Em sua primeira edição, Campo no Campus atrai centenas de pessoas à sede da UFMG em Montes Claros
  • 15
  • 05
Foto: Jessika Viveiros / UFMG

A primeira edição do Campo no Campus reuniu, neste sábado, dia 13, cerca de 700 pessoas em 37 oficinas gratuitas oferecidas no campus regional da UFMG em Montes Claros. O objetivo do evento – que integra as comemorações dos 90 anos da Universidade e dos 41 anos do campus regional – é estreitar a relação entre produtores rurais do Norte de Minas Gerais e a Universidade. A programação contemplou temas relacionados à rotina do campo, como jardinagem, alimentação de gado de leite, construção de fossas sépticas, tratamento de madeira, compostagem e práticas com GPS.

“Eu trabalho com hidroponia, conheço um pouco das práticas, mas não tenho formação na área. A oficina está sendo boa porque posso tirar dúvidas. Também tivemos uma atividade sobre produção de adubo que irá me ajudar no dia a dia. Hoje eu tenho que comprar o adubo pronto, pagar frete”, detalha a produtora rural Sirley Soares Veloso, de 33 anos, que se matriculou na oficina de hidroponia.

 

A produtora rural Sirley Veloso tira dúvidas sobre pragas na oficina de hidroponia. Foto: Jessika Viveiros / UFMG

A produtora rural Sirley Veloso tira dúvidas sobre pragas na oficina de hidroponia. Foto: Jessika Viveiros / UFMG

Segundo o vice-diretor do Instituto de Ciências Agrárias (ICA/UFMG), Hélder dos Anjos Augusto, o Campo no Campus é resultado de uma reflexão sobre as atividades de extensão da unidade e o papel social da Universidade em seus 90 anos. “Esse aniversário intensificou a reflexão sobre a necessária integração entre Universidade, sociedade e Estado. Além disso, o Campo no Campus faz parte de um processo de formação dos nossos estudantes, integrando o conhecimento científico com o conhecimento tradicional”, explica.

A coordenadora do evento e professora do ICA, Anna Christina de Almeida, disse que o evento superou todas as expectativas. “Inicialmente, esperávamos 200 inscritos e tivemos 670 confirmados. Estamos muito felizes com o resultado”, avaliou a professora, que sinalizou com a possibilidade de realização de outras edições em razão do sucesso do evento inaugural.

Reitoria em Montes Claros

O Campo no Campus abriu neste sábado as comemorações dos 41 anos de fundação do campus regional de Montes Claros, completados nesta segunda-feira, 15. Atividades foram programadas para celebrar a data, como inaugurações e lançamento de chamada para estimular a organização de eventos de esporte e cultura pela comunidade do Instituto de Ciências Agrárias (ICA). O campus também sediará simbolicamente a Reitoria da Universidade.

Autoridades municipais locais, como o secretário de Agricultura e Abastecimento de Montes Claros, Osmani Barbosa, e o secretário de Agricultura de Juramento, Diego Bicalho, prestigiaram o evento, além representantes dos sindicatos dos produtores rurais dessas duas cidades. As comemorações serão encerradas na noite de segunda-feira, com a homenagem que a Câmara de Vereadores de Montes Claros prestará à UFMG.

 

Participantes da oficina de boas práticas de fabricação de alimentos pela agricultura familiar. Foto: Jessika Viveiros / UFMG

Participantes da oficina de boas práticas de fabricação de alimentos pela agricultura familiar. Foto: Jessika Viveiros / UFMG

Mais Notícias
Roberto Leher: defesa dos investimentos em pesquisa e educação. Foto: Diogo Vasconcellos - CoordCOM / UFRJ
  • 17 maio 2017
  • 0
A relação entre a universidade e a cidade tem pautado as discussões propostas nas conferências do 11º Seminário Anual do projeto Pensar a Educação, Pensar...
seminario-cedeplar
  • 1 set 2017
  • 0
Quatro mesas-redondas – incluindo uma atividade especial sobre as relações entre população e economia – e minicurso são os destaques, na próxima semana, da programação...
Estudante Claudio Santos: "importante porque retrata uma época que a gente não viveu". Foto: Zirlene Lemos / UFMG
  • 13 jul 2017
  • 0
Estudante Claudio Santos: “importante porque retrata uma época que a gente não viveu”. Foto: Zirlene Lemos / UFMG   “Gostei de tudo, porque não tinha...