AGENDAMENTO DE VISITAS EDUCATIVAS AO MUSEU

final 5

Veja como o Museu está atualmente.

História

O solar conhecido historicamente como Casa Padre Toledo é um dos bens culturais mais preciosos construídos no século XVIII em Tiradentes, Minas Gerais. Marco arquitetônico do período de exploração mineral na então Vila de São José del-Rei, antiga Comarca do Rio das Mortes, a edificação abriga limiares de espaços e tempos diversos de grande importância na vida social, política e cultural. Até 1789 a casa atraiu as atenções da região, quando nela residiu, por 12 anos, o Padre Toledo, senhor de grandes posses e um dos mais ativos personagens da Inconfidência Mineira. A presença do pároco marcou este solar que testemunhou reuniões e encontros entre várias figuras ilustres do período.

O inconfidente Padre Toledo nasceu em Taubaté, em 1730, capitania de São Paulo, de onde no século anterior haviam partido tantas entradas e bandeiras, atravessando a Mantiqueira em busca das minas. Era vigário colado da Matriz de Santo Antônio desde 1777, e presbítero do hábito de São Pedro. Tinha 59 anos quando foi preso, em 1789, atravessando a Serra de São José. Foi acusado pelo Acórdão da Alçada de convidar para a conjuração o seu irmão, Luís Vaz de Toledo Pisa, sargento-mor da Cavalaria Auxiliar de São João del-Rei, e declarou nos autos da devassa a sua participação nela. Expatriado para Portugal, permaneceu inicialmente encerrado na Fortaleza de São Julião, até ser transferido para uma prisão eclesiástica em Lisboa, onde veio a falecer.

De acordo com os autos da devassa, no sequestro dos bens do Vigário Carlos Correia de Toledo e Melo encontram-se: três dúzias de pratos finos, uma dúzia de xícaras e pires e três bules, todos de louça da índia; doze copos de vidro; duas terrinas de louça de Lisboa; além de outros artefatos. De gosto sofisticado, Padre Toledo possuía muitos móveis pintados, como estantes, catre com cabeceira dourada, além da policromia. Nos sobrecéus das camas, no encosto das cadeiras e nos canapés e almofadas de portas havia damasco carmesim. Homem culto e liberal, tendo sucedido na casa ao também inconfidente e letrado cônego Luiz Vieira da Silva, o Padre Toledo vivia com o requinte que a riqueza das Minas possibilitava a pessoas do seu estado e posição.

A sua casa, erguida no século XVIII, é na realidade um solar de andar único, com pequeno torreão de construção posterior. O refinamento do edifício é comparável às habitações nobres de Portugal e a algumas sacristias de igrejas do século XVIII. Um de seus aspectos mais sofisticados é o conjunto de forros, quase todos em gamela, e pintados, coisa rara nas residências particulares da época. O volume de trabalho é notável, já que as pinturas estão presentes em nove das quinze salas e aplicadas com diversas estratégias artísticas de composição. Vestígios de pintura indicam decoração original nas paredes.

O Museu pertence à Fundação Rodrigo Mello Franco de Andrade (FRMFA) e hoje integra o projeto do Campus Cultural UFMG em Tiradentes, vinculado à Diretoria de Ação Cultural da UFMG. Sob os cuidados da FRMFA e da Universidade, a casa passou por um complexo processo de restauração arquitetônica e de seus elementos artísticos. Foi reinaugurado em 2012, apresentando um projeto expográfico que buscava valorizar a arquitetura do solar e os seus possíveis usos no século XVIII, além de apresentar uma coleção de objetos pertencentes à cultura artística brasileira.

Em 12 de julho de 2019, o Museu reabriu suas portas com o projeto expográfico renovado, oferecendo aos visitantes mais informações sobre a Inconfidência Mineira, a partir de documentos, imagens e acervos diversos sobre a Casa, o seu ilustre morador Padre Toledo e o cotidiano da Vila de São José.

Visitas Educativas
O Setor de Ação Educativa do museu oferece visitas mediadas direcionadas tanto ao público espontâneo quanto ao agendado. O agendamento para  qualquer escola é feito apenas online (banner do topo). Para outros grupos, agendar pelo e-mail educativomcpt@gmail.com.

Entrada (valores e gratuidade)
A entrada é gratuita para estudantes e professores do sistema de ensino público (básico, fundamental, médio e superior) e para residentes em Tiradentes, São João del-Rei e Santa Cruz de Minas. Estudantes e professores do sistema de ensino privado (todos os níveis) e maiores de 60 anos pagam meia (R$ 5,00) e os demais públicos pagam inteira (R$ 10,00).

Museu Casa Padre Toledo I Rua Padre Toledo, 190 – (32) 3355 1549
Horário: Terça a sexta, 10h-17h I Sábado, 10h-16h30 I Domingo, 9h-15h
(Bilheteria: encerra 30 minutos antes do fechamento diário.)