Reitores vão definir pauta de conferência sobre educação superior para América Latina, em 2018
  • 04
  • 09
Prédio da Reitoria da Universidade de Córdoba: centenário de manifesto de estudantes. Universidad Nacional de Córdoba

Prédio da Reitoria da Universidade de Córdoba: centenário de manifesto de estudantes. Universidad Nacional de Córdoba

 

Comissão de reitores de instituições do Brasil, Chile, Uruguai, Paraguai e da Argentina e Bolívia vai se reunir nesta segunda, 4, para discutir a pauta da terceira edição da Conferência Regional de Educação Superior para América Latina e Caribe (Cres), que será realizada em 2018, na Universidade Nacional de Córdoba, Argentina. A reunião será na Sala de Sessões da Reitoria, a partir das 14h.

O encontro regional foi realizado pela primeira vez em Cuba, em 1996. Em 2008, em Cartagena de Índias (Colômbia), atendendo a convocatória do Instituto Internacional para a Educação Superior na América Latina e Caribe (Iesalc), da Unesco, a Conferência priorizou a análise da realidade local e a discussão de mudanças estratégicas na educação superior da região, adequando-a aos desafios do compromisso social, da pesquisa estratégica, da educação para todos e da integração regional. Além da comunidade acadêmica, participaram do evento representantes de governos de 34 países da América Latina e Caribe e convidados de outros continentes.

De acordo com o reitor Jaime Ramírez, que integra a comissão, na edição de 2018 serão discutidos também os esforços das instituições para fortalecer os sistemas de ensino superior na região e metas de desenvolvimento sustentável até 2030. “É fundamental a contribuição das instituições de ensino superior na reflexão sobre temas de interesse da sociedade contemporânea”, diz Ramírez.

A escolha da Universidade de Córdoba para sediar o encontro tem forte motivação simbólica. Criada em 1621, a instituição, uma das mais antigas das Américas, foi palco, em 1918, de manifesto do movimento estudantil em defesa da construção de uma universidade baseada para a América Latina, isto é, que considerasse as especificidades locais. O centenário do Manifesto de Córdoba será lembrado no ano que vem, na terceira edição da Cres.

Além de Jaime Ramírez, participarão da reunião os reitores Roberto Leher, da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), Roberto Markarian, da Universidad de la República (UdelaR), do Uruguai, Delfina Veiravé, da Universidad Nacional del Nordeste (UNNE), da Argentina, Gerónimo Laviosa, da Universidad Nacional del Este (UNE), do Paraguai, e vice-presidente da AUGM, Juan Manuel Zolezzi, da Universidade de Santiago do Chile (USACH) e Waldo Albarracín, da Universidad Mayor de San Andrés (UMSA), na Bolívia, e presidente da AUGM.

Mais Notícias
3º Encontro Nacional dos Estudantes. Frame retirado de vídeo da TV UFMG
  • 12 jun 2017
  • 0
Aquele que seria o 3º Encontro Nacional de Estudantes ficou marcado pela dura repressão do regime militar. Na noite do dia 3 de junho de...
Clélio Campolina vai discutir os desafios e imperativos para a ciência e a tecnologia brasileiras. Foto: Foca Lisboa/ UFMG
  • 26 jun 2017
  • 0
Clélio Campolina vai discutir os desafios e imperativos para a ciência e a tecnologia brasileiras. Foto: Foca Lisboa/ UFMG   Cerca de 60 docentes e...
Espetáculo ‘De tempo somos’. Foto: Foca Lisboa / UFMG
  • 31 jul 2017
  • 0
Espetáculo ‘De tempo somos’. Foto: Foca Lisboa / UFMG   Na baixa temperatura dos invernos, os corpos relembram mais uma vez a importância de resistir...