br/sisu do dia 27 de julho de 2020 até as 23 horas e 59 minutos (horário oficial de Brasília) do dia 29 de julho de 2020;

      • b) Deixar de apresentar a documentação completa exigida, na forma estabelecida pela UFMG. Por isso, recomenda-se aos candidatos que providenciem todos os documentos com antecedência;
      • c) Não comparecer a qualquer ato presencial dos procedimentos de registro acadêmico e matrícula inicial sem ter optado pela não entrada no semestre para o qual foi classificado para ocupar vaga;
      • d) Se recusar a seguir o protocolo de segurança e saúde quando comparecer ao procedimento de verificação e validação da condição de deficiência ou ao procedimento de Heteroidentificação, , enquanto perdurar a pandemia de Covid-19;
      • e) Não cumprir os requisitos para a modalidade de vaga escolhida.

       

      AGENDA DO CALOURO 2020 – 5ª CHAMADA DA LISTA DE ESPERA

      20 de julho a 23 de julho

      Período para opção de ano/semestre de entrada dos candidatos que não puderem comparecer a um dos procedimentos presenciais, em virtude da pandemia de Covid-19.

      24 de julho

      Divulgação da escala de atendimento dos procedimentos presenciais de verificação e validação da condição de deficiência e de heteroidentificação (candidatos que não fizeram a opção de mudança de ano/semestre de entrada).

      27 de julho a 29 de julho

      Registro Acadêmico, via internet, com upload da documentação obrigatória pelos selecionados na 5ª Chamada da Lista de Espera, na página www.ufmg.br/sisu

      28 a 30 de julho

      Procedimento presencial de verificação e validação da condição de deficiência e de heteroidentificação, conforme escala de atendimento.

      30 de julho

      Envio, por email, do comprovante de matrículapara os candidatos de modalidade ampla concorrência.

      31 de julho

      Divulgação da relação de Registros e Matrículas confirmados na modalidade de vagas reservadas.

      03 de agosto

      Envio, por email, do comprovante de matrícula para os candidatos de modalidade vaga reservada que tiveram o seu registro acadêmico confirmado.

           

          Os procedimentos para o Registro Acadêmico e Matrícula obedecerão as seguintes normas:

          1. OPÇÃO DE ANO/SEMESTRE DE ENTRADA

          O candidato que, em virtude da pandemia de Covid-19, não puder comparecer a qualquer ato presencial dos procedimentos de registro acadêmico e matrícula inicial poderá optar pela não entrada no semestre para o qual foi classificado para ocupar vaga tendo, no entanto, que se submeter a estes procedimentos em data futura o que ensejará o seu registro acadêmico e matrícula inicial em semestre letivo imediatamente subsequente.

          • Candidatos aprovados em curso cuja entrada ocorra apenas no primeiro semestre terão seu ingresso no primeiro semestre de 2021, caso optem por se submeter aos procedimentos presenciais de registro acadêmico e matrícula inicial em semestre posterior para o qual foi classificado.

          O período para opção de ano/semestre de entrada será do dia 20 ao dia 23 de julho de 2020. O DRCA efetuará o envio do formulário, por email, que deverá ser preenchido pelos candidatos que optarem pela alteração do semestre de entrada.

          Obs: O candidato que optar pela não entrada no semestre para o qual foi classificado também deverá efetuar o registro acadêmico, via internet, bem como o upload da documentação obrigatória..

           

          2. REGISTRO ACADÊMICO

          O Registro Acadêmico é um ato acadêmico obrigatório a ser realizado pelos candidatos selecionados para a ocupação da vaga obtida no SISU/UFMG 2020. Por meio do Registro Acadêmico, os candidatos selecionados fornecem à UFMG, para cadastro, os seus dados pessoais e acadêmicos, entre outros.

          Para realizá-lo, os candidatos selecionados deverão:

          2.1 Efetuar obrigatoriamente o Registro Acadêmico, via internet, exclusivamente, na página www.ufmg.br/sisu, do dia 27 de julho de 2020 até as 23 horas e 59 minutos (horário oficial de Brasília) do dia 29 de julho de 2020. Para acessar o Registro Acadêmico, via internet, é necessário utilizar seu número de CPF e a sua data de nascimento.

