Ciência sem Fronteiras

O Programa Ciência sem Fronteiras, lançado no dia 26 de julho de 2011, é um programa do Governo Federal que busca consolidar, expandir e internacionalizar a ciência e a tecnologia, a inovação e a competitividade brasileira por meio do intercâmbio de alunos de graduação e pós-graduação, e da mobilidade internacional.

O projeto prevê a concessão de até 101 mil bolsas em quatro anos. A iniciativa é fruto de esforço conjunto dos Ministérios da Ciência e Tecnologia (MCT) e do Ministério da Educação (MEC), por meio de suas respectivas instituições de fomento –CNPq e Capes– e Secretarias de Ensino Superior e de Ensino Tecnológico do MEC.

Na graduação, o programa é dirigido aos alunos de melhor desempenho acadêmico, caracterizado por critérios de excelência como a nota no Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM), premiação em programas de iniciação científica e tecnológica, olimpíadas e concursos temáticos, bem como a excelência de sua Universidade de origem.

O aluno de graduação nas áreas prioritárias ou correlatas recebe uma bolsa de estudos, Bolsa Sanduíche no Exterior para a Graduação (SWG), além de auxilio para as passagens, para a instalação e para seguro saúde, a fim de cumprir o programa de mobilidade.

Áreas Contempladas

  • Engenharias e demais áreas tecnológicas;
  •  Ciências Exatas e da Terra: Física, Química, Biologia e Geociências
  •  Ciências Biomédicas e da Saúde
  •  Computação e tecnologias da informação;
  •  Tecnologia Aeroespacial;
  •  Fármacos;
  •  Produção Agrícola Sustentável;
  •  Petróleo, Gás e Carvão Mineral;
  •  Energias Renováveis;
  • Tecnologia Mineral;
  •  Biotecnologia;
  •  Nanotecnologia e Novos materiais;
  •  Tecnologias de Prevenção e Mitigação de Desastres Naturais;
  •  Biodiversidade e Bioprospecção;
  •  Ciências do Mar;
  • Indústria criativa (voltada a produtos e processos para desenvolvimento tecnológico e inovação);
  •  Novas Tecnologias de Engenharia Construtiva
  •  Formação de Tecnólogos.

Os alunos participantes do Ciência sem Fronteiras recebem treinamento nas instituições mais bem classificadas nos rankings internacionais em cada grande área do conhecimento. Essas instituições, que podem ser universidades, institutos de pesquisa ou centros de tecnologia, são caracterizadas pela excelência na produção científica e na formação de recursos humanos para o mercado de trabalho.

Não há um número definido de vagas a serem oferecidas aos alunos de graduação, pois o objetivo do programa é selecionar a maior quantidade possível de candidatos inscritos.

Atenção: Quando abertas as chamadas, as inscrições devem ser feitas no site do programa e também na plataforma Minha UFMG. Se o aluno deixar de fazer sua inscrição em algum desses canais, sua candidatura será anulada.

Edital Interno 006/2014 – Programa Ciência sem Fronteiras

EDITAL 009/2013

Errata 01

Errata 02

EDITAL 005/2013

Errata 01

EDITAL 002/2013

EDITAL 002/2013

Errata 01

Anexo I

EDITAL 01/2012

EDITAL 02/2012

EDITAL 008/2012