Café Intercultural tem programação on-line com narração de livro

Destacado

No dia 12 de maio, Eduardo Valadares, professor e bibliotecário integrante do projeto de extensão Carro-biblioteca, participou da programação do Café Intercultural na versão on-line com o objetivo de entreter a comunidade da UFMG neste período de suspensão das atividades, além de divulgar a iniciativa.

O carro-biblioteca é desenvolvido pelo Centro de Extensão da Escola de Ciência da Informação (ECI) e promove diversas atividades para estimular a relação com os livros, como rodas de leitura, contação de histórias e atividades multimídia, atendendo comunidades da Região Metropolitana de Belo Horizonte.

Na ocasião Eduardo usou diferentes tons de voz e mímicas para interpretar os personagens do livro escrito por Nelson Albissú: “Quem ouvir e contar, pedra há de se tornar”, que conta a história de um fiel escudeiro que testemunha um feitiço das bruxas contra a princesa com quem o príncipe irá se casar. Mas elas advertem que quem ouvir e contar sobre os feitiços será transformado em pedra.

Ao final da programação os participantes foram convidados a refletir sobre a contação de história nos dias atuais, e temas como uma boa amizade, daquelas que superam tudo, até mesmo maldições.

Organizado por Elaine Parreiras, responsável pelo setor de Acolhimento da Diretoria de Relações Internacionais da UFMG, com o apoio de Artur Macedo e Victor Dourado, bolsistas do setor, o Café Intercultural é uma das frentes do programa de extensão universitária “O Mundo na UFMG: Internacionalização em Casa”.

Representante do DAAD ministrará palestra on-line sobre oportunidades de estudo e pesquisa na Alemanha

Destacado

Acontece no dia 10 de junho, das 17h às 18h30, palestra intitulada “Estudar e pesquisar na Alemanha”, ministrada pela representante do Serviço Alemão de Intercâmbio Acadêmico (DAAD), professora leitora Charlotte Steinke.

No evento, que acontece como parte da programação da edição virtual do Café Intercultural, os interessados terão a oportunidade de se informar sobre oportunidades de estudo e pesquisa na Alemanha e conhecer um pouco do sistema alemão de ensino superior. Após a palestra, a professora responderá as dúvidas dos estudantes.

O encontro acontecerá por meio da plataforma Zoom. As informações de acesso podem ser conferidas abaixo:

Link de acesso
ID da reunião: 865 0702 0483
Senha: 853815

IESALC convida alunos e professores a compartilhar sua experiência diante da suspensão das aulas devido à COVID-19

Destacado

Como parte da iniciativa de promover a continuidade educacional neste contexto imposto pela pandemia, o Instituto Internacional da UNESCO para o Ensino Superior na América Latina e no Caribe, IESALC, convida estudantes e professores a contar suas experiências com base em testemunhos individuais por meio de vídeos ou textos.

Os vídeos devem ter até um minuto de duração e os textos podem conter o máximo de 500 palavras, além de serem compartilhados nas redes sociais usando a hashtag #LaEducaciónContinúa #LearningNeverStops e com a menção das contas de @unesco_iesalc (Twitter) e @unesco.iesalc (Facebook e Instagram).

Esta chamada tem o objetivo de fazer um balanço das diferentes maneiras pelas quais estudantes e professores enfrentam o aprendizado e o ensino universitários de suas casas devido à pandemia e fornece bons exemplos e práticas a serem seguidas com base em experiências positivas, inspiradoras e inovadoras.

Todas as informações podem ser conferidas aqui.

Setor de Acolhimento da DRI promove segunda temporada do Café Intercultural on-line

Destacado

Devido ao sucesso da versão virtual do Café Intercultural, que tem o objetivo de proporcionar o entretenimento dos estudantes em casa neste período de isolamento social e suspensão das aulas na UFMG, o Setor de Acolhimento da DRI/UFMG promoverá uma segunda temporada.

A programação inclui diversas atividades com duração de aproximadamente 30 minutos. Poderão participar estudantes em intercâmbio, sendo eles estrangeiros no Brasil ou brasileiros no exterior, além de participantes do programa de Apadrinhamento da UFMG e membros da comunidade acadêmica em geral.

