Capa Face Festival Inverno

A edição 2019 do Festival de Inverno UFMG acontece entre 11 e 21 de julho, com eventos culturais gratuitos e oficinas a preços populares nas cidades de Belo Horizonte e também em Tiradentes, pela primeira vez. As atividades serão realizadas no Centro Cultural UFMG, Conservatório UFMG, Espaço do Conhecimento UFMG, Campus Pampulha e Campus Cultural UFMG em Tiradentes. São dez oficinas, cinco residências e mais de 80 eventos no campo das artes visuais, tradições, teatro, ciência, música e dança.

De 11 a 13 de julho, a cidade de Tiradentes abre as atividades do Festival, com espetáculos, exposições e palestras nos três espaços do Campus Cultural UFMG – Museu Casa Padre Toledo, Quatro Cantos Espaço Cultural e Centro de Estudos e Biblioteca – e em espaços parceiros.
O Festival continua em Belo Horizonte, até o dia 21 de julho.
Saiba mais em www.ufmg.br/festivaldeinverno.

Confira a agenda de eventos culturais gratuitos em Tiradentes:

>>> 11 𝘿𝙀 𝙅𝙐𝙇𝙃𝙊 – 𝙌𝙐𝙄𝙉𝙏𝘼-𝙁𝙀𝙄𝙍𝘼

𝟭𝟱𝗵 – 𝗔𝗯𝗲𝗿𝘁𝘂𝗿𝗮 𝗱𝗼 𝟱𝟭º 𝗙𝗲𝘀𝘁𝗶𝘃𝗮𝗹 𝗱𝗲 𝗜𝗻𝘃𝗲𝗿𝗻𝗼 𝗲𝗺 𝗧𝗶𝗿𝗮𝗱𝗲𝗻𝘁𝗲𝘀 𝗲 𝗿𝗲𝗶𝗻𝗮𝘂𝗴𝘂𝗿𝗮çã𝗼 𝗱𝗼 𝗖𝗲𝗻𝘁𝗿𝗼 𝗱𝗲 𝗘𝘀𝘁𝘂𝗱𝗼𝘀 𝗲     𝗕𝗶𝗯𝗹𝗶𝗼𝘁𝗲𝗰𝗮
𝟭𝟱𝗵𝟯𝟬 – 𝗠𝗲𝘀𝗮 𝗱𝗲 𝗱𝗲𝗯𝗮𝘁𝗲 𝟮𝟯𝟬 𝗮𝗻𝗼𝘀 𝗱𝗮 𝗜𝗻𝗰𝗼𝗻𝗳𝗶𝗱ê𝗻𝗰𝗶𝗮 𝗠𝗶𝗻𝗲𝗶𝗿𝗮
Local: Centro de Estudos e Biblioteca

𝟭𝟵𝗵 – 𝗘𝘅𝗶𝗯𝗶çã𝗼 𝗱𝗼 𝗳𝗶𝗹𝗺𝗲 Proezas de Satanás na Vila do Leva-e-Traz                     Dirigido por Paulo Gil Soares, o filme foi produzido no Rio de Janeiro e lançado em 1967. Conquistou os prêmios de Melhor Filme da Office Catholique Internacional du Cinema (OCIC) no Festival de Paris (França, 1967) e no Festival de Pesaro (Itália, 1968) e de Melhor Roteiro para Paulo Gil Soares no Festival do Cinema Brasileiro de Belo Horizonte (1968). No Festival de Brasília (DF, 1967) da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), conquistou os prêmios de Melhor Filme e Melhor Argumento para Paulo Gil Soares e Melhor Música para Caetano Veloso e Margarida de Prata. Duração: 1h30min. Local: Centro Cultural Sesiminas Yves Alves.