          2.2 Apresentar obrigatoriamente os seguintes documentos, que deverão ser anexados em formato digital no momento do registro acadêmico, via internet, ou preenchidos:

           

          Documentação para todos os candidatos selecionados:

          • Certificado de Conclusão do Ensino Médio, ou de ensino equivalente;
          • Histórico Escolar do Ensino Médio (no caso de candidato selecionado na modalidade vaga reservada, no Histórico Escolar deverá constar a comprovação de ter cursado todo o ensino médio em escola pública brasileira);
          • Documento de Identidade (no caso de candidato estrangeiro, Cédula de Identidade expedida pela Polícia Federal, ou passaporte, com Visto Temporário de estudante válido);
          • Documento que comprove a quitação com as obrigações eleitorais; (clique aqui para emitir a certidão de quitação eleitoral);
          • Documento que comprove a quitação com as obrigações do serviço militar, para o candidato do sexo masculino maior de 18 anos (a partir de 46 anos o candidato está dispensado da apresentação do documento);
          • CPF(clique aqui para emitir o comprovante de inscrição no CPF);
          • Declaração de que não ocupa vaga em curso de graduação, em outra instituição pública de ensino superior brasileiraLei 12.089/2009 (formulário online que deve ser preenchido no momento do registro acadêmico, via internet);
          • Declaração de anuência preenchida e assinada e cópia da identidade do responsável legal ou em caso de guarda permanente, cópia da certidão averbada (somente para candidatos menores de 18 anos) ; (clique aqui para acessar o formulário).

          Os candidatos selecionados para as vagas de ampla concorrência que tiverem concluído o Ensino Médio no exterior deverão apresentar, em substituição ao Certificado de Conclusão do Ensino Médio e ao Histórico Escolar, o Parecer de Equivalência de Estudos emitido por Secretaria de Estado da Educação.

          Os candidatos selecionados para as vagas de ampla concorrência, que forem ex-alunos da UFMG e ingressaram na UFMG a partir de 1991, poderão apresentar o Histórico Escolar de graduação original e oficial expedido pela Unidade Acadêmica (Faculdade/Escola/Instituto) em substituição ao Certificado de Conclusão do Ensino Médio e ao Histórico Escolar.

           

          Documentação específica para os candidatos selecionados na modalidade vaga reservada

          • Declaração de que não cursou, em nenhum momento, parte do ensino médio em escola particular (somente para candidatos selecionados na modalidade vaga reservada que tenham obtido certificado de conclusão com base no resultado do Exame Nacional do Ensino Médio – ENEM, do Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos – ENCCEJA ou de exames de certificação de competência ou de avaliação de jovens e adultos realizados pelos sistemas estaduais de ensino. (formulário online que deve ser preenchido no momento do registro acadêmico, via internet).

           

          I – Candidatos autodeclarados negros (pretos ou pardos) ou indígenas, com deficiência e com renda familiar bruta mensal igual ou inferior a 1,5 salário mínimo per capita, que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas brasileiras (Lei 12.711/2012):

        • Comprovantes de renda do núcleo familiar do candidato, de acordo com as informações prestadas no ato da inscrição no Sisu (uma cópia). Ver Anexo II do Edital;
        • Autodeclaração de pessoa com deficiência (formulário online que deve ser preenchido no momento do registro acadêmico, via internet).
        • Carta consubstanciada para aquele candidato que se autodeclara negro (preto ou pardo) ou indígena (formulário online que deve ser preenchido no momento do registro acadêmico, via internet).
        • Declaração de sua respectiva comunidade indígena sobre sua condição de pertencimento étnico, assinada por pelo menos 3 (três) lideranças reconhecidas (somente para aquele autodeclarado indígena). (clique aqui para acessar o formulário)
           

          II – Candidatos com deficiência e com renda familiar bruta mensal igual ou inferior a 1,5 salário mínimo per capita, que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas brasileiras (Lei 12.711/2012):

        • Instruções para o preenchimento dos formulários para análise socioeconômica. (Clique aqui para acessar as instruções).
        • Comprovantes de renda do núcleo familiar do candidato, de acordo com as informações prestadas no ato da inscrição no Sisu (uma cópia). Ver Anexo II do Edital;
        • Autodeclaração de pessoa com deficiência (formulário online que deve ser preenchido no momento do registro acadêmico, via internet).
           

