Santander Universidades

Ibero-Americanas

Lançado em 2011, o Programa de Bolsas Ibero-Americanas é uma iniciativa com 5 anos de duração – 2011 a 2015 – que incentiva e promove a mobilidade de estudantes de graduação entre universidades ibero-americanas.

O Programa tem como principais objetivos fortalecer a internacionalização da atividade acadêmica, criar novas frentes de colaboração, reciprocidade, fortalecer o intercâmbio bilateral, além de estreitar o relacionamento entre universidades dos países ibero-americanos por meio da construção de um espaço de conhecimento socialmente responsável.

Em 2011, foram concedidas 1.000 bolsas de estudos, distribuídas entre universidades de 10 países: Brasil, Argentina, Espanha, Chile, Colômbia, México, Peru, Portugal, Porto Rico e Uruguai. No Brasil, 49 universidades foram beneficiadas com o total de 265 bolsas de estudos, com valor equivalente a três mil euros.

Luso-Brasileiras

O Programa de Bolsas Luso-Brasileiras estimula a cooperação entre Brasil e Portugal. São bolsas de estudo de um semestre para estudantes de graduação aprofundarem seus conhecimentos e vivenciarem outras práticas culturais.

Lançado em 2007 na comemoração dos 150 anos do Santander, o programa fortalece os laços de cooperação entre os países ibero-americanos, estreitando relações bilaterais.

Em sua sexta edição, o Programa de Bolsas Luso-brasileiras já se destaca por seu potencial:

• 157 estudantes brasileiros realizarão intercâmbio em universidades portuguesas

• 19 brasileiras participantes.

Top USA

Trata-se de um Programa que visa promover intercâmbio acadêmico de docentes, pesquisadores, alunos de pós-graduação e pós-doutorandos, entre grupos de universidades brasileiras e norte americanas, com apoio financeiro do Banco Santander.

Esse Programa se propõe a financiar permanência para promover o desenvolvimento de pesquisas em colaboração entre as universidades e instituições participantes.

Participam do Programa, pelos EUA, as seguintes instituições:

  • Boston University
  • Brown University
  • Harvard University
  • MIT (Massachusetts Institute of Technology)
  • Northeastern University
  • University of Massachusetts

Pelo lado brasileiro estão participando as seguintes instituições:

  • UFMG (Universidade Federal de Minas Gerais)
  • UFPE (Universidade Federal de Pernambuco)
  • UFRGS (Universidade Federal do Rio Grande do Sul)
  • UFRJ (Universidade Federal do Rio de Janeiro)
  • USP (Universidade de São Paulo)
  • UNESP (Universidade Estadual Paulista)
  • UNICAMP (Universidade Estadual de Campinas)

Os professores podem ficar até 15 dias e os pesquisadores até 2 meses, nas respectivas instituições anfitriãs.

Top China

O Programa TOP CHINA é uma Iniciativa pioneira do Santander Universidades lançada em 2009 que promove o intercâmbio entre Brasil e China para o debate de temas de interesse global.

A cada ano o Programa amplia seu impacto na sociedade, beneficiando alunos e professores.

Em 2010, segunda edição, o grupo de estudantes e professores teve a oportunidade de estudar durante três semanas na Universidade de Pequim e Shanghai Jiao Tong. O foco do curso foi desenvolvimento sustentável, inspirado no lema da Expo 2010 Shanghai: “Better City, better Life” (Cidade melhor, vida melhor). A exposição reuniu 200 participantes e 70 milhões de visitantes de diferentes países.

O Programa em sua 3ª edição promoveu o debate de temas de interesse global para contribuir com a melhoria da qualidade de vida da humanidade nos ambientes urbanos do futuro.

Este ano, 100 universitários e professores de 20 universidades brasileiras ficarão durante 3 semanas em duas universidades chinesas: Pequim e Shanghai Jiao Tong.

Chamada Santander Ibero-Americanas 007-2017

Edital Santander Luso-Brasileiras 001-2016

Edital Santander Ibero-Americanas 001-2016

Edital Santander 008-2013