Edital Unificado para participação em Programas de Mobilidade Internacional 2021-2022 – EDITAL 005/2021

O edital unificado é uma proposta da Diretoria de Relações Internacionais (DRI) da UFMG para otimizar a habilitação dos candidatos às vagas oferecidas pelos programas de mobilidade acadêmica internacional gerenciados pela instituição. 

A unificação das chamadas de todos os processos em um único edital, possibilita o estudante participante aproveitar as vagas que surgem ao longo do ano e oferta a  alocação em diversas instituições internacionais.

Requisitos globais para participar dos editais:

  • Possuir vínculo ativo com a UFMG como estudante de graduação no período de inscrição e durante o período de mobilidade.
  • Não estar respondendo a processo administrativo nem estar com a matrícula em situação de “trancamento total”, bem como não ter realizado mobilidade por um total de 04 (quatro) semestre letivos, consecutivos ou não;
  • Ter concluído, com aprovação, no ato da inscrição, pelo menos 20% dos créditos necessários para integralização curricular do curso no qual está matriculado na UFMG, conforme Art. 9.1 da Resolução do CEPE 03/2012.
  • O teste de proficiência é classificatório e não eliminatório, não sendo exigido para a inscrição.
  • Estudantes sem conhecimento da língua ou que não dispõe de certificado de proficiência também poderão se inscrever e concorrer.

Processo de seleção: 

O estudante que pleiteie participar dos programas de mobilidade deve percorrer 08 (oito) fases do processo: 

  • Inscrição: consiste na inserção de documentos e proficiência, e é compreendida em apenas uma etapa através do Sistema de Gestão Acadêmica (SiGA);
  • Avaliação, classificação e habilitação: fases em que a DRI avalia, ordena os candidatos de acordo com as notas obtidas e os habilitam para as fases subsequentes;
  • Alocação e orientação: alocação dos candidatos habilitados nas vagas disponíveis e, posteriormente a divulgação dos resultados, cumprimento dos trâmites necessários para a efetivação da mobilidade;
  • Intercâmbio e pós-intercâmbio: período efetivo da mobilidade e, após o retorno, entrega de relatórios, aproveitamento dos créditos junto aos colegiados e compartilhamento das experiências vivenciadas.

Fazem parte do Edital unificado os seguintes programas:

Minas Mundi

O Minas Mundi é o maior projeto de mobilidade internacional do Brasil que reúne em uma única chamada as vagas negociadas em acordos bilaterais de mobilidade para a graduação. O Programa é uma iniciativa própria da UFMG, e o Edital, lançado anualmente no primeiro semestre, oferece vagas de intercâmbio para mais de cem universidades, localizadas em mais vinte países.

O programa visa promover o intercâmbio científico e cultural entre a UFMG e instituições estrangeiras parceiras, proporcionando aos alunos de graduação uma experiência acadêmica internacional, que integrará seu Curriculum e Histórico Escolar.

Benefícios: Isenção de taxas pedagógicas (verificar outras condições específicas de cada vaga).


Escala Estudantil

Escala Estudantil da Associação de Universidades do Grupo Montevidéu (AUGM)

O Programa ESCALA Estudantil tem por objetivo apoiar a mobilidade internacional dos estudantes de graduação entre as universidades membro da Associação de Universidades do Grupo Montevidéu (AUGM). O intuito é a criação de um “espaço acadêmico comum ampliado latino-americano” – ESCALA – que oriente as atividades desenvolvidas no âmbito da AUGM.  

Benefícios oferecidos pelo Programa ESCALA:

  • Alimentação e hospedagem garantidas pela universidade de destino aos selecionados pela UFMG para participar do Programa ESCALA Estudantil. 
  • A forma de concessão destes benefícios varia de uma instituição para outra. Em algumas universidades, poderão ser ofertadas bolsas, enquanto que em outras, o estudante terá acesso à moradia e ao restaurante universitário.
  • Havendo disponibilidade orçamentária, os candidatos aprovados também poderão receber auxílio financeiro concedido pela UFMG, destinado à compra de passagens e contratação de seguro saúde.

Santander Ibero-americanas

O Santander Ibero-americanas é aberto a todas universidade do Brasil participantes e contribui para a mobilidade internacional dos alunos para os seguintes países: Argentina, Colômbia, Chile, Espanha, Peru, Porto Rico, Portugal, México e Uruguai . No programa é ofertado uma bolsa de estudos de 3 mil euros para apoiar o aluno nos gastos com o intercâmbio. 

Benefícios oferecidos pelo Programa Santander Ibero-americanas são:

  • A ajuda de custo aos estudantes no valor equivalente a 3 mil euros;
  • Um curso online de Experiência Internacional

Santander Top Espanha

O Santander Top Espanha oferece curso de espanhol na Universidad de Salamanca para professores e alunos de graduação e pós-graduação das universidades participantes. O curso tem duração de três semanas e além do idioma, os alunos têm interação com pessoas do mundo inteiro e uma imersão na cultura espanhola.

A bolsa de estudo contempla:

  • Passagens áreas nacionais e internacionais;
  • Alojamento estudantil com 3 refeições diárias;
  • Seguro saúde e de vida;
  • Curso de Espanhol com o material didático e certificado da Universidad de Salamanca;
  • Passeios culturais.

É possível que a vaga disponibilizada no edital especifique que o candidato tenha um conhecimento mínimo do idioma no qual serão conduzidas as aulas. É necessário verificar qual o nível específico exigido para cada vaga, e quais os certificados aceitos pela instituição. Fique atento, também, aos prazos de validade dos certificados.

A Faculdade de Letras da UFMG oferece semestralmente a aplicação de um exame que é amplamente aceito em diversas universidades parceiras. Para informações sobre esses exames acesse o site do CENEX/FALE (https://cenex.letras.ufmg.br/exames-de-proficiencia/mobilidade-internacional).

Outras instituições oferecem exames como o Instituto Cervantes, Universidade de Cambridge, entre outros. Para isso você deve acessar cada instituição individualmente. Algumas informações adicionais podem ser acessadas aqui.

Existem diversas formas de realizar uma mobilidade acadêmica não gerenciada pela DRI, ou seja, sem que seu processo de seleção e/ou aplicação se dê através da Diretoria de Relações Internacionais. Seguem algumas delas:

Mobilidade Livre
Education USA
AULP
Brafitec e Brafagri
ParisTech
Cotutela de Graduação
ELAP
Marca
Erasmus
Living Lab Biotech Brazil

Após receber a carta de aceite da universidade de destino, o estudante deve encaminhar o documento ao Setor de Mobilidade Internacional informando o caráter de sua mobilidade/programa (mobilidade livre, BRAFITEC, MARCA, etc). A DRI, então, busca a universidade de destino e, caso não haja objeções, o setor emite a “declaração de mobilidade internacional”, documento que possibilita que o estudante entre com o processo de afastamento para intercâmbio, junto ao colegiado. Vale destacar que o afastamento para intercâmbio tem um limite de 04 (quatro) semestres totais, independente do tipo de mobilidade (não gerenciada ou através de convênio), consecutivos ou não. O afastamento mantém o vínculo do estudante com a UFMG ativo e permite que, ao retornar, o colegiado avalie as disciplinas cursadas no exterior para possível integralização.

Caso seja necessário alguma declaração por parte da universidade, durante processo de aplicação para mobilidades não-gerenciadas, o interessado deve enviar um e-mail para o Setor de Mobilidade Internacional explicando seu caso e, se possível, oferecendo modelo para o documento solicitado.