Mostra de obras do acervo artístico da UFMG será aberta hoje, no saguão da Reitoria
  • 03
  • 05
Escultura de Leandro Gabriel, de 2016. Foto: Lucas Braga/ UFMG

Será aberta nesta quarta-feira, dia 3, a exposição Olhar revisitado: reencontros e novas afetividades, com 32 obras – entre pinturas, esculturas, fotografias e desenhos – do acervo artístico da UFMG. A mostra, que integra as comemorações dos 90 anos da Universidade, possibilita que a comunidade acadêmica e os próprios artistas revejam esse importante patrimônio cultural em poder da instituição.

O professor Rodrigo Vivas, da Escola de Belas Artes e coordenador da exposição, explica que a seleção das peças foi realizada por duas vias. Pela perspectiva Reencontros, artistas que já possuem obras no acervo da Universidade – como Jarbas Juarez, Andrea Lanna, Hélio Siqueira, Maria Helena Andrés, Carlos Wolney e Liliane Dardot – foram convidados a agregar novas produções, de forma a estabelecer diálogos sincrônicos ou diacrônicos, congruentes ou contraditórios entre as obras.

“Imagine uma artista que tenha doado uma obra sua para a Universidade na década de 1970, como Yara Tupynambá. Desde então, ela teve pouco ou mesmo nenhum contato com essa produção. A ideia, então, foi convidar esses artistas a voltar a conversar com essas obras, por meio de trabalhos mais contemporâneos”, explica Rodrigo Vivas.

Pelo segundo eixo, Novas afetividades, artistas contemporâneos que não têm trabalhos no catálogo da UFMG foram chamados a estabelecer diálogos entre produções suas e as obras do acervo de autoria de artistas que já morreram.

“Estamos falando de nomes como Inimá de Paula, Guignard, Celso Renato e o alemão Friedrich Hagedorn, de quem possuímos nove aquarelas do século 19. Com a exposição, estamos colocando a obra desses grandes nomes para ‘conversar’ com artistas contemporâneos como Mário Azevedo, Domingos Mazzilli, Leandro Gabriel, Daniel Moreira, Paulo Miranda, Sérgio Vaz e Paulo Baptista”, enumera Fabrício Fernandino, professor da Escola de Belas Artes que divide com Rodrigo Vivas a curadoria da exposição.

Olhar revisitado: reencontros e novas afetividades ocupará o Espaço Expositivo da Reitoria (saguão do prédio). A inauguração oficial está marcada para as 18h. A temporada de visitação vai até 16 de agosto, de segunda a sexta-feira, das 8h às 18h.

A edição desta semana do Boletim traz reportagem sobre a exposição e o acervo artístico da UFMG.

Mais Notícias
Marco Aurélio Crocco, Paula Miranda-Ribeiro, Jaime Ramírez, Mônica Viegas Andrade e Helvécio Magalhães compuseram a mesa de abertura. Foto: Foca Lisboa / UFMG
  • 24 mar 2017
  • 0
Um seminário na Faculdade de Ciências Econômicas (Face) reuniu, nesta quinta-feira, 23, dirigentes da UFMG, do Centro de Desenvolvimento e Planejamento Regional (Cedeplar) e do...
Nelson Freire recebeu o diploma das mãos do reitor Jaime Ramírez. Fotos: Marina Gontijo / UFMG
  • 16 dez 2016
  • 0
Hugo Rafael   “Nestes tempos de graves inquietações que agitam a vida dos brasileiros, sinto a homenagem que me presta a Universidade Federal de Minas...
Exposição Desconstrução do Esquecimento. Foto: Lucas Braga/UFMG
  • 1 ago 2017
  • 0
Exposição Desconstrução do Esquecimento. Foto: Lucas Braga/UFMG     Até 31 de agosto, a exposição Desconstrução do esquecimento: golpe, anistia e justiça de transição pode...