Heloísa Starling e Lília Schwarcz apresentarão ‘biografia’ do Brasil em conferência
  • 11
  • 09
Livro escrito pelas duas pesquisadoras vai nortear a conferência. Foto: Renato Parada

Livro escrito pelas duas pesquisadoras vai nortear a conferência. Foto: Renato Parada

 

Na próxima sexta-feira, 15, as professoras Heloísa Starling (UFMG) e Lilia Moritz Schwarcz (USP) ministrarão a conferência Brasil: uma biografia, que integra o ciclo de comemorações dos 90 anos da UFMG. Aberto ao público, o evento será realizado no auditório nobre do Centro de Atividades Didáticas de Ciências Naturais (CAD 1), campus Pampulha, a partir das 19h.

Livro escrito pelas duas pesquisadoras vai nortear a conferência. Reprodução

As pesquisadoras vão traçar um panorama da história do país, que “é dinâmica e paradoxal, escravagista e insurgente, impiedosa e solidária, tirânica e libertária”. Segundo elas, nessa história, o moderno convive com o antigo, o tradicional, com o cosmopolita e o urbano, com o rural. “Compreender as transformações ocorridas ao longo de mais de cinco séculos também significa se envolver com a trajetória dos protagonistas dessa biografia – os brasileiros”, comentam.

Para Heloísa Starling e Lília Schwarcz, recorrer a essa história nos ajuda a compreender os brasileiros que fomos e também a refletir sobre os brasileiros que deveríamos ou poderíamos ser. “Queremos estabelecer conexões entre a chamada grande história e aspectos do cotidiano, entre as coisas públicas e a vida privada, entre os personagens celebres e os indivíduos miúdos, quase anônimos”, explicam as pesquisadoras.

As conferencistas

Heloísa Starling é professora de história do Brasil, foi vice-reitora da UFMG de 2006 a 2010 e atualmente coordena o Projeto República da UFMG. É autora de obras como Os senhores das Gerais; os novos inconfidentes e o golpe de 1963, Lembranças do Brasil e Uma pátria para todos: Chico Buarque e as raízes do Brasil.

Lilia Schwarcz foi professora visitante nas universidades de Oxford (Inglaterra), Leiden (Holanda) e nas norte-americanas Brown, Columbia e Princeton. Atua também como curadora adjunta do Museu de Arte de São Paulo Assis Chateaubriand (Masp) desde 2015 e é colunista do jornal Nexo. Escreveu, entre outros, Retrato em branco e negro, O espetáculo das raças, As barbas do Imperador, Prêmio Jabuti de Livro do Ano (1998) – e O sol do Brasil, Prêmio Jabuti de melhor de biografia (2008).

As professoras são coautoras de Brasil: uma biografia, livro de 2015 indicado ao prêmio Jabuti em Ciências Sociais e que norteará a palestra de sexta. Leia matéria publicada pelo Boletim UFMG na ocasião do lançamento do livro.

Assista ao vídeo produzido pela Cia. das Letras por ocasião do lançamento da obra.

 

Mais Notícias
Novo portal UFMG
  • 6 set 2017
  • 0
Com mais de 13 milhões de visitantes ao ano, o Portal da UFMG, parafraseando a canção de Milton Nascimento, é uma plataforma onde a vida...
Foto: Arquivo pessoal
  • 17 maio 2017
  • 0
As ações anticiência e antipolíticas climáticas do governo Trump ampliam as dificuldades para a alcance da meta de contenção do aquecimento global em menos de...
O intelectual português foi homenageado em ritual protagonizado por estudantes da formação intercultural de educadores indígenas. Foto: Foca Lisboa/ UFMG
  • 26 abr 2017
  • 0
As formações transversais, o programa intercultural de educadores indígenas, a licenciatura no campo, a criação de vagas suplementares para representantes de povos indígenas e a...