O papel do Comitê de Internacionalização tem sido essencial para a consolidação e ampliação da política de internacionalização da UFMG, agindo como interlocutor entre a DRI e as unidades acadêmicas, analisa processos relacionados à internacionalização da Universidade e emite parecer sobre o assunto. Além disso, auxilia na divulgação de chamadas de projetos internacionais e de programas de intercâmbio e participa do acolhimento de missões estrangeiras na UFMG.

Membros da DRI
Aziz Tuffi Saliba (Diretor de Relações Internacionais – Presidente)
Dawisson Belém Lopes (Diretor-Adjunto de Relações Internacionais)

Membros indicados pela Reitora – Mandato: 01/07/2021 – 01/07/2023
Isabela Almeida Pordeus (Titular)
Patrícia Nasser de Carvalho (Suplente)
Ulysses de Barros Panisset (Titular)
Luciano Sales Prado (Suplente)

Membros indicados pelo CEPE – Mandato: 16/07/2021 – 16/07/2023
Nilo de Oliveira Nascimento (Efetivo)
Luiz Roberto Pinto Nazario (Suplente)
Jamile Bergamaschine Mata Diz (Efetiva)
Magda Maria Inácio (Suplente)

A Política Linguística da UFMG foi instituída pela Resolução 07/2018, de 22 de maio de 2018 do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão (CEPE). Cabe ao Comitê de Política Linguística propor, para apreciação do CEPE, normativas que estabeleçam metas e regulamentem ações que visem ao fortalecimento da Política Linguística da Universidade.

Membros:

Mandato: 14/09/2020 – 14/09/2022

Os Centros de Estudos Regionais foram criados em 2013 como resultado da política de internacionalização da UFMG, com o objetivo de assegurar a inserção da instituição no cenário internacional.

Centro de Estudos Africanos (CEA) — cea@dri.ufmg.br
Coordenador: Marcos Antônio Alexandre (FALE)
- Cristiano dos Santos Rodrigues (Fafich)
- Valter Lúcio de Pádua (Escola de Engenharia)
- Maria Ivanice de Andrade Viegas (Centro Pedagógico)
- Ana Paula Meneses Alves (ECI)

Centro de Estudos da Ásia Oriental (CEAO) — ceao@dri.ufmg.br
Coordenador: Lucas Carlos Lima (Faculdade de Direito)
- Fernão Castro Braga (Faculdade de Farmácia)
- Thaís Yumi Umeda Suzuki (Faculdade de Odontologia)
- Daniela Akie Hirakawa (FALE)
- Carla Andréa Silva Lima (EBA)

Centro de Estudos Europeus (CEE) — cee@dri.ufmg.br
Coordenadora: Isabela Almeida Pordeus (Odonto)
- Vinícius Tostes Carvalho (Faculdade de Medicina)
- Adriano Marçal Pimenta (Escola de Enfermagem)
- José Marcos Andrade Figueiredo (ICEX)
- Suzana dos Santos Gomes (FAE)

Centro de Estudos Indianos (CEI) — cei@dri.ufmg.br
Coordenador: Heloisa Faria Braga Feichas (Música)
- Cristina Maria de Castro (FAFICH)
- Eduardo Bastianetto (EV)
- Juliane Corrêa (FAE)
- Bhalchandra Digambar Thatte (ICEX)
- Dra. Ana Maria de Araújo Rodrigues (Pesquisadora Associada)
- Roberto Luís de Melo Monte-Mór (Pesquisador Filiado)

Centro de Estudos Latino-Americanos (CELA) — cela@dri.ufmg.br
Coordenador: Carolina Moulin Aguiar (FACE)
- Juliana Cesário Alvim Gomes (FD)
- Luís Antônio Aguirre (Escola de Engenharia)
- André Luiz Mendes Athayde (ICA)
- Antônio Pereira Magalhães Júnior (IG)
- Paulo Speller (Pesquisador Associado)

Centro de Estudos Norte- Americanos (CENA) — cena@dri.ufmg.br
Coordenador: Aristóteles Goés Neto (ICB)
- Luís Cláudio Pereira Symanski (FAFICH)
- Gláucio Ferreira Maciel Gonçalves (Direito)
- Leonardo Barci Castriota  (Arquitetura)
- Magda Maria Profeta da Luz (Faculdade de Medicina)

O agendamento de atendimento deve ser realizado exclusivamente por e-mail.