Programação:

Oficina de Origami
Com Stephania Barrera, estudante Intercambista da Colômbia na UFMG e a convidada Bárbara Mesquita.
Descrição da atividade: Neste encontro será apresentado um pouco sobre a história dessa arte de papel e os participantes poderão aprender a fazer alguns desenhos com dobras em papel.
Data: 6 de maio (quarta-feira)
Horário: 15h

Narração do livro ” Quem ouvir e contar pedra há de se tornar” Autor Nelson Albissu – Ed Paulinas
Com o Projeto de extensão Conto e Reconto da Escola de Ciência da Informação. Professor Eduardo Valadares, bibliotecário Rodrigo Teixeira e bolsistas Diogo Andrade, Patrícia Costa e Ramira Querido.
Descrição da atividade: A história fala sobre a importância da amizade em tempos bons e difíceis vivida por um jovem príncipe e seu fiel escudeiro.
Data: 12 de maio (terça-feira)
Horário: 15h

Aprenda a meditar: um convite ao momento presente
Com Olga Durães Graduada em Meditação Integral Yoga Teacher – EUA.
Descrição da atividade: Neste encontro será apresentada a importância das técnicas de meditação e mindfulness como ferramentas capazes de nos conectar com a experiência do momento presente com abertura, curiosidade e sem julgamentos.
Data: 21 de maio (quinta-feira)
Horário: 15h30

Entendendo como funciona a política no Brasil
Com Victor Dourado, estudante de graduação em Relações Econômicas Internacionais da UFMG.
Descrição da atividade: Neste encontro os participantes serão apresentados os conceitos básicos da política brasileira e como funcionam as principais instituições dos três poderes, além de explicações sobre o que é o Pacto Federativo.
O encontro foi pensado de forma a ajudar os alunos estrangeiros a entender a complicada política brasileira.
Data: 26 de maio (terça-feira)
Horário: 16h

Se inscreva para participar dos eventos aqui.

Seleção de bolsistas para o curso de férias de PLA

Destacado

O Setor de Proficiência Linguística da Diretoria de Relações Internacionais (DRI) da UFMG está recebendo inscrições para o processo seletivo que visa preencher duas vagas de bolsistas para o curso on-line de férias de Português como Língua Adicional.

Podem se inscrever alunos regularmente matriculados na graduação ou pós-graduação da Faculdade de Letras.

A documentação solicitada no edital deverá ser enviada para proficiencia@dri.ufmg.br até o dia 28 de maio. A entrevista acontecerá por videoconferência no dia 01 de junho.

Confira aqui o edital com todas as informações sobre a vaga e sobre o processo seletivo.

A ETS oferece webinars sobre o TOEFL iBT SPECIAL HOME EDITION

Destacado

A ETS está oferecendo os testes TOEFL iBT e o GRE com aplicação remota, o SPECIAL HOME EDITION, até que centros aplicadores voltem a funcionar normalmente. Ao longo do mês de maio, serão ministrados webinars com informações sobre como se inscrever para essa versão, bem como informações sobre material preparatório oficial e gratuito. O acesso às palestras não tem custo e não necessita de inscrição prévia. No momento, as apresentações são direcionadas para a versão remota do TOEFL iBT.

Confira como participar do exame on-line aqui.

Confira aqui os links de acesso e programação para as sessões do webinar TOEFL iBT SPECIAL HOME EDITION.

Fundação Botín prorroga inscrições para o XI Programa para Fortalecimento da Função Pública na América Latina

Destacado

 

ATENÇÃO: As mobilidades não gerenciadas pela UFMG continuarão a ter seus procedimentos divulgados. Ressaltamos que a efetiva realização da mobilidade pelo discente selecionado dependerá exclusivamente da Universidade de destino ou do gestor do programa e das autoridades competentes, não cabendo à UFMG a decisão sobre sua suspensão ou continuidade.

Foram prorrogadas até 30 de junho as inscrições de estudantes latino-americanos, nascidos entre 1 de janeiro de 1996 e 31 de dezembro de 2000, para o XI Programa para Fortalecimento da Função Pública na América Latina. O Programa é uma iniciativa da Fundação Botín, que visa impulsionar o desenvolvimento social e econômico da região por meio de uma rede formada pelos melhores universitários, com alta capacitação e vocação, comprometidos com seus países por meio do serviço público.

Os selecionados serão contemplados com uma formação interdisciplinar que visa a ampliação do conhecimento sobre os principais desafios da função pública e a reflexão sobre o papel do Estado na atualidade. Essa etapa tem início previsto para outubro, em Santander, Espanha, e se encerrará dois meses depois na Fundação Getúlio Vargas, no Rio de Janeiro.

Dentre os principais pré-requisitos para a participação estão: possuir naturalidade de algum país da América Latina, ter concluído mais do que 50% da graduação até 30 de setembro de 2020 e possuir domínio da língua inglesa. Veja a lista completa aqui.

O processo de inscrição deve ser realizado integralmente pelo estudante e a documentação completa pode ser conferida aqui. Após preencher o formulário on-line, o aluno deve encaminhar cópia da inscrição para programas@dri.ufmg.br a fim de obter o documento “Carta do Reitor” e dar continuidade à candidatura. De caráter optativo, a necessidade de se obter a declaração de compromisso da Universidade em supervisionar as práticas pós-intercâmbio deve ser verificada e, se for o caso, ser obtida junto ao Colegiado de Graduação do discente.

