Universidade Federal de Minas Gerais

Fotos: Jorge Alves / ICA
mesa%20montes%20claros.JPG
O vice-diretor do ICA, Helder Augusto dos Anjos, o reitor, Jaime Ramirez, o diretor do ICA, Leonardo David Tuffi Santos, e o pró-reitor de Pesquisa Ado Jorio


Campus Montes Claros abre semestre letivo com reflexão sobre as fronteiras do conhecimento

terça-feira, 14 de março de 2017, às 12h53

O limite do conhecimento é um intervalo aberto, que continua em expansão à medida que o ser humano faz novas descobertas. Esse foi um dos aspectos abordados pelo pró-reitor de Pesquisa da UFMG, Ado Jorio, durante palestra proferida nesta segunda-feira, 13, na cerimônia de abertura do ano letivo, no campus regional de Montes Claros.

Segundo ele, as fronteiras do conhecimento se escoram em três grandes limites: “o muito pequeno”, “o muito grande” e o “muito complexo”.

O primeiro limite pode ser exemplificado pelas dimensões ocultas. “Existe uma teoria, segundo a qual para descrever o tecido que existe no espaço-tempo, são necessárias 11 dimensões, que formam uma estrutura muito pequena, complexa, que não somos capazes de enxergar”, afirma.

Como só enxergamos três dimensões, disse Jorio, as oito restantes estariam envoltas entre si e corresponderiam a uma escala de 10-35. Para se ter uma ideia dessa grandeza, basta colocar 34 zeros à esquerda do número 1. Desse total, o homem já teria descoberto a escala de 10-10 metros, o correspondente ao tamanho do átomo.

Já o “muito grande” diz respeito à área total do Universo que corresponderia a uma escala de 1026 metros, que pode ser representada pelo número 10 seguido de 25 zeros. Ainda comparando os limites do conhecimento com os níveis alcançados até o momento, o ser humano teria descoberto cerca de 1010 metros dessa trajetória, o equivalente à distância até Marte – planeta para o qual foi enviada uma sonda. Já a forma de tratar “o muito complexo” teria cerca de 10-6 metros, correspondente à ordem de uma célula.

Interdisciplinaridade
Questionado sobre a preocupação em relação aos impactos da nanociência sobre os seres vivos, uma vez que as nanoestruturas são menores do que a membrana da célula, podendo, assim, atravessar esse “anteparo” e alcançar estruturas microbiológicas de humanos, animais e plantas, o professor Ado Jorio respondeu que é enorme o potencial de aplicações desse ramo nas áreas de biológicas. Ele ressaltou ainda que essa interdisciplinaridade só pode ser alcançada quando profissionais de diferentes áreas lançam olhar sobre o mesmo problema.

Um exemplo dessa capacidade de trabalho interdisciplinar foi dado pelo reitor Jaime Ramirez, que mencionou estudo, do qual fez parte, que envolvia pesquisadores das escolas de Engenharia e Veterinária e do ICB. Seu objetivo era regular a entrada e saída de substâncias no interior da célula, exatamente o tema abordado em questionamentos feitos ao pró-reitor de Pesquisa.

“A interdisciplinaridade possibilitou que engenheiros, biólogos e veterinários trabalhassem juntos e alcançassem resultados em um tema complexo. O mundo não possui fronteiras no que se refere a até onde o conhecimento pode nos levar”, disse Ramírez.

Perpetuar valores
Em seu discurso de abertura do ano letivo, o reitor Jaime Ramírez fez menção aos 90 anos da UFMG, que serão completados em setembro de 2017. “A Universidade Federal de Minas Gerais figura entre as melhores instituições do país devido aos esforços, de cada geração, em seguir adiante e produzir com qualidade. Vocês, novos estudantes, têm a responsabilidade de perpetuar esses valores e se prepararem para ser profissionais sempre melhores”, ressaltou.

O diretor do Instituto de Ciências Agrárias, professor Leonardo David Tuffi Santos, também deu boas-vindas aos calouros. “O campus regional Montes Claros e o Instituto de Ciências Agrárias se orgulham dos novos ingressantes de nossa comunidade acadêmica. A Reitoria e o campus de Montes Claros elaboraram uma programação de recepção para apresentar a UFMG a vocês”, disse ele, destacando que a direção da Universidade e o próprio ICA repudiam qualquer ato que leve ao trote violento, constrangimento ou desrespeito com os estudantes.