Telefone: +55 31 3409-4589

As Cátedras visam favorecer o intercâmbio, em diferentes segmentos da pesquisa, entre os titulares indicados (pesquisadores de renome no cenário mundial) e grupos de pesquisadores da UFMG.

O Programa propicia a permanência na UFMG, por períodos que podem variar de sete a sessenta dias, de pesquisadores experientes e que, com sólida formação e carreira disciplinar, possam estimular e induzir estudos nas interfaces das disciplinas.

1. Fulbright Distinguished Chair in American Studies

Fulbright Distinguished Chair in American Studies é um programa de concessão de bolsas para professores/pesquisadores norte-americanos Fulbright no Hemisfério Ocidental para uma viagem regional de curto prazo para atividades como oficinas, seminários, apresentações, palestras, performances, exposições, assessoria curricular e projetos similares, em instituições de países elegíveis da América do Sul.

Para a Universidade Federal de Minas Gerais está disponível uma bolsa em Estudos Americanos por um período de 4 meses. Sua particularidade é aliar temas considerados de ponta, em âmbito internacional, a abordagens inovadoras com potencial transdisciplinar.

2. Cátedra UNESCO-UFMG

Instituída na UFMG desde 5 setembro de 2019, a Cátedra UNESCO-UFMG “Territorialidades e Humanidades: a Globalização das Luzes” tem um caráter transdisciplinar, envolvendo as ciências humanas, letras e outras áreas do conhecimento. Além disso, ela procura estabelecer uma colaboração ativa e promover o desenvolvimento de pesquisas e atividades de ensino, no âmbito da graduação, pós-graduação e extensão com outras Cátedras UNESCO na área das Humanidades, principalmente com aquelas propostas no quadro da cooperação entre o Conselho Internacional de Filosofia e Ciências Humanas (CIPSH) e a UNESCO. As apresentações do Fórum da Cátedra UNESCO-UFMG serão exibidos ao vivo no canal da DRI no Youtube

3. Centro de Excelência Jean Monnet

Inaugurado em novembro de 2019, o Centro de Excelência Jean Monnet, de competência da União Europeia, visa fomentar pesquisas, estudos e outras atividades acadêmicas que tenham como tema aspectos econômicos, políticos, sociais, culturais e jurídicos da UE.

4. Cátedras Francesas

O Programa Cátedras Franco-Brasileiras na Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) é uma parceria da universidade com a Embaixada da França no Brasil. O Programa é voltado para a atuação na UFMG de professores ou pesquisadores de instituições francesas de ensino superior e de pesquisa. Dentre as prioridades temáticas estão as Ciências Humanas e Sociais, Letras, Artes e Música, Ciências Naturais e Biológicas, Ciências Exatas e Engenharias.

Para mais informações entre em contato com progespeciais@dri.ufmg.br.

5. Cátedra Sergio Vieira de Mello

Criada em 2003, a rede é especializada na promoção de ações destinadas a garantir e ampliar o acesso de refugiados a direitos e serviços no país. O nome da cátedra homenageia o diplomata brasileiro Sérgio Vieira de Mello, que se destacou internacionalmente trabalhando em missões humanitárias em Bangladesh, Sudão, Chipre, Moçambique e Camboja. De 1999 a 2002, Vieira de Mello liderou a missão da ONU que acompanhou a transição do Timor Leste para a independência. O compromisso do brasileiro com as causas humanitárias o levou, em 2002, ao cargo de Alto Comissário das Nações Unidas para Direitos Humanos. No ano seguinte, Sérgio morreu em um atentado à sede da ONU em Bagdá.

6. África-Brasil International Cooperation Chair: Traditional Knowledge (em implementação)

7. Confucius China Studies Program/Chair on China Studies (em implementação)

8. Cátedra UFMG-UNAM: Agenda 2030 (em implementação)