A Fundação Botín cobrirá os gastos com passagem aérea, manutenção, traslados durante o programa, alojamento e seguro médico. A própria organização comprará e contratará cada um dos serviços supracitados. O candidato não receberá nenhuma quantia em espécie e o programa não custeará os valores para emissão do visto nem deslocamento da casa do selecionado até o aeroporto de saída ou chegada no Brasil.

Em caso de dúvidas, acesse https://www.fundacionbotin.org/ ou encaminhe-as para programaspbotin@fundacionbotin.org. Informações adicionais estão no Frequented Asked Questions do programa.

Prorrogadas as inscrições para chamada de apoio a eventos científicos nas Américas

Destacado

A Direção regional Américas da Agência Universitária da Francofonia (AUF) prorrogou, até 7 de junho, o prazo de inscrições da chamada para apoio a eventos científicos de instituições parceiras da AUF na América do Norte e na América Latina, dentre elas a UFMG.

Com o objetivo de promover a ciência em francês e fornecer apoio a universidades e equipes científicas, a contribuição total não será superior a 3.000 euros e será dada preferência a eventos científicos que ocorram entre 1º de julho de 2020 e 30 de junho de 2021 nas Américas.

Mais informações aqui.

AUF prorroga inscrições do programa PRISA de apoio a projetos interuniversitários de solidariedade

Destacado

Com o objetivo de incentivar novas parcerias, consolidando a cooperação interuniversitária nas Américas, o programa PRISA concederá até $ 20.000 CAD para financiar projetos inovadores e estruturantes na América do Norte e América Latina.

Podem se candidatar membros do corpo docente de instituições parceiras da Agência Universitária da Francofonia (AUF) que possuam projeto de pesquisa ou treinamento que envolva pelo menos três estabelecimentos membros da AUF.

As inscrições se estenderão até o dia 7 de junho de 2020.

Mais informações aqui.

Estudante alemã da Universidade de Flensburg participa de projetos e ações da DRI

Entre fevereiro e abril deste ano Leonie Hensel, que se dedica aos estudos de cultura, mídia e linguagem em um programa de pós-graduação da Universidade de Flensburg, na Alemanha, teve a oportunidade de trabalhar em diversos projetos da Diretoria de Relações Internacionais (DRI) da UFMG.

Durante sua experiência na UFMG a alemã colaborou com trabalhos de tradução para a seção de acordos do Setor de Convênios da DRI, coleta de informação para a produção do novo site da DRI, além de ajudar o Setor de Acolhimento da DRI na organização da Semana de Orientação do Estudante Internacional, dentre outras participações.

Leonie, na Semana de Orientação do Estudante Internacional.

Com o intuito de contribuir para a prática da língua alemã ela também promoveu alguns encontros de conversação em alemão para toda a comunidade acadêmica da Universidade.

Encantada com a recepção da equipe da DRI e com a receptividade do povo mineiro em geral ela falou um pouco sobre suas impressões: “Esta foi uma ótima experiência. Os brasileiros são incrivelmente legais, meus colegas da DRI estão me ajudando sempre que podem. Além disso, minha supervisora Flávia é muito inteligente e está fazendo tudo o que pode para me fazer sentir confortável aqui. Tive ideias em todos os setores e fiquei muito impressionada com o alto grau de internacionalização da UFMG”, afirma ela que tem o objetivo de trabalhar em um ambiente internacional no futuro.

Por fim, ela que diz que espera retornar ao país em breve. “Fiz alguns amigos durante o meu tempo aqui. Então, eu realmente sinto que tenho que voltar para Belo Horizonte em breve, e eu ficaria mais do que feliz em tê-los na Alemanha um dia”, conclui.

VIII Semana de Saúde Mental e Inclusão Social acontece nesta semana

Com a organização da Rede Saúde Mental da UFMG será realizado, entre os dias 18 e 22 de maio, a 8ª Semana de Saúde Mental e Inclusão Social da UFMG por meio das plataformas digitais. A temática do evento deste ano é “Saúde Mental e Direitos Humanos em tempos de COVID-19”.

A programação inclui lives, videoconferências, pílulas literárias, exposições e postagens que serão feitas em redes sociais, que contarão com a participação de professores da UFMG, artistas belo-horizontinos, integrantes do Núcleo Conexões de Saberes, dentre outros.

Participe, e confira no site da PROEX a programação com os horários e links.

Universidad Veracruzana promove webinário para discutir a educação superior frente as contingências globais

No dia 06 de maio foi realizado, pela Universidad Veracruzana, México, programação que integra a série de webinários intitulada “Educación Superior y Estrategias para la Internacionalización en Casa”.

Com o tema “Escenarios y áreas de oportunidad de la educación superior ante las contingencias globales”, o encontro on-line contou com inscritos de mais de trinta países.

