Universidade Federal de Minas Gerais

Projeto de Arquitetura Pública da UFMG é selecionado entre as melhores práticas nacionais

quarta-feira, 5 de outubro de 2005, às 10h00

O Projeto de Arquitetura Pública, desenvolvido pela Escola de Arquitetura da UFMG, foi escolhido entre as 12 melhores práticas nacionais apresentadas no 1º Seminário Assistência Técnica Um Direito de Todos: Construindo uma Política Nacional. O evento se encerra nessa quarta-feira, dia 5, em Campo Grande, Mato Grosso do Sul.

Arquitetura Pública é parte de um amplo programa, desenvolvido desde 2003, na Escola de Arquitetura, que procura aproximar a formação dos estudantes à realidade brasileira, articulando teoria e prática. Ao interagir com casos reais, os alunos atuam em áreas diversas como a habitação social, o planejamento urbano e a preservação do patrimônio cultural.

O projeto é desenvolvido na cidade de Cataguases, Zona da Mata de Minas Gerais, por alunos do quinto ao nono período do curso de Arquitetura. Eles atendem famílias de baixa renda, com até três salários mínimos, elaborando, a custo zero, projetos arquitetônicos e urbanísticos para a construção de moradias. "Arquitetura Pública é uma espécie de SUS da arquitetura e urbanismo", explica o coordenador local do projeto, Paulo Henrique Alonso.

Antes de sua implantação na cidade, as famílias de baixa renda construíam suas casas sem orientação técnica ou através da prefeitura local - que entregava projetos prontos e padronizados, mas sem nenhuma relação com o terreno e para serem executados sem acompanhamento técnico.

Atualmente, segundo Alonso, esse público recebe atendimento personalizado, estabelecendo uma relação normal entre arquiteto e cliente, em que têm liberdade de escolher como serão suas residências. “Os estudantes também fazem visitas técnicas e acompanham o desenvolvimento da obra”, diz o coordenador. A equipe do projeto possui interlocução direta com a Caixa Econômica Federal para financiamento das construções.

Programa amplo
Para ter acesso ao programa, as famílias devem procurar o Departamento Social da Prefeitura de Cataguases, que realiza análise de sua renda. Cabe ao Departamento de Arquitetura e Urbanismo avaliar as condições físicas e ambientais do lote.

Os projetos arquitetônicos são realizados em parceria com a prefeitura local, com o Crea-MG - que cobra das famílias somente 20% do valor normal da taxa para registrar o projeto, e a UFMG, sua gestora. Até o momento já foram atendidas 43 famílias que possuem lotes e desejam construir ou reformar suas moradias.

Além de Cataguases, o projeto está sendo desenvolvido em Sabará, Lagoa da Prata, Pitangui, Santana de Cataguases e Minas Novas. Os formatos são diferenciados, conforme a demanda local e a disponibilidade de recursos.

Seminário
O 1º Seminário é promovido pela Federação Nacional dos Arquitetos e Urbanistas (FNA), Conselho Federal de Engenharia, Arquitetura e Agronomia (Confea), Ministério das Cidades (Mcidades) e pela Caixa Econômica Federal (CEF), e resulta de articulações realizadas no V Fórum Social Mundial, em Porto Alegre (RS), para a constituição de uma Política Nacional de Assistência Técnica.

Para a organização do evento, o Ministério das Cidades convocou a captação de experiências nacionais na área de assistência técnica, que foram avaliadas por uma Comissão Coordenadora do Evento, composta por membros do MCidades, FNA, Confea e CEF.
(Núcleo de Apoio a Pesquisas da Escola de Arquitetura)

05/mar, 15h40 - Morre o poeta e professor da Fale Valmiki Guimarães

05/mar, 13h08 - Livro sobre direitos das pessoas com deficiência será lançado nesta sexta, na Faculdade de Direito

05/mar, 10h46 - Em nota à comunidade, UFMG esclarece medidas tomadas para enfrentar cenário de restrições financeiras

05/mar, 7h42 - Classificados na terceira chamada da lista de espera do Sisu 2015 fazem matrícula nesta quinta

05/mar, 5h58 - Silviano Santiago dará aula inaugural da pós-graduação em Estudos Literários

05/mar, 5h55 - Programa vai financiar parcerias acadêmicas de pesquisadores brasileiros e canadenses

05/mar, 5h55 - Exposição mostra pequenos reparos feitos nos livros da Biblioteca Central

05/mar, 5h54 - Estudantes de engenharia participam da competição Baja SAE Brasil

05/mar, 5h54 - CTE vai sediar competição de atletismo no sábado

05/mar, 5h53 - Alunos da Escola de Engenharia promovem gincana solidária

05/mar, 5h51 - Ars Nova prorroga inscrições para novos coristas

04/mar, 15h45 - Ciência da Computação promove palestra obrigatória para alunos da pós-graduação

04/mar, 5h55 - Teste de proficiência será requisito para ingresso em programa de idiomas

04/mar, 5h54 - Diplomata dos Estados Unidos fará palestra no campus Pampulha sobre vistos e oportunidades de intercâmbio

04/mar, 5h54 - Dois Pontos, da TV UFMG, discute novo pacto federativo e reforma tributária

Classificar por categorias (30 textos mais recentes de cada):
Artigos
Calouradas
Destaques
Eleições Reitoria
Encontro da AULP
Estudante
Eventos
Festival de Inverno
Festival de Verão
Gripe Suína
Jornada Africana
Libras
Mostra das Profissões
Mostra das Profissões 2009
Mostra Virtual das Profissões
Notas à Comunidade
Notícias
O dia no Campus
Pesquisa
Pesquisa e Inovação
Residência Artística Internacional
Reuni
Semana do Conhecimento
Semana do Servidor
Seminário de Diamantina
Sisu
Sisu e Vestibular
UFMG 85 Anos
UFMG, meu lugar
Vestibular

Arquivos mensais:
março de 2015 (38)
fevereiro de 2015 (170)
janeiro de 2015 (156)
dezembro de 2014 (163)
novembro de 2014 (245)
outubro de 2014 (281)
setembro de 2014 (267)
agosto de 2014 (229)
julho de 2014 (183)
junho de 2014 (156)
maio de 2014 (239)
abril de 2014 (236)
março de 2014 (202)
fevereiro de 2014 (228)
janeiro de 2014 (130)
dezembro de 2013 (180)
novembro de 2013 (282)
outubro de 2013 (280)
setembro de 2013 (233)
agosto de 2013 (229)
julho de 2013 (202)
junho de 2013 (209)
maio de 2013 (248)
abril de 2013 (247)
março de 2013 (186)
fevereiro de 2013 (155)
janeiro de 2013 (163)
dezembro de 2012 (145)
novembro de 2012 (226)
outubro de 2012 (258)
setembro de 2012 (220)
agosto de 2012 (212)
julho de 2012 (177)

Expediente