Universidade Federal de Minas Gerais

Foca Lisboa
Ivan Domingues.JPG
Ivan Domingues, coordenador da pós-graduação

Filosofia comemora 300ª defesa na pós-graduação

terça-feira, 21 de novembro de 2006, às 15h36

O Programa de Pós-graduação em Filosofia da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas (Fafich) da UFMG comemora, nesta quarta-feira, 22, às 16h, a 300ª defesa, entre mestrado e doutorado, apresentada no Departamento de Filosofia da Unidade.

O trabalho foi defendido no dia 1º de agosto pelo aluno Marcos de Almeida Matos, sob o título O que faz uma regra? Desenvolvimentos de uma imagem wittgensteiniana do significado e a banca foi formada pelos professores Ernesto Perini Frizzera da Mota Santos, da UFMG (orientador); Hilan Nissior Bensusan, da UnB; e Sérgio Ricardo Neves de Miranda, da Ufop.

A comemoração pela 300ª defesa acontece no auditório Professor Baesse, da Fafich, antecedida pelo lançamento acadêmico do livro Republicanismo e realismo. Um perfil de Francesco Guicciardini, do professor Newton Bignotto, com mesa formada, além do autor, pelos professores Telma Birchal e Helton Adverse.

Excelência
Para o professor Ivan Dominges, coordenador do Programa de Pós-graduação em Filosofia da Fafich, a 300ª desfesa é um marco importante na história acadêmica da filosofia em Minas Gerais. Segundo ele "nosso programa vem obtendo, na avaliação da Capes, as notas mais elevadas desde sua fundação, especialmente a partir dos anos 1990. Atualmente temos a classificação de nível 6, padrão internacional compartilhado com a USP e a Unicamp".

Num restrospecto das atividades de pós-graduação em filosofia na UFMG, Domingues informa que a primeira defesa de dissertação nessa área "ocorreu 10 de dezembro de 1975, com o trabalho A constituição da consciência em Jean-Paul Sartre, de autoria do ex-colega e hoje professor aposentado, Sebastião Trogo. O orientador foi professor José de Anchieta Correa e a banca constituída pelos professores José de Anchieta Correa, Roberto Lyra Filho (UnB) e Hilton Ferreira Japiassu (UFRJ)", relembra.

Wittgenstein
A 300ª defesa ocorrida este ano consiste na exposição e no exame de algumas tentativas de explicitar ou desenvolver as observações de Wittgenstein sobre a relação normativa da compreensão com os cursos de ação dos falantes de uma linguagem - relação sumarizada pelo conceito de regra lingüística.

Segundo o autor, Marcos de Almeida Matos, "trata-se de um esforço em mapear algumas questões pertinentes a esses desenvolvimentos, tais como aparecem no comunitarismo de Saul Kripke, no anti-realismo de Michael Dummett e Crispin Wright, e na postura anti-redutivista de John McDowell".

"Os quatro autores partem de pontos de vista distintos, o que lhes permite elaborar diferentes imagens daquilo que constituem os comprometimentos com os quais nos engajamos ao participar da compreensão de uma linguagem. Desse modo, a dissertação não procura estabelecer a melhor maneira de interpretar Wittgenstein, mas antes determinar uma parte de sua herança para a filosofia da linguagem elaborada no século XX", conclui Almeida Matos.

26/mar, 13h10 - Seminário do Ieat é aberto com expectativa de “menos certezas e mais caminhos”

26/mar, 10h35 - Dois Pontos discute obesidade e seus impactos no sistema público de saúde

26/mar, 8h10 - Ieat abre nesta manhã, com transmissão ao vivo, seminário de avaliação de suas atividades

26/mar, 5h58 - Professores da Fafich relançam livro que revê conceitos do jornalismo à luz da pós-modernidade

26/mar, 5h57 - Letras oferece curso de capacitação para intérpretes educacionais

26/mar, 5h53 - Grupo português faz concerto de música eletroacústica no Conservatório

26/mar, 5h52 - Pós-graduação em Estudos do Lazer lança editais para mestrado e doutorado

26/mar, 5h43 - Primeira edição do Barômetro em 2015 discute ciência no rádio

25/mar, 14h52 - Criado comitê que vai assessorar Reitoria na gestão dos campi

25/mar, 13h50 - Extensão orienta novos docentes na elaboração de propostas para edital

25/mar, 13h12 - Richard Gunther, professor da Universidade de Ohio, discute democracia em conferência na UFMG

25/mar, 7h24 - Conselho Universitário institui comissão para estudar implantação da jornada de 30 horas semanais na UFMG, segundo legislação vigente

25/mar, 5h59 - Pesquisadores do IGC buscam explicações para a lenta agonia de afluente do São Francisco no Norte de Minas

25/mar, 5h55 - Pesquisador da Sorbonne abordará em conferência a presença do cinema em exposições de arte

25/mar, 5h55 - Professores residentes do Ieat apresentam resultados de pesquisas nesta semana

Classificar por categorias (30 textos mais recentes de cada):
Artigos
Calouradas
Destaques
Eleições Reitoria
Encontro da AULP
Estudante
Eventos
Festival de Inverno
Festival de Verão
Gripe Suína
Jornada Africana
Libras
Mostra das Profissões
Mostra das Profissões 2009
Mostra Virtual das Profissões
Notas à Comunidade
Notícias
O dia no Campus
Pesquisa
Pesquisa e Inovação
Residência Artística Internacional
Reuni
Semana do Conhecimento
Semana do Servidor
Seminário de Diamantina
Sisu
Sisu e Vestibular
UFMG 85 Anos
UFMG, meu lugar
Vestibular

Arquivos mensais:
março de 2015 (191)
fevereiro de 2015 (170)
janeiro de 2015 (156)
dezembro de 2014 (163)
novembro de 2014 (245)
outubro de 2014 (281)
setembro de 2014 (267)
agosto de 2014 (229)
julho de 2014 (183)
junho de 2014 (156)
maio de 2014 (239)
abril de 2014 (236)
março de 2014 (202)
fevereiro de 2014 (228)
janeiro de 2014 (130)
dezembro de 2013 (180)
novembro de 2013 (282)
outubro de 2013 (280)
setembro de 2013 (233)
agosto de 2013 (229)
julho de 2013 (202)
junho de 2013 (209)
maio de 2013 (248)
abril de 2013 (247)
março de 2013 (186)
fevereiro de 2013 (155)
janeiro de 2013 (163)
dezembro de 2012 (145)
novembro de 2012 (226)
outubro de 2012 (258)
setembro de 2012 (220)
agosto de 2012 (212)
julho de 2012 (177)

Expediente