Faculdade de Letras sedia colóquio internacional sobre intermidialidade
  • 12
  • 04
Faculdade de Letras vai sediar parte das atividades do colóquio. Foto: Foca Lisboa/ UFMG

De 9 a 13 de maio, a Faculdade de Letras e o Centro de Atividades Didáticas 2 (CAD 2) vão receber o colóquio internacional Escrita, som, imagem, que ocorre em conjunto com a 6ª Jornada Intermídia e integra a programação das comemorações dos 90 anos da UFMG. Os trabalhos a serem apresentados tratam de música, artes visuais, cinema, teatro, arquitetura e, sobretudo, literatura, sempre sob perspectiva interdisciplinar.

Haverá comunicações de professores, pesquisadores e estudantes de pós-graduação do Brasil e do exterior. O processo de submissão de trabalhos está encerrado, mas o evento está aberto à participação de ouvintes, mediante inscrição, que custa R$ 50 e poderá ser feita até 8 de maio.

Conferências

Além de mesas-redondas, painéis e sessões coordenadas, o evento terá quatro conferências de pesquisadores estrangeiros de destaque, uma por dia. No início da tarde do dia 9, terça-feira, Irina O. Rajewsky, professora de literatura francesa e literatura italiana na Universidade Livre de Berlim, na Alemanha, vai propor delimitações conceituais na conferência Intermidialidade e/ou transmidialidade? Definição do campo.

As demais conferências serão ministradas pela manhã. No dia 10, quarta, Walter Bernhart, professor aposentado de literatura inglesa na Universidade de Graz, na Áustria, vai abordar o mundo pop contemporâneo na comunicação De Orfeu a Bob Dylan: a história dos estudos da palavra e da música. A seguir, no dia 11, Claus Clüver, professor emérito de literatura comparada na Universidade de Indiana, nos Estados Unidos, fará a conferência Textos intermídias e problemas da tradução: os “ideogramas” concretos brasileiros.

Por fim, no dia 12, sexta-feira, Véronique Plesch, professora de história da arte no Colby College, nos Estados Unidos, vai ministrar a conferência O muro e a pele: escrita, reescrita e cruzamento de fronteiras, em que vai propor analogias entre tatuagem e grafite.

“Todos os conferencistas estrangeiros que estamos trazendo para o evento têm um pé na literatura”, afirma Thaïs Flores Nogueira Diniz, professora aposentada da Faculdade de Letras. Thaïs coordena o grupo de pesquisa Intermídia: estudos sobre a intermidialidade, responsável pela organização colóquio. “Fizemos cinco jornadas intermídia nos últimos anos com essa mesma temática, sempre contando com pesquisadores estrangeiros. Neste ano, pela primeira vez, estamos realizando o colóquio paralelamente à jornada”, explica.

O Intermídia congrega professores de diferentes unidades da UFMG – como a Faculdade de Letras, a Escola de Música, a Escola de Belas Artes e o Departamento de Comunicação Social da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas (Fafich) – e de outras universidades brasileiras e do exterior. As palestras em inglês contarão com tradução simultânea. Outras informações podem ser obtidas no site do colóquio.

Mais Notícias
José Galizia Tundisi, em conferência nesta quarta-feira. Fotos: Carol Prado / UFMG
  • 20 abr 2017
  • 0
O Brasil se encontra em uma região de baixo a médio estresse hídrico, o que significa que há disponibilidade de água suficiente para o desenvolvimento...
Facebook UFMG
  • 3 jul 2017
  • 0
A 69ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), que será realizada de 16 a 22 de julho, no campus Pampulha,...
PRA / UFMG
  • 12 jul 2017
  • 0
A 69ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), que será realizada de 16 a 22 de julho, na UFMG, está...