Publicado resultado final do Democratizar

Bolsas são destinadas a estudantes da UFMG em situação de vulnerabilidade

 

Projeto 'Plantar no museu', desenvolvido no Viveiro de Mudas do Museu de História Natural e Jardim Botânico (MHNJB), é uma das atividades beneficiadas | Foto: MHNJB

Projeto ‘Plantar no museu’, desenvolvido no Viveiro de Mudas do Museu de História Natural e Jardim Botânico (MHNJB), é uma das atividades beneficiadas | Foto: MHNJB

O Democratizar beneficiará 47 programas, projetos e cursos de extensão universitária das áreas temáticas de direitos humanos e meio ambiente.

O resultado final do edital 03/2024 foi publicado no dia 12 de julho.

Foram priorizadas atividades que contemplem populações indígena e quilombola e brigadistas florestais voluntários.

As atividades receberão bolsas de extensão para discentes de graduação da UFMG – modalidade PBEXT Ação Afirmativa.

As bolsas, pagas mensalmente de agosto de 2024 a julho de 2025, são destinadas a estudantes que são mães com filho em idade escolar, travestis e transexuais, pessoas com deficiência, indígenas e quilombolas ou estudantes que ingressaram pelo sistema de cotas e/ou assistidos pela Fundação Universitária Mendes Pimentel (Fump).

Em 2024, o Democratizar chegou à sua quarta edição. O programa de fomento da Pró-reitoria de Extensão (Proex) conta recursos disponibilizados por emenda parlamentar da Deputada Federal Célia Xakriabá.

Outras informações estão disponíveis nesta página.