Dentre os participantes estavam as servidoras da Diretoria de Relações Internacionais (DRI) da UFMG, Elaine Parreiras, Luciane Novaes e Samira Reis, respectivamente, dos setores de Acolhimento, Mobilidades e Convênios.

Os palestrantes foram: a Dra. Sara Ladrón de Guevara, Reitora da Universidad Veracruzana, o Professor Francisco Marmolejo, Assessor em Educação da Fundação Qatar, o Dr. David Julien, Secretário Geral Executivo Da Organização Universitária Interamericana – Oui e o Dr. Mário Oliva Suárez, Diretor Geral da Diretoria De Relações Internacionais da Universidad Veracruzana.

O encontro foi proveitoso, pois o webinário tratou de temas relevantes sobre a internacionalização em tempos de pandemia (COVID-19), propiciando reflexões importantes sobre  desafios futuros, além de abordar a internacionalização em casa.

Por fim, como resultado desta iniciativa, pode-se considerar que os webinários têm se tornado uma excelente ferramenta para trocas de conhecimentos e experiências, com o objetivo de discutir e repensar a necessidade de novas estratégias universitárias durante e pós-pandemia.

Do papel ao origami: oficina on-line ensina arte japonesa para a comunidade da UFMG

No dia 06 de maio, foi realizada uma oficina on-line de origami com Stephania Barrera, estudante intercambista colombiana da UFMG e a convidada Bárbara Mesquita que ministraram a atividade.

A programação faz parte da edição virtual do Café Intercultural organizado por Elaine Parreiras, responsável pelo setor de Acolhimento da Diretoria de Relações Internacionais da UFMG, com o apoio de Artur Macedo e Victor Dourado, bolsistas do setor, no âmbito do projeto de extensão universitária “O Mundo na UFMG: Internacionalização em Casa”.

Na ocasião, Bárbara Mesquita abordou a história desta arte secular japonesa, propiciando um aprendizado para além da confecção do origami. “A palavra ori significa dobrar, e gami significa papel, sendo então a arte da dobradura de papel”, explicou Barbara sobre esta arte que é uma tradição japonesa, muitas vezes passada de geração em geração, tão antiga quanto a existência da primeira folha de papel, há quase 1800 anos.

Ela também falou qual é a conotação de algumas figuras, e que o trabalho deve ser feito dobrando o papel sem cortá-lo ou utilizar cola, dentre outros aspectos.

Após essa introdução, os participantes aprenderam como fazer o tsuru, ave do origami que simboliza a boa sorte, felicidade e saúde. “Diz a lenda que quem fizer mil tsurus, com o pensamento voltado para aquilo que deseja alcançar terá bons resultados”, complementou Bárbara.

Em seguida Stephania Barrera, orientou passo a passo como produzir um coração e um sapo a partir das dobraduras.

Ao final da atividade, os participantes ficaram muito felizes com os resultados que foram divulgados no Instagram e Facebook da Diretoria de Relações Internacionais da UFMG.

Uma das fotos enviadas pelos alunos que participaram da oficina

Seminário on-line discute conquistas e desafios da nova lei de migração

A Diretoria de Relações Internacionais (DRI) da UFMG, em parceria com a ILA Brasil, realizou no dia 11 de maio de 2020, simpósio on-line intitulado “Nova Lei de Migração: Conquistas e Desafios”, reunindo mais de 180 participantes de todo o Brasil.

Organizado pelo Prof. Aziz Tuffi Saliba, Diretor da DRI e Professor da Faculdade de Direito da UFMG, em conjunto com Mariana Ferolla e Fernanda Carvalho, o evento contou com as falas dos professores Tarciso Dal Maso (Curso de Relações Internacionais do UniCEUB), Deisy Ventura (Faculdade de Saúde Pública e Instituto de Relações Internacionais da USP) e André de Carvalho Ramos (Faculdade de Direito da USP), todos membros da Comissão de Especialistas formada para a elaboração do Anteprojeto da Nova Lei de Migração.

Na ocasião, foram discutidas as principais mudanças trazidas pela Lei n. 13.445/2017 sobre o tratamento do migrante no Brasil em comparação com o revogado Estatuto do Estrangeiro, bem como os impactos do Decreto n. 9.199/2017, que posteriormente regulamentou certos aspectos da Lei de Migração.

Os professores também abordaram os desafios que a pandemia da COVID-19 tem trazido à aplicação da Lei de Migração, em especial quanto à compatibilidade da Lei com o Regulamento Sanitário Internacional e as recomendações da Organização Mundial da Saúde sobre circulação internacional de pessoas durante a COVID-19 e à aplicação do princípio do non-refoulement diante do fechamento de fronteiras motivado pela pandemia.

Foi uma ótima oportunidade para tratar sobre temas atuais e aprender com autoridades de importantes órgãos brasileiros.