Universidade Federal de Minas Gerais

Café Controverso deste sábado debate o papel da arte no tratamento da loucura

sexta-feira, 19 de maio de 2017, às 5h41

Entre a realidade e o delírio, a arte se impõe como espaço de expressão e encontro com a subjetividade. É por meio dela que pessoas com sofrimento mental encontram recursos para ultrapassar as barreiras do estigma e do preconceito. As palavras vão dando sentido ao caos, as pinceladas conferem cores e formas aos sentimentos, e os movimentos do corpo impulsionam novas possibilidades de existência no mundo.

Com esse mote, a edição deste sábado do Café Controverso, do Espaço do Conhecimento UFMG, discute O que é, o que não é arte? no contexto da semana de luta antimanicomial. Lucia Castelo Branco, escritora, psicanalista e professora da Faculdade de Letras da UFMG, e Wesley Simões, artista visual, ator e diretor teatral, são os convidados do evento, que será realizado a partir das 11h, na Cafeteria do Espaço do Conhecimento UFMG.

As expressões artísticas dos chamados loucos, além de tensionarem os limites do que pode ou não ser considerado arte, também cumprem papel importante na conquista pelo tratamento em liberdade. O foco deixa de ser o diagnóstico e passa a ser a possibilidade de convívio e inserção social dos portadores de sofrimento mental.

No entanto, não se trata de perspectiva curativa, como esclarece a psicanalista e professora Lúcia Castello Branco. “O curar não é no sentido de erradicar o sofrimento, mas, sim, de direcioná-lo para algum objeto, conferindo dignidade à pessoa”, explica. Há 26 anos, a pesquisadora está à frente de projeto que deu origem às oficinas Práticas da Letra, desenvolvidas em hospitais e clínicas psiquiátricas de Belo Horizonte.

Parte do trabalho foi registrada no livro Coisa de louco, publicado em 1998. Atualmente, Lúcia Castello Branco está finalizando a segunda parte da obra, que sistematiza a produção dos últimos 25 anos.

Wesley Simões trabalhou na promoção de oficinas de arte durante duas décadas no projeto de saúde mental da Prefeitura de Belo Horizonte. Ele conta que a experiência foi renovadora na sua formação de artista e cidadão. “É uma forma de tratar não só artística, mas também politicamente, as pessoas portadoras de sofrimento mental. Trata-se de entender as diferenças, valorizando o potencial criativo de cada indivíduo e reconhecendo sua capacidade de gerir a própria vida”, explica Simões.

O Espaço do Conhecimento UFMG fica na Praça da Liberdade, 700, Funcionários.

(Com Assessoria de Comunicação do Espaço do Conhecimento UFMG).

21/jul, 11h36 - UFMG divulga escala de atendimento e instruções para registro de calouros

21/jul, 6h20 - 'Ruptura', evento de competição de projetos, recebe inscrições até o dia 27

21/jul, 6h16 - Espaço do Conhecimento promove sessões de contação de histórias e brincadeiras antigas

20/jul, 9h11 - Nescon abre 54 vagas temporárias de trabalho para profissionais de saúde

20/jul, 8h59 - Vídeo projetado na Praça da Liberdade resgata ‘discos e esquinas’ de grupo musical mineiro

20/jul, 8h57 - Campanha da Biblioteca Universitária pede dicas para compor acervo do Espaço de Leitura

19/jul, 22h40 - Encontro com delegação da Alemanha encaminha criação de novo programa internacional de cátedras

19/jul, 6h30 - Conjunto de 'planetas do saber', Sistema de Bibliotecas tem história resgatada em exposição na Reitoria

19/jul, 6h25 - Simpósio sobre eletrofisiologia celular, agendado para agosto, no ICB, recebe resumos e inscrições

19/jul, 6h07 - Intervenção teatral promove ‘encontro com cientistas’ no Espaço do Conhecimento

18/jul, 14h46 - Academia Brasileira de Ciências vai diplomar novos membros nesta quarta

18/jul, 10h49 - Boletim destaca 50 anos de criação do Festival de Inverno

18/jul, 7h04 - Registro e matrícula dos classificados no vestibular de habilidades serão efetuados nos dias 19 e 20

18/jul, 6h32 - Dispositivos de memória, caixas de correio são tema de exposição de professora da EBA em São Paulo

18/jul, 6h29 - Fachada digital do Espaço do Conhecimento projeta a produção da UFMG

Classificar por categorias (30 textos mais recentes de cada):
Artigos
Calouradas
Conferência das Humanidades
Destaques
Domingo no Campus
Eleições Reitoria
Encontro da AULP
Entrevistas
Eschwege 50 anos
Estudante
Eventos
Festival de Inverno
Festival de Verão
Gripe Suína
Jornada Africana
Libras
Matrícula
Mostra das Profissões
Mostra das Profissões 2009
Mostra das Profissões e UFMG Jovem
Mostra Virtual das Profissões
Notas à Comunidade
Notícias
O dia no Campus
Participa UFMG
Pesquisa
Pesquisa e Inovação
Residência Artística Internacional
Reuni
Reunião da SBPC
Semana de Saúde Mental
Semana do Conhecimento
Semana do Servidor
Seminário de Diamantina
Sisu
Sisu e Vestibular
Sisu e Vestibular 2016
UFMG 85 Anos
UFMG 90 anos
UFMG, meu lugar
Vestibular
Volta às aulas

Arquivos mensais:
julho de 2017 (101)
junho de 2017 (171)
maio de 2017 (192)
abril de 2017 (133)
março de 2017 (205)
fevereiro de 2017 (142)
janeiro de 2017 (109)
dezembro de 2016 (108)
novembro de 2016 (141)
outubro de 2016 (229)
setembro de 2016 (219)
agosto de 2016 (188)
julho de 2016 (176)
junho de 2016 (213)
maio de 2016 (208)
abril de 2016 (177)
março de 2016 (236)
fevereiro de 2016 (138)
janeiro de 2016 (131)
dezembro de 2015 (148)
novembro de 2015 (214)
outubro de 2015 (256)
setembro de 2015 (195)
agosto de 2015 (209)
julho de 2015 (184)
junho de 2015 (225)
maio de 2015 (248)
abril de 2015 (215)
março de 2015 (224)
fevereiro de 2015 (170)
janeiro de 2015 (156)
dezembro de 2014 (163)
novembro de 2014 (245)

Expediente