Com mais de 170 mil inscrições, UFMG é a instituição mais procurada nesta edição do Sisu
  • 09
  • 02
Estudantes no campus Pampulha. Foto: Foca Lisboa/ UFMG

Dados divulgados pelo Ministério da Educação (MEC) mostram que, nesta primeira edição do Sistema de Seleção Unificada (Sisu) 2017, a UFMG recebeu 171.825 inscrições para as 6.279 vagas oferecidas nos cursos de graduação neste ano.

O curso mais concorrido, com 6.726 inscrições, foi Medicina, na modalidade de reserva de vagas pela Lei de Cotas. Em segundo lugar, vem Direito noturno, também pela reserva de vagas, com 6.422 inscrições, seguida de Medicina na modalidade ampla concorrência (6.358 inscrições), Psicologia (5.058 inscritos na modalidade ampla concorrência) e Direito matutino (3.934 inscritos, na modalidade reserva de vagas).

No total, o curso de Medicina oferece 320 vagas, Direito, 200, e Psicologia oferece 132 vagas, sendo a metade em ampla concorrência e a outra metade na modalidade de reserva de vagas.

A listagem completa está disponível no site Sisu UFMG.

Em 2016, a UFMG recebeu, para o mesmo número de vagas, em torno de 195 mil inscrições pelo Sisu.

Mais procurada

Balanço divulgado pelo Ministério da Educação informa que a UFMG foi a mais procurada do país entre as 131 instituições que ofereceram cursos para o processo seletivo nesta edição do Sisu:

UFMG – 171.825 inscrições para 6.279 vagas
Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) – 144.322 inscrições para 6.952 vagas
Universidade Federal do Ceará (UFC) – 140.849 inscrições para 6.288 vagas
Universidade Federal do Maranhão (UFMA) – 131.899 inscrições para 2.418 vagas
Universidade Federal de Goiás (UFG) – 130.077 inscrições para 6.365 vagas
Universidade Federal da Bahia (UFBA) – 118.998 inscrições para 4.442 vagas
Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ) – 117.315 inscrições para 4.917 vagas
Universidade Federal da Paraíba (UFPB) – 117.256 inscrições para 7.790 vagas
Universidade Federal Fluminense (UFF) – 112.841 inscrições para 5.032 vagas

Mais Notícias
Para o ativista, escolas e universidades devem usar softwares proprietários apenas em processos de engenharia reversa. Foto: Ranjith Siji / CC BY-SA 4.0
  • 25 maio 2017
  • 0
Para o ativista, escolas e universidades devem usar softwares proprietários apenas em processos de engenharia reversa. Foto: Ranjith Siji / CC BY-SA 4.0   O ativista...
Professor da Face abordou surgimento do ensino, da pesquisa e da extensão. Foto: Foca Lisboa/ UFMG
  • 9 mar 2017
  • 0
Em aula magna ministrada na noite de ontem no campus Pampulha, o professor da Faculdade de Ciências Econômicas da UFMG, João Antonio de Paula, falou...
Revitalização foi marcada pelo uso de materiais e tecnologia de ponta sem descaracterizar o presépio, construído por acumulação. Foto: Tati Motta
  • 24 abr 2017
  • 0
Revitalização foi marcada pelo uso de materiais e tecnologia de ponta sem descaracterizar o presépio, construído por acumulação. Foto: Tati Motta   por MATHEUS ESPÍNDOLA*  ...