Programa Bolsa Permanência para estudantes indígenas e quilombolas matriculados e ativos nos cursos presenciais de graduação

Publicada no início de junho, a portaria 22, do Ministério da Educação (MEC), estabelece os termos da nova oferta de bolsas do Programa Bolsa Permanência – PBP para estudantes indígenas e quilombolas matriculados em cursos presenciais de graduação.

 

O valor do auxílio financeiro é de R$ 1.400,00. O recurso é pago diretamente aos estudantes por meio de um cartão de benefício; o pagamento é feito pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE).
As inscrições serão realizadas pelos(as) estudantes na página: http://sisbp.mec.gov.br/primeiro-acesso, até 05 de julho de 2023.

Clique aqui e acesse o edital.

Ao se cadastrar no sistema, o(a) estudante informará dados pessoais, institucionais e bancários, preencherá um formulário socioeconômico e cultural e anexará os documentos solicitados.
A análise e validação da documentação submetida ao Sistema de Gestão da Bolsa Permanência é realizada por comissões instituídas pelas universidades. No caso da UFMG, a comissão é formada por lideranças indígenas e quilombolas, colegiados dos cursos, representantes da FUNAI e Fundação Palmares e por representantes da equipe técnica da Pró-reitoria de Assuntos Estudantis (Prae), sob a coordenação da pró-reitora, Licinia Maria Correa.

E-mail para esclarecimento de dúvidas e outras informações: bolsapermanencia@prae.ufmg.br
Celular: 31 98223-0396 , de 8:00 às 16:00, assistente social Daniela Bastos.
Para mais informações sobre o PBP consultar: http://sisbp.mec.gov.br/faq