Mundos Indígenas – Espaço do Conhecimento UFMG
 
descubra | EXPOSIÇÕES TEMPORÁRIAS | Mundos Indígenas

Mundos Indígenas

A história dos povos indígenas brasileiros não é uma só. Tão grande quanto um continente, nosso país abriga populações plurais, com costumes e tradições diversas. Na exposição Mundos Indígenas, aberta pelo Espaço do Conhecimento UFMG em dezembro de 2019, curadoras e curadores indígenas de cinco povos – Yanomami, Ye’kwana, XakriabáTikmῦ’ῦn (Maxakali) e Pataxoop – nos convidam a conhecer seus mundos. Mundos que criam e envolvem existências humanas e outras – como plantas, animais e espíritos – com quem convivem efetivamente. Em comum, mostram respeito e amor à Terra.

Aceitar o convite para compreender realidades indígenas depende de uma disposição sensível para experienciar seus mundos sem traduzir ou comparar com a nossa realidade conhecida. Seguindo a condução das curadoras e dos curadores indígenas, aprendemos a  interagir com a diferença, aceitando o desafio de entender seus mundos em seus próprios termos.

A noção de mundo tem vários significados. No sentido mais amplo, abarca a dimensão concreta de toda a existência, como a noção de universo significa. Dentro desse universo de seres, objetos e relações, há mundos singulares, organizados em torno de interações específicas. Ou seja, o que entendemos como “grande mundo” contém mundos menores. Mas há outras possibilidades de entender a existência.

A pluralidade de mundos indígenas – como os aqui apresentados – nos mostra a possibilidade de outros englobamentos totais, ou a existência de universos, no plural. Os mundos indígenas se baseiam em premissas diferentes das que adotamos para definir o que existe. Cada mundo indígena é mostrado a partir de um conceito proposto pelas curadoras e pelos curadores: në ropë, weichö, corpo-território, yãy hã mĩy e o grande tempo das águas. Com os mundos indígenas, podemos aprender a coexistir, a interagir com respeito e cuidado. Aprender que existem outros mundos.

[Deborah Lima, Ana Maria R. Gomes e Mariana de Oliveira]

Ficha técnica da exposição

Making of da exposição

Podcast Pelos Mundos Indígenas

Catálogo da exposição

 

Visita Virtual

 

A série Visita Virtual à Exposição Mundos Indígenas, lançada em 21 de setembro de 2020, é composta por seis vídeos, sendo o primeiro uma introdução ao universo da exposição e os outros cinco uma apresentação dos conceitos que os curadores e curadoras dos cinco povos escolheram para apresentar os seus mundos. A construção do roteiro foi feita de forma colaborativa pelas equipes dos Núcleos de Ações Educativas, Expografia e Audiovisual do museu.

O roteiro partiu das experiências de mediação no período anterior às medidas de distanciamento social e buscou construir uma visita onde o espectador, a partir do vídeo introdutório, pode criar o seu próprio percurso com os conceitos apresentados na exposição. Assim, os vídeos são independentes uns dos outros e podem ser vistos na ordem que o espectador desejar. Os conceitos são apresentados como um convite para que o espectador conheça esses mundos indígenas, evitando a necessidade de comparações e traduções a partir da sua própria realidade.

Os seis vídeos da Visita Virtual à Exposição Mundos Indígenas têm classificação livre e já estão disponíveis no canal do Espaço no YouTube, bem como os recados dos curadores indígenas e um vídeo sobre os teheys de Dona Liça Pataxoop. É só clicar nos links abaixo: