Universidade Federal de Minas Gerais

Júlio César Paes/MEC
Professor Nelson Maculan 01.jpg
Nélson Maculan, ao lado de Rafael Guarga, presidente do Conselho de Administração de Iesalc

Secretário de Educação Superior diz que universidade é elitista

quarta-feira, 22 de novembro de 2006, às 15h09

Falando nesta terça-feira, 22, na abertura do Fórum de Educação Superior, um dos eventos que integram o 3º Fórum Educacional do Mercosul, o secretário de Educação Superior do Ministério da Educação
(SesuMEC), Nelson Maculan Filho, disse que "no Brasil, temos um ensino superior muito elitista". A partir dessa constatação, ele justificou as ações de inclusão que o governo federal vem empreende no ensino superior, destacando o plano de expansão das universidades federais, além dos resultados do Programa Universidade para Todos (ProUni).

De acordo com dados oficiais do Ministério, apresentados por Maculan, são R$ 700 milhões já empenhados no projeto de expansão das Instituições Federais de Ensino Superior (Ifes) e que serão investidos até o próximo ano. Além de quatro novas universidades federais criadas, o MEC focou de descentralizar a oferta de graduação, expandindo os novos campos para fora das capitais dos Estados.

No início dos trabalhos do 3º Fórum Educacional do Mercosul, ontem, terça-feira, 21, foi traçado um panorama do setor na América Latina. Segundo dados da Unesco/Iesalc (Instituto Internacional para a Educação Superior na América Latina e Caribe), órgão dirigido pela professora Ana Lúcia Gazzola, a região conta, atualmente, com um expressivo número de 13.991.517 estudantes de Ensino Superior. Como mostra de suas disparidades, no entanto, também registra 37.000.000 de Analfabetos.

Seminário Eurosocial
No 1º Seminário Eurosocial, outro evento que integra o 3º Fórum Educacional do Mercosul, e que discute a questão da educação prisional, o diretor de Educação de Jovens e Adultos da Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade (Secad/MEC), Timothy Ireland, disse, nesta quarta, 22, que a educação dentro das prisões deve ser encarada como direito do preso. O encontro acontece em Belo Horizonte e termina na sexta, dia 24.

De acordo com a legislação brasileira, o Estado deve oferecer ensino fundamental a todos os presidiários. Mas 70% da população penitenciária ainda não completou esta modalidade de ensino. Mas, se a educação pode ajudar a reinserir um preso na sociedade, o Brasil está bem longe dessa meta, constatou o Fórum.

O sistema prisional brasileiro abriga 371.400 presos, de acordo com dados preliminares de 2006 do Ministério da Justiça. E menos de 10% dos presos - 34 mil - completaram o ensino fundamental. Pior: cerca de 18 mil são analfabetos. Os rumos da educação dentro dos presídios estão sendo discutidos durante o Fórum que se encerra nesta quinta-feira, 23.
Consulte na Internet a agenda de eventos do 3º Fórum Educacional do Mercosul.

25/jul, 6h48 - Arte como resistência é tema de exposição na Faculdade de Letras

25/jul, 6h42 - Especialização em gestão nas Ifes lança edital com 80 vagas para técnicos-administrativos

25/jul, 6h29 - Educação e socialismo reunirão pesquisadores na FaE; inscrições de trabalhos terminam no dia 1º

22/jul, 15h50 - Saber indígena transforma barro em obra de arte

22/jul, 15h36 - ‘Campus tour’ apresentará UFMG aos calouros em passeio de ônibus

22/jul, 12h53 - Comunidade dos Arturos realiza cortejo na tarde de hoje no campus Pampulha

22/jul, 12h24 - Oficina promove viagem prazerosa e sem dor ao mundo da escrita

22/jul, 7h07 - 'Performers' benzem Palácio da Liberdade e desafiam hegemonia do automóvel

22/jul, 6h53 - UFMG levará oito projetos de pesquisa a mostra de inovação da Fapemig

22/jul, 6h44 - Intervenções artísticas e shows musicais movimentam os dois últimos dias do evento

22/jul, 6h38 - Simpósio internacional na UFMG discutirá o futebol para além das 'quatro linhas'

22/jul, 6h33 - Chamada em fluxo contínuo apoiará projetos de cooperação internacional

21/jul, 11h43 - Divulgada escala para registro acadêmico presencial dos candidatos convocados no Sisu para o segundo semestre

21/jul, 10h20 - Em oficina, cozinha e ateliê se encontram para potencializar a arte

21/jul, 7h09 - Campanha 'Livres e iguais', da ONU, inspira congresso sobre diversidade sexual e de gênero na UFMG

Classificar por categorias (30 textos mais recentes de cada):
Artigos
Calouradas
Destaques
Domingo no Campus
Eleições Reitoria
Encontro da AULP
Eschwege 50 anos
Estudante
Eventos
Festival de Inverno
Festival de Verão
Gripe Suína
Jornada Africana
Libras
Matrícula
Mostra das Profissões
Mostra das Profissões 2009
Mostra das Profissões e UFMG Jovem
Mostra Virtual das Profissões
Notas à Comunidade
Notícias
O dia no Campus
Participa UFMG
Pesquisa
Pesquisa e Inovação
Residência Artística Internacional
Reuni
Reunião da SBPC
Semana do Conhecimento
Semana do Servidor
Seminário de Diamantina
Sisu
Sisu e Vestibular
Sisu e Vestibular 2016
UFMG 85 Anos
UFMG, meu lugar
Vestibular
Volta às aulas

Arquivos mensais:
julho de 2016 (148)
junho de 2016 (213)
maio de 2016 (208)
abril de 2016 (177)
março de 2016 (236)
fevereiro de 2016 (138)
janeiro de 2016 (132)
dezembro de 2015 (148)
novembro de 2015 (214)
outubro de 2015 (256)
setembro de 2015 (195)
agosto de 2015 (209)
julho de 2015 (184)
junho de 2015 (225)
maio de 2015 (248)
abril de 2015 (215)
março de 2015 (224)
fevereiro de 2015 (170)
janeiro de 2015 (156)
dezembro de 2014 (163)
novembro de 2014 (245)
outubro de 2014 (281)
setembro de 2014 (267)
agosto de 2014 (229)
julho de 2014 (183)
junho de 2014 (156)
maio de 2014 (239)
abril de 2014 (236)
março de 2014 (202)
fevereiro de 2014 (228)
janeiro de 2014 (130)
dezembro de 2013 (180)
novembro de 2013 (282)

Expediente