Exposição Sertão Mundo: Quarta e última temporada chega dia 15 de janeiro – Espaço do Conhecimento UFMG
 
acontece | Notícias | Exposição Sertão Mundo: Quarta e última temporada chega dia 15 de janeiro

Exposição Sertão Mundo: 4ª e última temporada chega dia 15 de janeiro, e conta com 4 novas instalações.

 

O Espaço do Conhecimento UFMG, com patrocínio do Instituto Unimed-BH, inaugura a quarta e última temporada da exposição virtual Sertão Mundo, no próximo dia  15  de janeiro, com 4 novas instalações e muitas novidades para o público. A primeira é um diálogo entre literatura e astronomia que pode ser conferido de duas maneiras: ao visitar a instalação virtual denominada Órion e ao visitar, presencialmente, o quinto andar do Espaço do Conhecimento, onde imagens do céu noturno e de objetos astronômicos irão transportar o visitante para a instalação Órion. No primeiro andar do museu serão disponibilizados computadores para os visitantes navegarem pela  exposição.

 

A segunda novidade traz um passeio por Hamburgo, revisitando locais mencionados por Guimarães Rosa quando morou na cidade. Finalmente, a instalação Pedrês consiste em um vídeo de animação que simula o exercício do ritmo em um texto literário.

 

A 1ª temporada está disponível desde 1º de setembro em  http://exposicaosertaomundo.com.br. A 2ª foi lançada  em 16 de outubro, na Virada Cultural de BH e a 3ª, lançada como um presente ao aniversário de BH, está disponível desde 11 de dezembro.

 

Confira as 4 novas instalações que integram a última temporada da Sertão Mundo

1)  O Pedrês (Lajes) – O Pedrês é um curta de animação que trabalha o ritmo no texto literário. A partir de uma comitiva, percebem-se os sentimentos que envolvem a condução ritmada de uma boiada por um caminho sem volta.

 

2) Órion (Capitão Eneas) – Uma Madrugada de Primavera no Sertão

Esta instalação foi inspirada no conto “A história de Lélio e Lina”, presente em “Corpo de Baile”, de Guimarães Rosa. Trata-se de uma animação, que possibilita ver o céu descrito em um trecho do conto, em um final de madrugada de primavera. São desveladas estrelas, aglomerados, constelações e suas curiosidades astronômicas.

Ficha Técnica
Concepção: Cláudia Campos Soares
Carlos Eduardo Porto Villani
Diógenes Martins Pires
Nathália Nazareth Junqueira Fonseca
Programação e Gravação do Stellarium:
Nathália Nazareth Junqueira Fonseca
Narração: Priscila Martins
Ilustração e edição: Júlia Lobato
Direção Musical e Mixagem: Ronaldo Gino

 

3) Órion (Capitão Eneas) – Como montar e usar o planisfério

O céu desempenha um papel importante na obra de Guimarães Rosa, às vezes descrito minuciosamente. Com o objetivo de proporcionar aos visitantes a experiência de observação e reconhecimento dos elementos presentes no céu noturno, nessa  instalação é possível aprender a montar e usar um planisfério. Esse dispositivo simples, que pode ser feito em casa por qualquer pessoa, permite a identificação das constelações em qualquer dia e horário, em Belo Horizonte e em outras cidades mineiras. Foi desenvolvido pelo Núcleo de Astronomia do museu, um modelo próprio, com elementos visuais que fazem referência à exposição “Sertão Mundo”. A versão digital para impressão estará disponível para download em  http://exposicaosertaomundo.com.br, juntamente com um vídeo de orientação de como montar e usar o dispositivo.

Ficha Técnica
Mediador: Diógenes Pires
Filmagem e captação de som: Kayke Quadros
Direção Musical e Mixagem: Ronaldo Gino

 

4) Outros Sertões: Hamburgo  (Hamburgo) – vídeo sobre locais de Hamburgo

A instalação é uma passeio pelos locais de Hamburgo frequentados pelo escritor João Guimarães Rosa e citados em anotações e diários por ele deixados. O escritor foi cônsul-adjunto e viveu na cidade entre 1938 e 1942.

A curadoria da exposição Sertão Mundo é de Claudia Campos Soares (professora da Faculdade de Letras da UFMG), Dânia Lima (arquiteta e assessora do Núcleo de Expografia do Espaço do Conhecimento UFMG); Diomira Ma.C.P.Faria (professora do Instituto de Geociências da UFMG e Diretora Científico-Cultural do Espaço do Conhecimento UFMG); e Maurício Gino (professor da Escola de Belas Artes da UFMG e Coordenador do Núcleo de Audiovisual do Espaço do Conhecimento UFMG).

 


Sertão Mundo tem o patrocínio do Instituto Unimed-BH e o apoio da Aliança Francesa, do Instituto de Estudos Brasileiros da USP, da Pró-Reitoria de Extensão da UFMG, do Museu Casa Guimarães Rosa e da Prefeitura de Belo Horizonte, por meio da Secretaria Municipal de Cultura e da Fundação Municipal de Cultura, com a cessão de acervo do Museu de Arte da Pampulha – MAP.

 

A Fundação de Desenvolvimento da Pesquisa (Fundep), por meio do Espaço do Conhecimento UFMG, estimula a construção de um olhar crítico acerca da produção de saberes. No museu, a programação diversificada inclui exposições, cursos, oficinas, apresentações culturais, palestras e debates. Integrante do Circuito Liberdade, o Espaço é fruto da parceria entre a UFMG e o Governo de Minas Gerais. O Espaço integra a Diretoria de Ação Cultural (DAC) da UFMG, é amparado pela Lei Federal de Incentivo à Cultura e conta com patrocínio do Instituto Unimed-BH*, viabilizado por mais de 5,2 mil médicos cooperados e colaboradores.

 

Sobre o Instituto Unimed-BH
Associação sem fins lucrativos, o Instituto Unimed-BH, desde 2003, desenvolve projetos socioculturais e ambientais visando a formação da cidadania, estimular o bem-estar e a qualidade de vida das pessoas, ampliar o acesso à cultura, valorizar espaços públicos e o meio ambiente. Ao longo de sua história, o Instituto destinou cerca de R$140 milhões por meio das Leis municipal e federal de Incentivo à Cultura, viabilizado pelo patrocínio de mais de 5,2 mil médicos cooperados e colaboradores. No último ano, mais de 7 mil postos de trabalho foram gerados e 3,9 milhões pessoas foram alcançadas por meio de projetos em cinco linhas de atuação: Comunidade, Voluntariado, Meio Ambiente, Adoção de Espaços Públicos e Cultura, que estão alinhados aos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Agenda 2030. Neste ano, todas as iniciativas do Instituto celebram os 50 anos da Unimed-BH. Clique aqui e conheça mais sobre os resultados do Instituto Unimed-BH.