Universidade Federal de Minas Gerais

Divulgação
Nota%20mapas.png

Conjunto de exposições aborda impactos da descoberta da América na cultura ocidental

sexta-feira, 4 de agosto de 2017, às 7h30

Até 10 de setembro, três exposições em Belo Horizonte recebem visitantes interessados em conhecer o processo que culminou na construção da percepção do território brasileiro, entre os séculos 16 e 20. Reunindo cerca de 350 mapas, plantas, textos impressos e manuscritos, o conjunto de mostras – intitulado O desafio cartográfico do novo – contém mapas e livros que explicam como a descoberta da América e a conquista do Brasil exerceram influência na cultura ocidental, com a produção de imagens que tentavam situar a fauna, a flora e os habitantes das terras recém-conhecidas pela cultura europeia da era moderna. A curadoria é da professora Júnia Furtado, do Departamento de História da UFMG.

A primeira mostra – Olhares sobre o globo e o Brasil – está em cartaz na Galeria de Arte do Centro Cultural Minas Tênis Clube. Estão reunidas, pela primeira vez, raridades que se encontram sob a guarda de importantes instituições culturais brasileiras, como o Setor de Obras Raras da UFMG, a Biblioteca Nacional, o Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro, o Instituto de Estudos Brasileiros da USP, o Arquivo Público Mineiro, o Instituto Amílcar Martins e coleções particulares de Minas Gerais.

Cartografar e desenhar Minas Gerais está em cartaz no Museu Mineiro. A exposição exibe mapas muito pouco conhecidos, que revelam a formação das Minas Gerais, desde sua descoberta até a definição das divisas do estado, no final do século 19. A mostra conta com obras de requinte técnico e artístico, que dialogam de perto com a produção dos artistas do barroco e do rococó mineiros.

A exposição Belo Horizonte e a cartografia de uma cidade planejada é a primeira a se dedicar exclusivamente às representações visuais e cartográficas (mapas, panoramas, plantas de construções e fotografias) do período de construção da capital mineira. A mostra está no Museu Histórico Abílio Barreto, também em Belo Horizonte.

Veja os endereços e horários de visitação das exposições:

Olhares sobre o globo e o Brasil
Centro Cultural Minas Tênis Clube (Rua da Bahia, 2.244)
De terça a domingo, das 10h às 20h; domingos e feriados, das 11h às 19h

Cartografar e desenhar Minas Gerais
Museu Mineiro (Avenida João Pinheiro, 342)
Terça a sexta, das 10h às 19h; quinta, das 12h às 21h; sábados e domingos, das 12h às 19h

Belo Horizonte e a cartografia de uma cidade planejada
Museu Histórico Abílio Barreto (Avenida Prudente de Morais, 202)
Terças, sextas, sábados e domingos, das 10h às 17h; quartas e quintas, das 10h às 18h30

21/ago, 17h21 - Salas interativas da Mostra das Profissões ainda têm vagas para voluntários da graduação

21/ago, 14h01 - Equipe Baja UFMG é tetracampeã em competição regional

21/ago, 11h53 - Diáspora que visa atrair investimentos é tema de palestra em ciclo sobre estudos indianos

21/ago, 6h49 - Sorte ou habilidade: Boletim destaca estudo estatístico sobre fatores que decidem torneios esportivos

21/ago, 6h40 - Com presença de diretores de agências de fomento, UFMG debate pós-doutorado na próxima quinta

21/ago, 6h33 - Chamada pública seleciona projetos sobre fármacos de uso humano

21/ago, 6h26 - Empresa júnior oferece cursos de metodologia social para estudantes de graduação

21/ago, 6h22 - Mesa-redonda na Enfermagem discute avaliação da qualidade dos serviços de saúde

21/ago, 6h17 - Oficinas ensinam a criar jogos digitais e de tabuleiro

18/ago, 15h14 - Mostra das Profissões recebe inscrições de estudantes voluntários até domingo

18/ago, 13h11 - Missão de instituições do Ceará visita UFMG para benchmarking de expertise em CT&I

18/ago, 11h42 - Revista Transite ganha prêmio por dossiê sobre pessoas com deficiência no mercado de trabalho

18/ago, 9h41 - Trinta anos sem Drummond: veículos da UFMG relembram vida e obra do 'poeta maior'

18/ago, 9h00 - Em livro, professora da Fale aborda questões da alimentação e da literatura; lançamento será hoje, em BH

18/ago, 7h56 - Pesquisadores da UFMG e da Universidade de Yale reúnem-se na próxima semana para discutir criação de centro de estudos do fígado

Classificar por categorias (30 textos mais recentes de cada):
Artigos
Calouradas
Conferência das Humanidades
Destaques
Domingo no Campus
Eleições Reitoria
Encontro da AULP
Entrevistas
Eschwege 50 anos
Estudante
Eventos
Festival de Inverno
Festival de Verão
Gripe Suína
Jornada Africana
Libras
Matrícula
Mostra das Profissões
Mostra das Profissões 2009
Mostra das Profissões e UFMG Jovem
Mostra Virtual das Profissões
Notas à Comunidade
Notícias
O dia no Campus
Participa UFMG
Pesquisa
Pesquisa e Inovação
Residência Artística Internacional
Reuni
Reunião da SBPC
Semana de Saúde Mental
Semana do Conhecimento
Semana do Servidor
Seminário de Diamantina
Sisu
Sisu e Vestibular
Sisu e Vestibular 2016
UFMG 85 Anos
UFMG 90 anos
UFMG, meu lugar
Vestibular
Volta às aulas

Arquivos mensais:
agosto de 2017 (125)
julho de 2017 (127)
junho de 2017 (171)
maio de 2017 (192)
abril de 2017 (133)
março de 2017 (205)
fevereiro de 2017 (142)
janeiro de 2017 (109)
dezembro de 2016 (108)
novembro de 2016 (141)
outubro de 2016 (229)
setembro de 2016 (219)
agosto de 2016 (188)
julho de 2016 (176)
junho de 2016 (213)
maio de 2016 (208)
abril de 2016 (177)
março de 2016 (236)
fevereiro de 2016 (138)
janeiro de 2016 (131)
dezembro de 2015 (148)
novembro de 2015 (214)
outubro de 2015 (256)
setembro de 2015 (195)
agosto de 2015 (209)
julho de 2015 (184)
junho de 2015 (225)
maio de 2015 (248)
abril de 2015 (215)
março de 2015 (224)
fevereiro de 2015 (170)
janeiro de 2015 (156)
dezembro de 2014 (163)

Expediente