Fique Atento: Informações referentes ao contexto da pandemia são disponibilizados no site Coronavírus da UFMG.

Plano para o retorno presencial na UFMG

Desde o início da pandemia, a UFMG não tem medido esforços para combater os seus efeitos sanitários, sociais e econômicos. A universidade nunca parou e as atividades essenciais ao seu funcionamento, assim como aquelas não adaptadas ao modo remoto, permaneceram na forma presencial, observando-se os protocolos de biossegurança e as recomendações das autoridades sanitárias.

Em 23 de agosto de 2021, a Prefeitura de Belo Horizonte autorizou o retorno de atividades presenciais no ensino superior. Considerando a análise do cenário epidemiológico e o avanço da vacinação, foi autorizado o início da Etapa 2, a partir de 13 de setembro de 2021, com 40% de ocupação dos espaços e distanciamento de 1,5 metro entre as pessoas, sendo mantidas as demais medidas preventivas e de monitoramento já existentes.

Acesse o Plano para o retorno presencial na UFMG, de 10 de setembro de 2021.

Biossegurança nos campi

Com base no conhecimento disponível até o momento, sabemos que o SARS-CoV2 fará parte de nosso “repertório” de vírus respiratórios por muito tempo e teremos que nos habituar às medidas de prevenção não farmacológicas. Tais medidas são importantes para controlar a epidemia, sendo capazes de reduzir a taxa de transmissão do vírus.

Conheça o Protocolo de Biossegurança, Adequação do Espaço Físico e Monitoramento da Covid-19 na UFMG.