A cerimônia de abertura do ano letivo no ICA reuniu o reitor Jaime Ramirez, o diretor do Instituto de Ciências Agrárias, Leonardo David Tuffi Santos, o vice-diretor Helder Augusto dos Anjos e o pró-reitor de Pesquisa da UFMG, Aldo Jorio.

ado%20montes%20claros%20-%20jorge%20alves%20-%20ica.JPG
Ado Jorio: onze dimensões no tecido existente no espaço-tempo

(Assessoria de Comunicação do campus Montes Claros)

24/jul, 6h23 - Próxima edição do Filosofia na Praça tem democracia como tema

24/jul, 6h22 - Carteira única da UFMG passa a ser utilizada para entrada no Centro Esportivo Universitário

24/jul, 6h21 - Pedidos de assistência estudantil na UFMG passam a ser feitos apenas pela internet

21/jul, 11h36 - UFMG divulga escala de atendimento e instruções para registro de calouros

21/jul, 6h20 - 'Ruptura', evento de competição de projetos, recebe inscrições até o dia 27

21/jul, 6h16 - Espaço do Conhecimento promove sessões de contação de histórias e brincadeiras antigas

20/jul, 9h11 - Nescon abre 54 vagas temporárias de trabalho para profissionais de saúde

20/jul, 8h59 - Vídeo projetado na Praça da Liberdade resgata ‘discos e esquinas’ de grupo musical mineiro

20/jul, 8h57 - Campanha da Biblioteca Universitária pede dicas para compor acervo do Espaço de Leitura

19/jul, 22h40 - Encontro com delegação da Alemanha encaminha criação de novo programa internacional de cátedras

19/jul, 6h30 - Conjunto de 'planetas do saber', Sistema de Bibliotecas tem história resgatada em exposição na Reitoria

19/jul, 6h25 - Simpósio sobre eletrofisiologia celular, agendado para agosto, no ICB, recebe resumos e inscrições

19/jul, 6h07 - Intervenção teatral promove ‘encontro com cientistas’ no Espaço do Conhecimento

18/jul, 14h46 - Academia Brasileira de Ciências vai diplomar novos membros nesta quarta

18/jul, 10h49 - Boletim destaca 50 anos de criação do Festival de Inverno

Classificar por categorias (30 textos mais recentes de cada):
Artigos
Calouradas
Conferência das Humanidades
Destaques
Domingo no Campus
Eleições Reitoria
Encontro da AULP
Entrevistas
Eschwege 50 anos
Estudante
Eventos
Festival de Inverno
Festival de Verão
Gripe Suína
Jornada Africana
Libras
Matrícula
Mostra das Profissões
Mostra das Profissões 2009
Mostra das Profissões e UFMG Jovem
Mostra Virtual das Profissões
Notas à Comunidade
Notícias
O dia no Campus
Participa UFMG
Pesquisa
Pesquisa e Inovação
Residência Artística Internacional
Reuni
Reunião da SBPC
Semana de Saúde Mental
Semana do Conhecimento
Semana do Servidor
Seminário de Diamantina
Sisu
Sisu e Vestibular
Sisu e Vestibular 2016
UFMG 85 Anos
UFMG 90 anos
UFMG, meu lugar
Vestibular
Volta às aulas

Arquivos mensais:
julho de 2017 (104)
junho de 2017 (171)
maio de 2017 (192)
abril de 2017 (133)
março de 2017 (205)
fevereiro de 2017 (142)
janeiro de 2017 (109)
dezembro de 2016 (108)
novembro de 2016 (141)
outubro de 2016 (229)
setembro de 2016 (219)
agosto de 2016 (188)
julho de 2016 (176)
junho de 2016 (213)
maio de 2016 (208)
abril de 2016 (177)
março de 2016 (236)
fevereiro de 2016 (138)
janeiro de 2016 (131)
dezembro de 2015 (148)
novembro de 2015 (214)
outubro de 2015 (256)
setembro de 2015 (195)
agosto de 2015 (209)
julho de 2015 (184)
junho de 2015 (225)
maio de 2015 (248)
abril de 2015 (215)
março de 2015 (224)
fevereiro de 2015 (170)
janeiro de 2015 (156)
dezembro de 2014 (163)
novembro de 2014 (245)

Expediente