Produtos tecnológicos e inovações serão exibidos em mostra no campus Pampulha
  • 27
  • 06
Plataforma no gramado da Reitoria terá 115 por 40 metros. Foto: Foca Lisboa/ UFMG

Plataforma no gramado da Reitoria terá 115 por 40 metros. Foto: Foca Lisboa/ UFMG

 

Resultados de modelagem tridimensional que incluem desde protótipos de desenho industrial, como cadeira de rodas e embalagens para frutas, até a impressão de um braço mecânico poderão ser vistos pelo público de 17 a 22 de julho no estande do Instituto Nacional de Tecnologia (INT), durante a 24ª Exposição de Tecnologia e Ciência (ExpoT&C).

A mostra, que integra a programação da 69ª Reunião Anual da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC), vai funcionar em estrutura de 115 por 40 metros instalada no gramado da Reitoria, no campus Pampulha. A exposição do INT ficará no estande do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações.

Em 23 estandes, o público vai conhecer pesquisas, inovações, produtos tecnológicos, livros didáticos e informações sobre o trabalho desenvolvido em institutos de pesquisa, universidades, agências de fomento, entidades governamentais e outras organizações interessadas em divulgar e difundir novas tecnologias, produtos e serviços.

Nesta 24ª edição, estão confirmadas as presenças da Capes, da Marinha, do Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA), do Instituto Nacional de Câncer (Inca), do ProQuest, do DAAD, da Academia Brasileira de Ciências (ABC), da Feira Brasileira de Ciências e Engenharia (Febrace), da Ofício das Letras, da República do Saber, da Confap, da Fapemig, da Fapesp e da Fapeal – fundação de Alagoas, estado que receberá a próxima edição da SBPC –, entre outros expositores.

INT

Precursor na utilização das impressoras 3D no Brasil, o INT mostrará detalhes do funcionamento e uso dessa tecnologia, que vem transformando a forma de conceber produtos.

Outra atração do estande do Instituto serão as imagens microscópicas e as nanométricas, que revelam aspectos da matéria na dimensão de um milhão de vezes menor que o milímetro.

Obtidas pelos microscópios eletrônicos de varredura e de transmissão do Centro de Caracterização em Nanotecnologia (Cenano), as imagens integram pesquisas desenvolvidas em várias áreas do INT, que envolvem caracterização de materiais para análises de falhas ou de processos químicos e desenvolvimento de novos materiais, catalisadores e produtos.

Há também curiosidades como fibras de um fio de cabelo ou um ovo do mosquito Aedes aegypti, que integram estudos de outros institutos de pesquisas, empresas e universidades que utilizam parte do tempo desse espaço de microscopia eletrônica.

No estande do INT, também será possível obter informações sobre suas diversas áreas de pesquisa e seu serviço como unidade credenciada da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industria (Embrapii).

A Unidade Embrapii INT apoia empresas no desenvolvimento de produtos e processos inovadores em Tecnologia Química Industrial, abrangendo soluções em petróleo, gás e petroquímica, química de renováveis, biocombustíveis, agroindústria, polímeros e na síntese de estruturas orgânicas e inorgânicas.

(Com Assessoria do INT)

Estrutura receberá 23 estandes. Foto: Foca Lisboa/ UFMG

Estrutura receberá 23 estandes. Foto: Foca Lisboa/ UFMG

Mais Notícias
O novo Portal UFMG é resultado de um sistema próprio de gerenciamento de conteúdo, alimentado por sistemas menores. Foto: Lucas Braga/ UFMG
  • 11 set 2017
  • 0
UFMG lança novo portal em meio às comemorações de seus 90 anos. Foto: Lucas Braga/ UFMG   POR ANA RITA ARAÚJO*   A UFMG lançou,...
"Solenidade foi realizada em auditório do ICEx". Comemoração 40 anos do Departamento de Ciência da Computação (DCC). Foto: Foca Lisboa/ Cedecom UFMG
  • 6 dez 2016
  • 0
Seminário com palestras, painéis, premiações e eventos sociais encerra nesta semana um ano de comemorações pelas quatro décadas do Departamento de Ciência da Computação (DCC),...
José Galizia Tundisi, em conferência nesta quarta-feira. Fotos: Carol Prado / UFMG
  • 2 maio 2017
  • 0
A Conferência Água e ciência no Brasil – desenvolvimento ou modernização? ocorreu na abertura do Simpósio Água na mineração, agricultura e saúde – o que a...