>>> 12 𝘿𝙀 𝙅𝙐𝙇𝙃𝙊 – 𝙎𝙀𝙓𝙏𝘼-𝙁𝙀𝙄𝙍𝘼

𝟭𝟬𝗵 – 𝗔𝗽𝗿𝗲𝘀𝗲𝗻𝘁𝗮çã𝗼 𝗺𝘂𝘀𝗶𝗰𝗮𝗹 𝗦𝗼𝗰𝗶𝗲𝗱𝗮𝗱𝗲 𝗢𝗿𝗾𝘂𝗲𝘀𝘁𝗿𝗮 𝗲 𝗕𝗮𝗻𝗱𝗮 𝗥𝗮𝗺𝗮𝗹𝗵𝗼
De 12 a 21 de julho, as janelas do Museu Casa Padre Toledo receberão a intervenção ‘Memórias e Janelas – um diálogo’.
Para celebrar a abertura da intervenção, a Sociedade Orquestra e Banda Ramalho se apresentará nas janelas do torreão do Museu. Duração: 30 min.
Local: Museu Casa Padre Toledo

𝟭𝟬𝗵𝟯𝟬 – 𝗥𝗲𝗮𝗯𝗲𝗿𝘁𝘂𝗿𝗮 𝗱𝗼 Museu Casa Padre Toledo | 𝘃𝗶𝘀𝗶𝘁𝗮 à𝘀 𝗻𝗼𝘃𝗮𝘀 𝗲𝘅𝗽𝗼𝘀𝗶çõ𝗲𝘀
O Museu Casa Padre Toledo reabre as portas, com a inauguração do novo projeto expográfico. Os visitantes poderão conhecer mais sobre a Inconfidência Mineira, a partir de documentos, imagens e acervos diversos sobre a Casa, o seu ilustre morador Padre Toledo e o cotidiano da Vila de São José.
Na sequência, acontece a abertura da exposição ‘Lugares Imaginários’: uma série de fotografias e relatos orais dos moradores de Tiradentes. A curadoria é de Carlos Henrique Rezende Falci e a exposição fica aberta até 28 de julho. Duração: 1h.

𝟭𝟭𝗵𝟯𝟬 – 𝗣𝗼𝗲𝗻𝘁𝗲 𝗖𝘂𝗹𝘁𝘂𝗿𝗮𝗹 𝗨𝗙𝗠𝗚 𝗮𝗽𝗿𝗲𝘀𝗲𝗻𝘁𝗮: 𝘀𝗵𝗼𝘄 Trio “Tempera Viola”
Com percussão, violão e vozes, o show traça um roteiro musical que relembra as décadas de 80 e 90 com cantigas, canções, tambores e baiões. Duração: 1h.
Local: Museu Casa Padre Toledo – jardim interno

𝟭𝟲𝗵 – 𝗘𝘀𝗽𝗲𝘁á𝗰𝘂𝗹𝗼 𝘁𝗲𝗮𝘁𝗿𝗮𝗹 𝗦𝗮𝗺𝗮ú𝗺𝗮 – 𝗢 𝗲𝘀𝗽í𝗿𝗶𝘁𝗼 𝘀𝗮𝗴𝗿𝗮𝗱𝗼 𝗱𝗮 𝗳𝗹𝗼𝗿𝗲𝘀𝘁𝗮
Realizada pelo Campus Cultural UFMG e pela Mostra de Artes Cênicas “Tiradentes em Cena”, a peça celebra a natureza, os conhecimentos indígenas e a ancestralidade, em uma criação da atriz e bailarina romena Dorothy Lenner, de 87 anos. Na encenação, Dorothy representa a Grande Mãe Terra, que ensina às crianças os valores e os saberes de respeito à natureza e ao sagrado. Duração: 40 min
Local: Museu da Liturgia – jardim

𝟭𝟳𝗵 – 𝗜𝗻𝘁𝗲𝗿𝘃𝗲𝗻çã𝗼 𝗠𝗲𝗺ó𝗿𝗶𝗮𝘀 𝗲 𝗝𝗮𝗻𝗲𝗹𝗮𝘀 – 𝘂𝗺 𝗱𝗶á𝗹𝗼𝗴𝗼
A abertura das intervenções nas janelas do Quatro Cantos Espaço Cultural contará com a presença dos criadores da intervenção: Maria José Boaventura, Gláucia Buratto de Melo e Márcia Gomes. As artistas falarão sobre a iniciativa, que busca um diálogo com a memória da cidade, abraçando os valores essenciais que compõem sua identidade. A intervenção, a céu aberto, poderá ser vista até 21 de julho. Duração: 40 min.