          III – Candidatos autodeclarados negros (pretos ou pardos) ou indígenas e com renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 salário mínimo que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas brasileiras (Lei 12.711/2012):

        • Instruções para o preenchimento dos formulários para análise socioeconômica. (Clique aqui para acessar as instruções).
        • Comprovantes de renda do núcleo familiar do candidato, de acordo com as informações prestadas no ato da inscrição no Sisu (uma cópia). Ver Anexo II do Edital;
        • Carta consubstanciada para aquele candidato que se autodeclara negro (preto ou pardo) ou indígena (formulário online que deve ser preenchido no momento do registro acadêmico, via internet).
        • Declaração de sua respectiva comunidade indígena sobre sua condição de pertencimento étnico, assinada por pelo menos 3 (três) lideranças reconhecidas (somente para aquele autodeclarado indígena). (clique aqui para acessar o formulário)
           

          IV – Candidatos com renda familiar bruta per capita igual ou inferior a 1,5 salário mínimo que tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas brasileiras (Lei 12.711/2012):

        • Instruções para o preenchimento dos formulários para análise socioeconômica. (Clique aqui para acessar as instruções).
        • Comprovantes de renda do núcleo familiar do candidato, de acordo com as informações prestadas no ato da inscrição no Sisu (uma cópia). Ver Anexo II do Edital;
           

          V – Candidatos autodeclarados negros (pretos ou pardos) ou indígenas e com deficiência que, independentemente da renda, tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas brasileiras (Lei 12.711/2012):

        • Autodeclaração de pessoa com deficiência (formulário online que deve ser preenchido no momento do registro acadêmico, via internet).
        • Carta consubstanciada para aquele candidato que se autodeclara negro (preto ou pardo) ou indígena (formulário online que deve ser preenchido no momento do registro acadêmico, via internet).
        • Declaração de sua respectiva comunidade indígena sobre sua condição de pertencimento étnico, assinada por pelo menos 3 (três) lideranças reconhecidas (somente para aquele autodeclarado indígena). (clique aqui para acessar o formulário)
           

          VI – Candidatos com deficiência que, independentemente da renda, tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas brasileiras (Lei 12.711/2012):

        • Autodeclaração de pessoa com deficiência (formulário online que deve ser preenchido no momento do registro acadêmico, via internet).
           

          VII – Candidatos autodeclarados negros (pretos ou pardos) ou indígenas, que independentemente da renda (art. 14.II, Portaria Normativa nº 18/2012), tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas brasileiras (Lei 12.711/2012):

        • Carta consubstanciada para aquele candidato que se autodeclara negro (preto ou pardo) ou indígena (formulário online que deve ser preenchido no momento do registro acadêmico, via internet).
        • Declaração de sua respectiva comunidade indígena sobre sua condição de pertencimento étnico, assinada por pelo menos 3 (três) lideranças reconhecidas (somente para aquele autodeclarado indígena). (clique aqui para acessar o formulário)
           

          VIII – Candidatos, que independentemente da renda, tenham cursado integralmente o ensino médio em escolas públicas brasileiras (Lei 12.711/2012):

        • Ver documentação para todos os candidatos classificados.

           

          3. MATRÍCULA E APROVEITAMENTO DE ESTUDOS

          A efetivação da matrícula é um ato acadêmico também obrigatório a ser realizado pelos candidatos selecionados, para a ocupação da vaga. A matrícula será realizada em todas as atividades acadêmicas obrigatórias do 1º período curricular do curso, na mesma data, horário e local do procedimento presencial de apresentação de documentos do Registro Acadêmico.

          3.1 Os candidatos interessados em dispensa de disciplina(s), aproveitando-se de estudos anteriores em Instituição de Ensino Superior, deverão, após receberem o comprovante de matrícula, protocolizar os requerimentos nos Colegiados dos Cursos para os quais foram selecionados, apresentando o histórico escolar e os programas das disciplinas cursadas, fornecidos pela Instituição de origem.

          3.2 Os candidatos que obtiverem a dispensa de disciplinas por aproveitamento de estudos deverão efetuar a reformulação de sua matrícula nos Colegiados dos Cursos.

           

          4. USO DO NOME SOCIAL NA UFMG

          Os candidatos que desejarem requerer o uso do nome social no âmbito da UFMG, nos termos da Resolução 09 /2015 de 07 de julho de 2015, deverão preencher o requerimento e encaminhá-lo ao endereço eletrônico duvida@drca.ufmg.br acompanhado da cópia do seu documento de identidade.

           

          5. LOCAIS PARA ATENDIMENTO DOS PROCEDIMENTOS PRESENCIAIS DE VERIFICAÇÃO E VALIDAÇÃO DA CONDIÇÃO DE DEFICIÊNCIA E DE HETEROIDENTIFICAÇÃO

          Cursos sediados em Belo Horizonte

          CENTRO DE ATIVIDADES DIDÁTICAS I – Avenida Antônio Carlos, 6627 – Campus Pampulha – Belo Horizonte – Minas Gerais

          Cursos sediados em Montes Claros

          INSTITUTO DE CIÊNCIAS AGRÁRIAS (ICA) – UFMG – Avenida Universitária, 1000 – Campus Regional de Montes Claros – Bairro Universitário – Montes Claros – Minas Gerais