Campus Pampulha recebe reunião do Conselho de Reitores da AUGM
  • 06
  • 09
Dirigentes se reuniram na Sala de Sessões da Reitoria. Foto: Raíssa César / UFMG

Na segunda (5), alguns dirigentes se reuniram na Sala de Sessões da Reitoria para discutir pautas da Conferência Regional de Educação Superior para América Latina e Caribe, que será realizada em 2018. Foto: Raíssa César / UFMG

 

Formado pelos dirigentes das 33 universidades da América do Sul que compõem a Associação de Universidades Grupo Montevidéu (AUGM), o Conselho de Reitores da entidade está realizando, nesta quarta-feira, 6, no campus Pampulha, sua 72ª reunião semestral.

Na abertura do encontro, o presidente da AUGM, Waldo Albarracín, falou de sua convicção de que a entidade tem uma importante linha de atuação, ao considerar a educação como bem público, direito humano e imperativo categórico para os estados.

Reitor da Universidad Mayor de San Andrés (UMSA), na Bolívia, Albarracín destacou que os integrantes querem dar à Associação um “protagonismo distinto no contexto internacional, ao levar a bandeira da educação como um instrumento fundamental de desenvolvimento de nossos povos e países”.

Albarracín afirmou que as universidades que compõem a AUGM estão “conectadas diretamente nessa função sagrada, fundamental”, de contribuir eficazmente para o desenvolvimento dos países, extinguir as assimetrias sociais e injustiças e consolidar estados fortes e democráticos, onde os direitos humanos não sejam só um discurso.

Compuseram a mesa de abertura do evento Álvaro Maglia, secretário executivo da AUGM, Waldo Albarracín, presidente da entidade, Jaime Ramírez, reitor da UFMG, Sandra Goulart Almeida, vice-reitora da UFMG e Gerónimo Laviosa, vice-presidente da AUGM.

AUGM

Para a vice-reitora Sandra Goulart Almeida, a realização da reunião do Conselho de Reitores como parte das comemorações de 90 anos sinaliza o apoio da Rede à missão da UFMG. “Para nós, é muito importante receber essa reunião, que é administrativa, mas tem também um grande peso simbólico, porque reforça a integração das universidades, e é um momento em que os nossos parceiros vêm conhecer a UFMG”, afirma.

Em sua opinião, a AUGM é uma associação estratégica, porque reúne universidades públicas que têm compromisso, objetivo e ideal comuns. “Eu diria que é a rede mais importante em termos de parceria consolidada”, completa a vice-reitora, lembrando que a concessão da Medalha Reitor Mendes Pimentel, em solenidade na noite de hoje, é um reconhecimento da relevância da entidade.

“A medalha tem um significado especial para a UFMG. O reitor Mendes Pimentel foi um grande defensor das universidades públicas, do tripé ensino-pesquisa-extensão e do diálogo da universidade com a sociedade, aspectos que a AUGM preza muito”, observa Sandra Goulart Almeida.

Mais Notícias
Relatório destaca qualidade da infraestrutura física da Universidade. Foto: Foca Lisboa / UFMG
  • 17 ago 2017
  • 0
Relatório destaca qualidade da infraestrutura física da Universidade. Foto: Foca Lisboa / UFMG   A UFMG confirma sua excelência às vésperas do aniversário de 90...
Detalhe da piscina olímpica do Centro de Treinamento Esportivo, que contribuiu para que a UFMG figurasse entre as 50 melhores universidades do mundo em esportes. Foto: Arquivo CTE
  • 14 mar 2017
  • 0
Pela primeira vez, a UFMG é classificada como uma das instituições educacionais de elite do mundo – entre as 500 melhores – em todas as...
Reitor Jaime Ramírez reafirma o compromisso da UFMG com a educação como bem público, servindo aos propósitos do desenvolvimento do país
  • 24 out 2016
  • 0
A Universidade Federal de Minas Gerais é uma das novas signatárias da Magna Charta Universitatum, documento que se tornou referência para os valores e princípios...