𝟭𝟴𝗵 – 𝗔𝗯𝗲𝗿𝘁𝘂𝗿𝗮 𝗱𝗮 𝗲𝘅𝗽𝗼𝘀𝗶çã𝗼 𝗗𝗼𝗿𝗼𝘁𝗵𝘆 𝗟𝗲𝗻𝗻𝗲𝗿 – 𝗺𝗲𝗺ó𝗿𝗶𝗮𝘀
A própria Dorothy Lenner estará presente em alguns períodos da mostra, que reúne objetos pessoais e de seu percurso artístico como atriz e bailarina. A exposição, que tem curadoria de Hideki Matsuka, é resultado de parceria entre o Campus Cultural UFMG e o festival “Tiradentes em Cena” e pode ser visitada até 31 de agosto. Duração: 3h.
Local: Quatro Cantos Espaço Cultural

𝟭𝟵𝗵 – 𝗔𝗽𝗿𝗲𝘀𝗲𝗻𝘁𝗮çã𝗼 𝗺𝘂𝘀𝗶𝗰𝗮𝗹 𝗦𝗼𝗰𝗶𝗲𝗱𝗮𝗱𝗲 𝗢𝗿𝗾𝘂𝗲𝘀𝘁𝗿𝗮 𝗲 𝗕𝗮𝗻𝗱𝗮 𝗥𝗮𝗺𝗮𝗹𝗵𝗼
A Sociedade Orquestra e Banda Ramalho se apresenta em frente ao Quatro Cantos Espaço Cultural, com um repertório de músicas populares. O momento festivo destaca a importância das bandas como patrimônio cultural, imaterial e prática social no local onde se inserem. É o caso da Banda Ramalho, que há mais de um século entoa suas melodias por Tiradentes. Duração: 30 min.
Local: Quatro Cantos Espaço Cultural

>>> 13 𝘿𝙀 𝙅𝙐𝙇𝙃𝙊 – 𝙎Á𝘽𝘼𝘿𝙊

𝟵𝗵 – 𝗩𝗶𝘀𝗶𝘁𝗮 𝗴𝘂𝗶𝗮𝗱𝗮 à 𝗲𝘅𝗽𝗼𝘀𝗶çã𝗼 𝗠𝗼𝗱𝗲𝗿𝗻𝗶𝗱𝗮𝗱𝗲 𝗱𝗲 𝗥𝗼𝗯𝗲𝗿𝘁𝗼 𝗕𝘂𝗿𝗹𝗲 𝗠𝗮𝗿𝘅 𝗲𝗺 𝗧𝗶𝗿𝗮𝗱𝗲𝗻𝘁𝗲𝘀 𝗲 𝗮𝗼𝘀 𝗽𝗿𝗼𝗷𝗲𝘁𝗼𝘀 𝗽𝗮𝗶𝘀𝗮𝗴í𝘀𝘁𝗶𝗰𝗼𝘀 𝗱𝗲 𝗕𝘂𝗿𝗹𝗲 𝗠𝗮𝗿𝘅
Luiz Cruz guiará a visita, que parte da exposição no Centro Cultural Sesiminas Yves Alves (Rua Direita, 168) e dirige-se, em seguida, aos projetos paisagísticos implantados em Tiradentes pelo artista Roberto Burle Marx. O roteiro passa pelo Largo das Forras, Largo das Mercês, Capela de Nossa Senhora das Mercês, Largo do Chafariz, Largo do Rosário, Matriz de Santo Antônio e, por último, pelo Largo do Sol. Duração: 2h.
Local: saída do Centro Cultural Sesiminas Yves Alves