Universidade Federal de Minas Gerais

Foca Lisboa
Utopias.JPG
Leonardo Avritzer, Juarez Rocha, Cícero Araújo e Newton Bignotto debatem projeto republicano para o campo

Cidadania no campo é tema de mesa-redonda

quinta-feira, 9 de novembro de 2006, às 14h28

As utopias agrárias do pensamento moderno retomam a integração entre o agrário e o urbano, como acontecia na polis grega e na civilis romana, para buscar novas formas de equilíbrio. Tal meta se faz necessária porque os excessos da utopia urbana corrompem as possibilidades de cidadania.

Esse foi o eixo da exposição feita por Cícero Araújo, da Universidade de São Paulo (USP), na abertura da mesa Estado e cidadania para o sertão, no segundo dia do seminário Utopias Agrárias, promoção do Projeto República em parceria com o Ministério do Desenvolvimento Agrário (MDA). Também participaram da mesa o cientista político Leonardo Avritzer, da UFMG, e Newton Bignotto, do departamento de Filosofia da Fafich.

O debate girou em torno do projeto republicano para o campo, que deveria assegurar a lei como ponto de referência e de memória para transformação da realidade cotidiana. Ao mesmo tempo, supõe-se que esse projeto deveria garantir ao trabalhador rural o sentimento de pertencer à sociedade política, o que constitui a própria definição moderna do conceito de cidadania.

"Todas as sociedades no mundo antigo e moderno que se preocuparam com a ampliação da cidadania envolveram-se com a questão do acesso à terra. É um pressuposto", disse Avritzer. Ainda segundo o cientista, tanto na Grécia quanto em Roma, a reforma agrária permitiu a resolução de outras tensões que possibilitaram a cidadania.

Programação
À tarde, a discussão será em tono da Imaginação brasileira e sentimento de reforma agrária. Debatem o tema a psicanalista Maria Rita Kehl e os professores Wander Miranda e Juarez Rocha Guimarães, ambos da UFMG. O tema desafia o dilema de superar um mundo ainda feudal e atrasado; modernizar as relações trabalhistas e redistribuir a terra; colonizar os espaços vazios do Brasil, atenuando pressões demográficas e os conflitos pela posse da terra; reformar radicalmente a estrutura agrária; ou simplesmente esquecer o mundo rural, perante um país que se urbaniza e industrializa: estas são apenas algumas de tantas respostas ao problema da terra no Brasil.

O encerramento do seminário será realizado nesta sexta-feira, 10, com a mesa Utopias agrárias e questão ambiental, com a presença dos professores Hugo Achugar, da Universidad Nacional de la República (Uruguai) e Jean Hebette, do Núcleo de Altos Estudos Amazônicos.

Outras informações pelo telefone (31) 3409-5513, das 14h às 18h.

24/mar, 18h36 - Proposta de normas para graduação sedimenta práticas e aprendizados, diz pró-reitor em apresentação de anteprojeto

24/mar, 17h44 - Inscrições para curso de extensão que discute obra de Heidegger terminam neste sábado

24/mar, 17h16 - Morre Ronaldo Araújo Costa, vice-diretor do Cecom

24/mar, 6h34 - Biblioteca Central recebe mostra de livros de artista que tratam de temas políticos e sociais

24/mar, 6h27 - Prêmio Mares Guia, de incentivo à pesquisa básica, abre inscrições

24/mar, 6h23 - Desafios do ensino superior a distância reúnem especialistas em colóquio internacional na UFMG

24/mar, 6h19 - Tito canta clássicos da MPB em sarau neste sábado, no Espaço do Conhecimento

24/mar, 6h16 - Jornada vai tratar das interfaces da terapia ocupacional com outras áreas do conhecimento

24/mar, 6h02 - Aulp premiará trabalho acadêmico sobre relações entre países de língua portuguesa

23/mar, 14h25 - Coletivo promove recepção a calouros negros nesta sexta, no gramado da Reitoria

23/mar, 11h35 - Roberto Bigonha, do DCC, é o novo professor emérito da UFMG

23/mar, 9h48 - ‘As cidades são o lugar da rebeldia e devem estar preparadas para produzir encontros’, defende Fernando Haddad em aula inaugural

23/mar, 6h36 - Campus Pampulha sediará seminário internacional sobre arte, educação e autobiografia

23/mar, 6h33 - Pesquisa mostra que Brasil não cumpre meta de conservação de espécies ameaçadas de extinção

23/mar, 6h30 - Ceale Debate aborda inserção das mulheres na literatura nacional

Classificar por categorias (30 textos mais recentes de cada):
Artigos
Calouradas
Conferência das Humanidades
Destaques
Domingo no Campus
Eleições Reitoria
Encontro da AULP
Entrevistas
Eschwege 50 anos
Estudante
Eventos
Festival de Inverno
Festival de Verão
Gripe Suína
Jornada Africana
Libras
Matrícula
Mostra das Profissões
Mostra das Profissões 2009
Mostra das Profissões e UFMG Jovem
Mostra Virtual das Profissões
Notas à Comunidade
Notícias
O dia no Campus
Participa UFMG
Pesquisa
Pesquisa e Inovação
Residência Artística Internacional
Reuni
Reunião da SBPC
Semana do Conhecimento
Semana do Servidor
Seminário de Diamantina
Sisu
Sisu e Vestibular
Sisu e Vestibular 2016
UFMG 85 Anos
UFMG 90 anos
UFMG, meu lugar
Vestibular
Volta às aulas

Arquivos mensais:
março de 2017 (160)
fevereiro de 2017 (142)
janeiro de 2017 (109)
dezembro de 2016 (108)
novembro de 2016 (141)
outubro de 2016 (229)
setembro de 2016 (219)
agosto de 2016 (188)
julho de 2016 (176)
junho de 2016 (213)
maio de 2016 (208)
abril de 2016 (177)
março de 2016 (236)
fevereiro de 2016 (138)
janeiro de 2016 (132)
dezembro de 2015 (148)
novembro de 2015 (214)
outubro de 2015 (256)
setembro de 2015 (195)
agosto de 2015 (209)
julho de 2015 (184)
junho de 2015 (225)
maio de 2015 (248)
abril de 2015 (215)
março de 2015 (224)
fevereiro de 2015 (170)
janeiro de 2015 (156)
dezembro de 2014 (163)
novembro de 2014 (245)
outubro de 2014 (281)
setembro de 2014 (267)
agosto de 2014 (229)
julho de 2014 (183)

Expediente